MP investiga festa que terá permitido contágio entre estudantes da Guarda

O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguação da prática dos crimes de propagação de doença contagiosa e de instigação pública após alguns estudantes…

… do Instituto Politécnico da Guarda (IPG) terem sido infetados com covid-19, foi hoje anunciado.

“Na sequência do acontecido numa festa organizada por alunos do IPG, o Ministério Público instaurou inquérito visando a averiguação da prática dos crimes de propagação de doença contagiosa e instigação pública a um crime”, lê-se numa nota publicada na página oficial da internet da Procuradoria da República da Comarca da Guarda.

Segundo o comunicado, a investigação prossegue sob a direção do Ministério Público da Comarca da Guarda, coadjuvado pelo Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária da Guarda.

Segundo a Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, estão hoje confirmados 23 casos de doentes infetados ligados ao surto do IPG.

A fonte adiantou à agência Lusa que estão internados 16 doentes e sete encontram-se em vigilância e ativa domiciliária.

Na segunda-feira à tarde, o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro, que participou numa reunião com a presidente do Conselho de Administração da ULS e com o presidente do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), referiu à Lusa que a autarquia estava a acompanhar a situação dos estudantes do IPG e que disponibilizou instalações para os acolher.

Carlos Chaves Monteiro adiantou que já foi estabelecido um espaço – uma ala “mais isolada e de acesso autónomo” da Pousada da Juventude – onde os estudantes poderão residir temporariamente após terem alta hospitalar.

No domingo, o IPG anunciou que decidiu suspender os exames presenciais nas suas instalações, transferindo-os para as plataformas digitais, após ter conhecimento da existência de estudantes infetados com covid-19.

“A decisão deve-se às informações transmitidas, no sábado à noite, pela ULS da Guarda, de que há estudantes do IPG que testaram positivo à covid-19”, referiu o IPG em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a nota, os estudantes foram infetados fora das instalações.

Portugal contabiliza pelo menos 1.629 mortos associados à covid-19 em 44.416 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).




GNR apreendeu 15 mil cigarros sem estampilha fiscal

A Unidade de Ação Fiscal (UAF), através do Destacamento de Ação Fiscal (DAF) de Coimbra, apreendeu ontem, dia 6 de julho, 15 mil cigarros, na localidade de Mamodeiro – Aveiro.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR adianta que “no âmbito de uma ação de fiscalização e controlo de circulação de mercadorias, foi abordado um veículo que transportava vários volumes de tabaco, não ostentando a estampilha fiscal exigida para comercialização em território nacional”.

“O ocupante do veículo, um homem de 51 anos, não se fazia acompanhar de qualquer documentação comercial ou aduaneira comprovativa do pagamento do Imposto Especial sobre o Consumo (IT) e IVA, o que culminou na apreensão do tabaco que transportava e na elaboração de um auto de contraordenação aduaneira por introdução irregular no consumo”, adiantam as autoridades.

Segundo a PJ, “caso a mercadoria tivesse sido introduzida no consumo através dos circuitos comerciais marginais, o tabaco apreendido teria causado um prejuízo ao Estado, em sede de IT e de IVA, num valor aproximado de três mil euros”.




Municípios da CIM Região de Coimbra proíbem queimas, queimadas e fogo-de-artificio no período crítico

Os 19 municípios da Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra deliberaram, na reunião do Conselho Intermunicipal da Região de Coimbra, realizada no dia 14 de maio de 2020,…

… “não autorizar a realização de queimadas, queimas de matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração durante o período crítico ou quando o índice de risco de incêndio seja de níveis muito elevado ou máximo”.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a CIM da Região de Coimbra informa que “consta ainda da referida deliberação a não autorização da utilização de fogo-de-artificio ou outros artefactos pirotécnicos”.

“A decisão, tomada pelos autarcas da Região, surgiu da necessidade de uniformizar um procedimento único à escala intermunicipal, de forma a proibir o uso do fogo nos 19 municípios durante o período crítico do ano de 2020”, refere em comunicado.

Recorde-se que a publicação do Decreto-Lei n.º 14/2019, em janeiro de 2019, abriu a possibilidade dos municípios poderem autorizar a realização de queimas e queimadas durante o período crítico, situação que “exigiu a uniformização de procedimentos tendo em consideração os riscos decorrentes do uso do fogo no território da CIM Região de Coimbra”.




