Cerca de 15 milhões para remover amianto em 100 escolas da região Centro
28 Julho, 2020 295 visualizações

Cerca de 15 milhões para remover amianto em 100 escolas da região Centro

image_pdfimage_print

O ministro da Educação assinou ontem em São Pedro do Sul com 56 autarquias do Centro um acordo de colaboração para remoção de amianto em mais de 100 escolas da região, um investimento perto de 15 milhões de euros.

“É um passo absolutamente central para a remoção total de materiais com amianto no nosso edificado escolar. (…) No total, vamos poder fazer a remoção de amianto em cerca de 600 escolas um pouco por todo o país”, disse Tiago Brandão Rodrigues.

O ministro falava na cerimónia de assinatura do acordo de colaboração para remoção de amianto, que foi realizada no Cine Teatro Jaime Gralheiro, em São Pedro do Sul, distrito de Viseu, perante dezenas de autarcas da região Centro.

Um total de 56 autarquias dos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Santarém e Viseu vão receber, segundo a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, “13 a 15 milhões de euros (ME) para mais de uma centena de escolas”.

“O investimento é financiado a 100% por fundos comunitários, através dos Pactos, mas nenhum Pacto será prejudicado se no final do quadro comunitário os autarcas sentirem que vão precisar deste dinheiro que agora estão a colocar no amianto para outro investimento local”, adiantou.

Mas, esclareceu Ana Abrunhosa, “o valor será reforçado sempre que for necessário”, até porque “é um valor referência que resulta da consulta ao mercado”.

Aos jornalistas, Ana Abrunhosa disse que a verba “pode ser reforçada e, no Centro, em vez dos 13 milhões ou dos 15 milhões, se forem necessários 20 milhões, serão 20 milhões”, assumiu.

No país, o investimento é de 60 milhões e as linhas de apoio “abriram em 07 de julho e as candidaturas podem ser apresentadas até final de outubro deste ano”.

O ministro da Educação disse também aos jornalistas, no final da cerimónia, que “será no próximo ano que tudo acontecerá” e “os municípios estão já a trabalhar para que, efetivamente, possam apresentar as candidaturas aos avisos que foram abertos nos programas regionais e depois farão as obras”.

“Muitos dos municípios estão efetivamente já a trabalhar para que isso aconteça a breve trecho”, acrescentou Tiago Brandão Rodrigues.

Já a pensar na conclusão da remoção do amianto, o ministro desafiou os autarcas a “serem audazes, arrojados, para começarem a pensar nas próximas intervenções” até porque “ainda há muito a fazer”.

Os ministros da Educação e da Coesão Territorial assinaram na sexta-feira os acordos com os municípios da região norte e assinam na terça-feira com os de Lisboa, Vale do Tejo, Alentejo e Algarve.

Fonte: Lusa

Anterior Mangualde: Homem de 32 anos morre em acidente com trator
Seguinte Ecovia do Mondego: Via ciclável vai ligar Viseu a Penacova para valorizar o turismo no Interior

Notícias Relacionadas

Informação

Semana começa com muito calor, mas as temperaturas caem 10 graus já na quarta-feira

As temperaturas máximas vão sofrer uma descida de cerca de 10 graus Celsius já na quarta-feira devido à aproximação de uma frente fria.

Região

Confraria alerta para potencial económico do medronho na região

 A Confraria do Medronho alertou para o potencial económico desta espécie autóctone, naquela que foi mais uma cerimónia de entronização de novos confrades que decorreu, este ano, no concelho de

Região

Aveiro: Homem detido por violação e violência doméstica

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um homem, operador de máquinas industriais, com 41 anos de idade, suspeito de ter violado

Última Hora

Temperaturas vão manter-se elevadas nesta semana

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, para esta segunda-feira, tempo quente com temperaturas acima dos 30 graus Celsius …

Região

Alexandre Amado eleito presidente da Associação Académica de Coimbra

  Alexandre Amado foi eleito presidente da Associação Académica de Coimbra (AAC), com 86,9 por cento dos votos.

Cultura

Exposição “Livros da Memória, Memória dos Livros” inaugurada hoje em Oliveira do Hospital

A Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital vai acolher a exposição “Livros da Memória, Memória dos Livros”. A inauguração acontece hoje, dia 6 de fevereiro, pelas 15h00.

Informação

Greve dos motoristas de matérias perigosas provoca corrida aos postos de combustíveis

Desde o início da tarde que se assiste a uma corrida aos postos de combustíveis no concelho de Oliveira do Hospital, à semelhança do que se verifica por todo o

Informação

CIM Região de Coimbra discute novo aeroporto com o Ministério das Infraestruturas e da Habitação

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra vai reunir amanhã, 15 de janeiro, no Ministério das Infraestruturas e da Habitação, em Lisboa,…

Informação

Beira Serra e Carélia do Norte, na Finlândia, cooperam na retoma das economias locais no pós-Covid-19

Decorreu, ontem, uma reunião de trabalho, por videoconferência, entre a ADIBER e o GAL congénere Joenssu Region LAG, da Finlândia, com o objetivo de estabelecer as bases para a dinamização

Informação

EPTOLIVA representa Região Centro na Mostra Nacional do Prémio Fundação Ilídio Pinho

A Eptoliva- Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil representou a Região Centro na 15ª Mostra Nacional do Prémio Fundação Ilídio Pinho, que decorreu em Lisboa.

Região

Arganil altera Projeto de Requalificação do Espaço Público

O Município de Arganil vai apresentar a alteração ao Projeto de Requalificação do Espaço Urbano Público da Vila, nomeadamente a reabilitação do centro histórico, dia 11 de abril, no Salão

Região

Tábua é um “concelho seguro”, mas “é preciso continuar a evitar comportamentos de risco”

Tábua, que atingiu os 36 casos de Covid-19, é hoje “um concelho seguro”, com “zero casos ativos”. O presidente do Município apela aos tabuenses e aos que, por esta altura,