ADIBER divulga novos apoios no setor primário e à criação de emprego nas empresas e IPSS

A ADIBER, entidade responsável pela implementação da Estratégia de Desenvolvimento Local para a Região da Beira Serra, vai promover um conjunto de sessões de divulgação…

… dos Concursos do PDR2020 que estão a decorrer neste Território e apresentar o novo Programa “+CO3SO Emprego” nas modalidades Interior e Empreendedorismo Social, que em breve entrará em vigor.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, Miguel Ventura, presidente da direção da ADIBER, adianta que “os concursos no âmbito da Medida 10. LEADER do PDR2020 disponibilizam ajudas ao investimento na modernização do setor primário, de fomento das cadeias curtas de comercialização de produtos agrícolas e para a valorização do património local”

O “+CO3SO – Emprego” terá como objetivo “apoiar a criação de emprego e criar condições para atrair e fixar mão-de-obra qualificada para as micro, pequenas e médias empresas dos territórios de baixa densidade, bem como para as Instituições da Economia Social e do Associativismo de base local”

As sessões decorrerão de acordo com o seguinte calendário:

  • Dia 13 de Julho (Segunda-feira), pelas 18 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital;
  • Dia 14 de Julho (Terça-feira), pelas 18 horas, no Auditório da ADIBER, em Góis;
  • Dia 15 de Julho (Quarta-feira), pelas 18 horas no Auditório da Biblioteca Miguel Torga em Arganil;
  • Dia 16 de Julho (Quinta-feira), pelas 18 horas, no Auditório da Centro Cultural, em Tábua;

Atendendo ao momento que o país enfrenta em virtude da pandemia COVID-19 e à necessidade de garantir a observância pelo cumprimento da etiqueta respiratória e o distanciamento social entre os presentes, a participação nestas sessões requer a obrigatoriedades de inscrição prévia através dos contactos da ADIBER (telef. 235 772538 ou e-mail: geral@adiber.pt).




Zé Conde e Natália Novais retomam programas na Rádio Boa Nova a partir de amanhã

Os conhecidos radialistas Natália Novais e Zé Conde regressam, amanhã, dia 8 de julho, à Rádio Boa Nova, retomando assim  os programas que produziam e apresentavam até ao início da pandemia em Portugal.

Amanhã, pelas 14h00, Natália Novais volta a dar vida ao programa “Liga de Amigos”, dedicado aos sócios de modo particular e a todos os ouvintes, em geral, e que também se realiza à segunda-feira no mesmo horário (14h00-16h00). Com o seu regresso à estação, a conhecida e acarinhada radialista retoma, também, o programa “Nós as Mulheres”, com realização à quinta-feira, às 14h00, bem como o programa de grande audiência “Memórias – Música, Prosa e Poesia”, aos domingos entre as 16h00 e as 18h00. De referir que o programa de domingo já motivou a edição de um livro com o mesmo nome, que conta com a participação de mais de 50 autores.

A par de Natália Novais, também Zé Conde retoma os habituais programas na Rádio Boa Nova. Por isso, amanhã, pelas 16h00, esteja atento ao programa “Peça que Passa”, que segundo o seu apresentador é “muito mais do que um programa de discos pedidos”, é um programa de  “afetos”. Este é um programa de grande audiência diária na Rádio Boa Nova, no início do qual, Zé Conde felicita os aniversariantes em cada dia.

Zé Conde regressa também com os programas dedicados ao Fado de Lisboa e ao Fado de Coimbra. “Aqui Mora o Fado” acontece à quinta-feira e ao sábado, às 21h00. Já o programa “Hora de Coimbra” realiza-se à terça-feira e ao domingo, no mesmo horário.

Natália Novais e Zé Conde voltam a preencher a programação da Rádio Boa Nova, que desde o início da pandemia e consequente período de confinamento, se viu privada da sua presença diária.

Volvidos quase quatro meses, é com satisfação que a direção da Rádio Boa Nova, jornalistas e demais colaboradores dão aos boas vindas ao casal Natália Novais e Zé Conde, tão estimados pelos ouvintes que já fidelizaram no concelho, na região, no país e até no mundo.




Seia: Estão abertas as inscrições para o programa “Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas”

Estão abertas as inscrições para o Programa de Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas 2020, promovido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), …

… que irá decorrer no concelho de Seia, de 13 de julho a 24 de agosto do corrente ano, para um total de 12 jovens.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, o Município senense adianta que “as atividades em Seia resultam da aprovação de uma candidatura submetida pela autarquia, que engloba a vigilância móvel, a pé ou em bicicleta em áreas definidas, a sensibilização e o controlo de espécies invasoras. O programa é dividido em dois períodos, abrangendo seis voluntários em cada um. O primeiro decorre de 13 a 31 de julho e o segundo de 3 a 24 de agosto.”

O Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas é destinado a jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos e contempla a realização de 5 horas diárias, as quais podem decorrer todos os dias da semana entre as 9 e as 14 horas. Aos participantes será atribuída uma bolsa diária no valor de 12€, o equipamento de trabalho e um seguro de acidentes pessoais.

Os jovens interessados em participar devem registar-se no portal https://programas.juventude.gov.pt/florestas e inscrever-se na atividade desejada.

O programa Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas visa promover práticas de voluntariado juvenil no âmbito da preservação da natureza, florestas e respetivos ecossistemas, através da sensibilização das populações em geral, bem como da prevenção contra os incêndios florestais e outras catástrofes com impacto ambiental, da monitorização e recuperação de territórios afetados.




Covid-19: Portugal regista mais nove mortos e 287 infetados

O boletim epidemiológico desta terça-feira revela que o novo coronavírus já matou 1.629 pessoas em Portugal e infetou 44.416. São mais nove mortos …

… (o que representa um aumento de 0,56% em relação aos dados de segunda-feira) nas últimas 24 horas e mais 287 infetados, (um aumento de 0,65% face aos dados de ontem).

Dos novos casos, 207 concentram-se na região de Lisboa e Vale do Tejo, ou seja, cerca de 72,1%.

O boletim divulgado pela Direção Geral de Saúde dá conta de  mais 279 recuperados, o que faz aumentar o total de curados para 29.445.

Nesta altura, dos doentes infetados, 511 estão internados (menos dois face a ontem), 76 dos quais em unidades de cuidados intensivos, mais dois do que ontem.

A região com mais casos confirmados da doença é Lisboa e Vale do Tejo (LVT), com 20.929 infetados desde o início da pandemia (sendo que os dados ainda não contemplam os 200 casos que não foram reportados durante três dias pelo laboratório) e 513 mortes associadas à Covid-19.

Com 17.823 infetados, o Norte é a região com mais óbitos resultantes da pandemia: 821 mortes. Segue-se o Centro que contabiliza um total de 4.211 casos e 248 mortes. O Alentejo, que esteve durante largas semanas com apenas um óbito, acumula agora 17 mortes e 544 infeções. Mais Sul, o Algarve mantém os 15 óbitos, contabilizando agora um total de 663 casos de Covid-19.

Nas regiões autónomas, onde a atividade epidemiológica é menos intensa, os Açores mantêm os 151 infetados pelo novo coronavírus e 15 mortes associadas à doença. A Madeira, a única região do país sem óbitos resultantes da pandemia, acumula 95 casos de infeção.




FCOH comemora 82 anos. Mário Brito agradece “a todos os que têm contribuído para que o clube se mantenha”

Fundado a 7 de julho de 1938, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) comemora, hoje, 82 anos de existência. Mário Brito, atual presidente do clube, agradece “a todos os que têm contribuído para que o clube se mantenha e continue com vigor”.

Em declarações à Rádio Boa Nova, o presidente agradeceu aos sócios, simpatizantes e patrocinadores que permitem que o clube “sobreviva” e que motivam “aqueles que se disponibilizam para estar ao serviço do clube”.

“Que continuemos todos unidos, de modo a permitir que o clube não morra e que continue a desenvolver a actividade que tem desenvolvido”.

Na direção do FCOH há 20 anos, Mário Brito afirma que “dá o que pode em prol do clube”. À Rádio Boa Nova, referiu que o percurso do clube “tem sido bastante positivo”, contudo marcado por alguns “momentos menos felizes, nomeadamente com as descidas de divisão”.

“É um trajeto do qual todos nos devemos orgulhar, face a todas as condições e limitações que nos surgem no dia-a-dia para gerir o clube”, concluiu.

 




Sobe para 20 o número de infetados do Politécnico da Guarda. Ainda há análises a serem feitas. Casos podem aumentar.

Esta terça-feira foram diagnosticados mais três casos de Covid-19 na Guarda, relacionados com o surto que surgiu no Instituto Politécnico da cidade após a realização de um jantar de aniversário em casa de um aluno.

De acordo com a TVI 24 o número de alunos infetados é agora de 20, mas este pode ainda aumentar, visto que, há ainda análises a serem feitas.

Entre os casos diagnosticados com o novo coronavírus está um bebé de 20 meses, filho de uma das alunas, também infetadas.

Tal como a Coordenadora da Unidade de Saúde Pública da Guarda, Isabel Viseu, tinha anunciado ontem, a maioria dos alunos infetados estão internados no hospital. A hospitalização ocorre devido à falta de condições para evitar a propagação do vírus em casa e não devido à gravidade dos sintomas.

Segundo o canal de Queluz os alunos vivem todos próximos, alguns no mesmo prédio.

Entretanto, o Instituto Politécnico da Guarda suspendeu os exames presenciais que estavam já a decorrer. Desde ontem que estes passaram a ser feitos online.

Notícia relacionada »»» “Há 16 estudantes do Instituto Politécnico da Guarda infetados”




Polícia Judiciária deteve um homem suspeito de abusar de filha de um amigo que lhe deu abrigo

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou  deteve um homem com 36 anos, …

… “fortemente indiciado pela prática do crime de abuso sexual de uma criança com nove anos”, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a PJ refere que “o suspeito não tem qualquer ocupação profissional, nem residência certa, sendo a vítima filha de um amigo, que lhe deu abrigo. Foi neste contexto de proximidade que ocorreram vários atos sexuais de relevo.Os factos criminosos ocorreram numa das freguesias do perímetro urbano de Aveiro”.

Adiantam as autoridades que “o detido foi presente às Autoridades Judiciárias competentes para interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos com a vítima, obrigação de apresentação trissemanal na PSP e proibição de se aproximar do local onde se situa a casa onde a criança habita com a família”.




Autoridades realizam “Operação Moto”. “Especialmente atentas” aos motociclos a partir de hoje

A Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP) vão realizar, no período de 7 a 13 de julho, várias ações de sensibilização e de fiscalização rodoviária, no sentido de prevenir comportamentos de risco durante a condução de motociclos e ciclomotores nas vias com maior intensidade de tráfego.

Segundo comunicado enviado à Rádio Boa Nova, o objetivo desta operação “é inverter a tendência de aumento da sinistralidade e de contribuir para um ambiente rodoviário mais seguro”, visto que, “nos anos 2018 e 2019, 1123 pessoas ficaram gravemente afetadas ou perderam a vida” em acidentes com veículos de duas rodas.

A GNR revela ainda que, em 2020, do total de vítimas mortais em acidentes de viação após o término do Estado de Emergência, cerca de 30% viajavam neste tipo de veículos.

Assim sendo, durante a próxima semana, os militares estarão especialmente atentos ao uso de capacete, manobras perigosas, excesso de velocidade, não utilização de equipamentos de proteção, estado dos pneus, sistemas de iluminação e matrícula, condução sem habilitação legal, condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas.

A GNR vai ainda efetuar ações de sensibilização dirigidos aos condutores de motociclos e ciclomotores onde vai aconselhar o uso de capacete, vestuário de proteção resistente e material retrorrefletor, a obrigação de circular sempre com os médios acesos, para ser visto, a não circulação entre filas de veículos e a adequação da velocidade ao estado do piso e garantir as distâncias de segurança.

A PSP, sob o mote ‘2 ou 4 rodas, há espaço para todos’, também vai fiscalizar, esta semana, com maior intensidade, os motociclos.

Campanha ‘Usar ou não usar capacete, não é questão!’ arranca hoje

Estas ações da GNR fazem parte da nova campanha da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) lançada esta terça-feira, ‘Usar ou não usar capacete, não é questão!’.

A ANSR refere que a iniciativa tem como objetivo alertar os motociclistas para a necessidade de utilização do capacete devidamente apertado e ajustado, “cumprindo assim uma regra de segurança básica, mas que salva vidas”.

De acordo com esta autoridade, a presente campanha assume especial relevo neste momento, uma vez que, no primeiro fim de semana de verão de 2020, oito pessoas perderam a vida nas estradas portuguesas e catorze ficaram gravemente feridas, números muitos superiores à média registada nos últimos anos. Seis das vítimas mortais circulavam em motociclos e/ou ciclomotores.

No âmbito da campanha, as autoridades têm um plano com um conjunto de orientações e prioridades para a fiscalização, nomeadamente nos locais onde ocorrem mais acidentes e será lançada uma campanha, com a parceria da GNR, PSP e Federação de Motociclismo de Portugal, na televisão e rádio, assim como em vários clubes de motociclistas.




Região: Polícia Judiciária desmantelou rede de tráfico de estupefacientes na zona Centro do país

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, em cumprimento de mandados de detenção emitidos pelo Ministério Público no DIAP de Coimbra…

… e na sequência de buscas efetuadas, procedeu à detenção de dois homens e duas mulheres suspeitos da prática de crimes de tráfico de estupefacientes agravados.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a PJ adianta que “um dos detidos, de 25 anos de idade e com antecedentes criminais, foi sujeito à medida de coação de prisão preventiva, e os restantes, com idades entre os 23 e os 48 anos, ficaram com a obrigação de se apresentarem diariamente às autoridades policiais”.

As detenções e as buscas decorreram ao longo do mês de junho em Lisboa e em várias localidades da Zona Centro, ações em que a Polícia Judiciária contou com a colaboração de diversas Unidades operacionais da Guarda Nacional Republicana e da Polícia de Segurança Pública.

A PJ adianta que “a investigação que agora culmina, foi iniciada há cerca de dois anos e conduziu à detenção de onze indivíduos, à realização de mais de 20 buscas, bem como à apreensão de quantidades significativas de cocaína, heroína e haxixe, dinheiro, viaturas automóveis e outros artigos relacionados com esta atividade criminosa, o que permitiu infligir um golpe importante no tráfico de estupefacientes na Zona Centro do País”.

O inquérito, agora finalizado por parte da Polícia Judiciária, será remetido nos próximos dias ao Ministério Público no DIAP de Coimbra, para prolação de despacho final.




Silvas Rally Team alcança vitória em Castelo Branco

O Rali de Castelo Branco marcou o regresso dos ralis do Campeonato Centro de Ralis, após paragem forçada de cerca de quatro meses devido à situação pandémica do Covid-19.

Debaixo de um calor abrasador a equipa J. Silvas Rallye Team alcançou uma brilhante vitória no asfalto albicastrense que permite manter a liderança no campeonato.

Para Armando Carvalho e Ana Santos, “Foi um fim-de-semana muito difícil devido ao imenso calor que se fez sentir em Castelo Branco mas saímos da Beira Baixa muito satisfeitos com o resultado. Os nossos objectivos eram terminar na liderança do campeonato, mesmo que não fosse obrigatório vencer a prova mas conseguimos a vitória e assim cimentar a nossa liderança no Campeonato Centro de Ralis”.

“Preparámos bem a prova e usámos os nossos conhecimentos para atacarmos onde sabíamos que éramos fortes, e quando assim é as coisas tornam-se mais fáceis. Dominámos a prova do início ao fim e nas segundas passagens pelos troços de domingo, gerimos o nosso andamento pois o piso estava muito sujo e também para pouparmos a mecânica do nosso Mitsubishi, que muito sofreu com as altas temperaturas do fim-de-semana ”, salientou o piloto.

“Foi um fantástico fim-de-semana e damos os parabéns à Escuderia Castelo Branco pela organização desta prova no contexto que todos conhecemos. Agradecemos a todos os que nos apoiam e também aos nossos parceiros pela confiança no nosso projecto. Muito obrigado à Domingos Sport pela assistência e preparação do nosso Mitsubishi que esteve fantástico”, finalizou Armando Carvalho.

A próxima prova do Campeonato Centro de Ralis é o Rali Vila Medieval de Ourém e que vai disputar em asfalto, nos dias 22 e 23 de Agosto, com organização a cargo do Olival Motorizado.

Texto e Foto: Nuno Dinis




Centro de Informação da Europa Região de Coimbra debate empreendedorismo e inovação nas PME

O Centro de Informação Europe Direct Região de Coimbra, cuja entidade promotora é a CIM Região de Coimbra, promove um webinar sobre “Empreendedorismo e Inovação: PME”, no próxima dia 8 de julho, pelas 14H00.

Carlos Cerqueira, diretor de Inovação do Instituto Pedro Nunes, Miguel Sousa, da INOVA, perito da Comissão Europeia e do Urbact e um representante do CEC, entidade que tutela na região a rede Enterprise Europe Network (maior rede do mundo de apoio às PME e startups com ambições internacionais criada pela Comissão Europeia) são os oradores desta ação, que tem como objetivo dar a conhecer os programas europeus e as oportunidades destinadas a empresas, nomeadamente, COSME e H2020, apresentar a rede Enterprise Europe Network e discutir a importância da aposta na inovação para o sucesso das empresas.

Segundo nota enviada à Rádio Boa Nova, os destinatários desta sessão são pequenas, médias e microempresas, empreendedores, gabinetes de apoio aos investidores, entidades públicas e outras pessoas com interesse sobre esta temática.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, e deve ser feitas através deste link: https://bit.ly/2Z0achO.




Mais de 30 concelhos em risco máximo de incêndio. Proteção Civil emitiu aviso à população para o perigo de incêndio rural

Mais de 30 concelhos de sete distritos do interior norte e centro e Algarve apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Neste risco estão mais de 30 concelhos de Faro, Portalegre, Santarém, Castelo Branco, Guarda, Viseu e Bragança.

O IPMA colocou também risco muito elevado e elevado de incêndio vários concelhos de todos os distritos (18) de Portugal continental.

Segundo o IPMA, pelo menos até ao final da semana vai manter-se o risco de incêndio máximo e muito elevado em vários concelhos do continente por causa do tempo quente.

O IPMA prevê tempo quente ao longo da semana, com uma descida hoje e quarta-feira e uma subida gradual a partir de quinta-feira.

Estas temperaturas elevadas devem-se, segundo o IPMA, a “uma massa de ar quente e seca proveniente do norte de África, associada a um fluxo de leste sobre a Península Ibérica, na circulação conjunta de um anticiclone localizado na região dos Açores, que se estende em crista até ao Golfo da Biscaia, e de uma depressão centrada no interior da Península”.

Por causa do tempo quente, o IPMA colocou sob aviso amarelo os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Santarém, Lisboa Castelo Branco, Portalegre, Setúbal, Évora, Beja e Beja até às 21h00 de hoje.

Por causa das elevadas temperaturas, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) decretou na segunda-feira a passagem de 10 distritos, maioritariamente no Interior, ao estado de alerta especial laranja nas próximas 72 horas devido a risco de incêndio rural muito elevado ou máximo: Beja, Bragança, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda, Portalegre, Santarém, Vila Real e Viseu”.

Em Oliveira do Hospital, os termómetros variam hoje entre os 17 e os 35º.

Por causa das elevadas temperaturas, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) emitiu um aviso à população para o perigo de incêndio rural.

Em comunicado, a ANEPC sublinha que face a estas previsões, é proibido fazer queimadas extensivas sem autorização, fazer queima de amontoados, utilizar fogareiros ou grelhadores em todo o espaço rural, salvo se usados fora de zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito, e fumar ou fazer lume nos espaços florestais.

UV: Dez distritos do continente e Madeira em risco extremo de exposição

Dez distritos de Portugal continental e a ilha da Madeira apresentam hoje um risco extremo de exposição à radiação ultravioleta (UV).

Em risco extremo estão os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Évora, Beja e a ilha da Madeira.

Para estes distritos com risco extremo, o IPMA recomenda que se evite o mais possível a exposição ao sol.

Ainda no continente, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Lisboa, Setúbal e Faro estão sujeitos a níveis muito elevados de exposição à radiação UV.

As ilhas do Porto Santo, Faial e Flores (nos Açores) estão com níveis muito elevado e S. Miguel e Terceira (Açores) apresentam risco elevado.

Para as regiões com risco muito elevado, o IPMA aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.




“Os Verbos dos Arguinas”: “Temos aqui uma grande missão, como oliveirenses, de ajudar a que possamos chegar à fase seguinte” (com vídeo)

A vereadora da Cultura do Município de Oliveira do Hospital, Graça Silva, em direto na Rádio Boa Nova, apelou esta tarde ao voto dos oliveirenses residentes no concelho, na região, no país e no mundo,…

… na candidatura dos “Verbos dos Arguinas” no concurso das 7 Maravilhas da Cultura Popular, através do número 760 207 791.

“Se olharmos para os sete candidatos da fase regional, estamos ao lado do Fado de Coimbra. É preciso ver que o júri elevou o patamar da importância que têm “Os Verbos dos Arguinas”. “Estarmos equiparados ao Fado de Coimbra que diz tanto a todos Acho que temos aqui uma grande missão como oliveirenses de  ajudar a que possamos chegar à fase seguinte”, afirmou Graça Silva.

Até ao dia 22 de julho, data em que vai  decorrer em Góis a sessão de selecção distrital, a vereadora da Cultura, apela ao voto, notando que é “mesmo muito importante que todos sintamos esta candidatura”. “Votem até dia 22 de julho incessantemente, sem se cansarem: 760 207 791”, desafiou.

Na Rádio Boa Nova, Graça Silva, explicou que “Os Verbos dos Arguinas” eram um “dialeto” usado pelas pessoas que trabalhavam a pedra no concelho, de forma “árdua e difícil”, para que pudessem conversar entre eles, sem que o patrão ou outras pessoas que passavam, percebessem o que falavam. “O verbo dos arguinas era uma forma de criar bom ambiente e alegria entre os arguinas.”, referiu Graça Silva.


Os restantes finalistas no distrito de Coimbra ao concurso das 7 Maravilhas da Cultura Popular são a Arte em Pedra de Ançã (Cantanhede), Colheres de Pau (Arganil), Corrida do Entrudo das Aldeias do Xisto de Góis (Góis), Fado de Coimbra (Coimbra), Procissão Festas da Rainha Santa Isabel (Coimbra) e Tecelagem de Almalaguês (Coimbra).

Nesta 9.ª edição das Maravilhas de Portugal, os candidatos vão ser votados por cada um dos 18 distritos e das duas regiões autónomas, numa fase em que haverá sete candidatos por cada distrito e região autónoma.

Em cada programa na RTP, num total de 20 programas a realizar nos meses de julho e agosto, será apurado um pré-finalista que passa às semifinais.

Na fase seguinte haverá um programa de repescagem, no qual os 20 segundos classificados das eliminatórias distritais/regionais serão submetidos a uma nova votação, com o objetivo de eleger os oito patrimónios mais votados.

Estes irão juntar-se aos outros 20 pré-finalistas já apurados.

Os 28 pré-finalistas vão ser divididos por sorteio pelas duas semifinais e em cada uma delas vão ser apurados as sete candidaturas que tenham mais votos contabilizados.

Na gala final, que decorrerá no dia 05 de setembro, vão ser eleitas as 7 Maravilhas da Cultura Popular.




PJ deteve estudante suspeito de abusar sexualmente de criança em IPSS da Guarda

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, deteve o “presumível autor da prática de um crime de abuso sexual de crianças, ocorrido em maio do corrente ano,…

… no interior de uma instituição de ensino particular da cidade da Guarda, onde o autor e a vítima coabitavam, em regime de internamento”.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a PJ adianta que “a vítima é um estudante de apenas 12 anos de idade”.

“O detido, com 22 anos, também estudante, foi entretanto presente a interrogatório judicial de arguido detido, na sequência do qual foi submetido à medida de coação de prisão preventiva”, referem as autoridades em comunicado.




Há 16 estudantes do Instituto Politécnico da Guarda infetados

Dezasseis estudantes do Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e uma bebé de dois meses, filha de uma aluna, testaram positivo para a covid-19, disse hoje à agência Lusa a Coordenadora da Unidade de Saúde Pública da Guarda.

Segundo Isabel Viseu, neste momento, estão confirmados 16 alunos infetados com covid-19, encontrando-se “um no domicílio e 15 internados”.

“Sendo que ainda há uma bebé de dois meses, filha de uma estudante, que também deu positivo [no teste ao coronavírus] e está internada”, acrescentou a Coordenadora da Unidade de Saúde Pública da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda.

A responsável referiu que, pelas informações recolhidas, o surto de covid-19 em alunos do IPG ocorreu após a realização “de um jantar de aniversário, no domicílio de um aluno”.

Isabel Viseu adiantou ainda à Lusa que a situação está em fase de investigação pelas autoridades de saúde e que, ainda hoje, serão realizados “vários testes” a alunos que estiveram em contacto com os infetados.

No domingo, o IPG anunciou que decidiu suspender os exames presenciais nas suas instalações, transferindo-os para as plataformas digitais, após ter conhecimento da existência de estudantes infetados com covid-19.

Notícia relacionada>>>




Eptoliva vence dois prémios internacionais de Ciência e Tecnologia nas áreas da Bioeconomia e Ensino Online

“UNplasticize” da autoria de Honorata Pereira, docente na EPTOLIVA – Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil, é o projeto vencedor do STEM Discovery Campaign – “BLOOM Stories Competition”…

… na categoria de “Ensino de Bioeconomia nas aulas de STEM das escolas secundárias”, sendo, também, o único projeto português incluído nos 23 vencedores mundiais do prémio “SCIENTIX Competition”, garantindo, deste modo, a presença da EPTOLIVA no Workshop de Projetos de Ciências no Laboratório da Sala de Aula do Futuro, que acontecerá em Bruxelas de 25 a 27 de setembro próximo.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova,  a  Eptoliva adianta que a “STEM Discovery Campaign 2020” é uma iniciativa internacional conjunta organizada pela Scientix (comunidade para o ensino das ciências na Europa) que convida projetos, organizações e escolas em todo o mundo, a refletirem sobre carreiras e estudos nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM).

Sob o slogan deste ano, “Tendências inovadoras na educação”, o Concurso BLOOM desafia os professores a encontrar formas inovadoras de aumentar a conscientização sobre a bioeconomia, enquanto o Concurso SCIENTIX objetiva o invento e a organização das melhores práticas de ensino STEAM em ambiente online.

O projeto vencedor “UNplasticize”, publicado no site da 2020 STEM Discovery Campaign (https://sdw-blog.eun.org/page/2/), é um blog que reúne um conjunto de trabalhos práticos de ciências desenvolvidos ao longo deste ano letivo, que têm a função, não só de agregar as melhores práticas no uso de recursos STEM inovadores, mas também de interligá-las, incentivando a aprendizagem interdisciplinar, com o foco no estudo sobre a quantidade de (micro)plásticos presentes em bens essenciais de uso comum e na apresentação de soluções que visam minimizar o impacto de resíduos e plásticos no meio ambiente.

“A marcar o encerramento deste ano letivo com chave de ouro”, e particularmente “orgulhoso com esta conquista”, Daniel Costa, presidente da ADEPTOLIVA, refere que “estes prémios são a garantia de  que a EPTOLIVA continua firme o seu percurso de sucesso”.

“Estes concursos decorreram no período em que a maioria das escolas europeias se encontrava em regime de ensino não presencial, o que confirma que as metodologias decorrentes de um ensino à distância e a capacidade de envolver os alunos em atividades online, não limitaram a criatividade e a qualidade do ensino da EPTOLIVA”, acrescenta Daniel Costa.  Segundo o responsável “a EPTOLIVA continua a projetar, o nome de uma região, mas também o nome de Portugal a nível internacional, como escola exemplo de práticas inovadoras, em áreas da Ciência e Tecnologia, como resultado de um trabalho e estratégia de diferenciação do ensino”.” Este é o caminho que a EPTOLIVA percorre diariamente, porque continuamos juntos, a Formar Futuros Vencedores”, conclui em comunicado.




Maratona Clube da Vila Chã participou em provas virtuais de Atletismo

O Maratona Clube Vila Chã, no concelho de Seia participou nas “7 Virtual Races” (provas virtuais) organizadas pelo Maratona Clube de Portugal para que, em situação pandémica, “o mundo do atletismo não ficasse parado”,…

… já que o calendário de provas de atletismo foi cancelado.

A representar o Clube Vila Chã, o atleta Jacinto Correia  conseguiu os seguintes resultados ao longo das 7 provas:

EDP 10kms – 38’47” = 24 de Maio

Vodafone 5kms – 19’00” = 31 de Maio

Luso 10kms – 38’39” = 7 de Junho

Jogos Santa Casa 5kms – 18’54” = 14 de Junho

Renault 10kms – 38’38” = 21 de Junho

CME 5kms – 18’41” = 28 de Junho

Mimosa 10kms – 38’19” = 5 de Junho

Em nota enviada à Rádio Boa Nova, Jacinto Correia  mostra-se “contente, uma vez que prova após prova houve melhorias”. “Esta iniciativa funcionou como um motivo para continuar a treinar e a manter um ritmo competitivo”, refere o atleta.




394 alunos vão realizar exames nacionais no AEOH. Diretor garante que são acauteladas “todas as indicações da DGS e Ministério da Educação” (com vídeo)

Esta segunda-feira fica marcada pelo arranque da primeira fase dos exames nacionais. Hoje, cerca de 50 alunos do 12º ano realizaram o exame de Português no Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH).

Em declarações à Rádio Boa Nova, Carlos Carvalheira, diretor do AEOH, adiantou que até ao dia 23 de julho, que determina o término do calendário de exames da primeira fase, vão passar pela escola sede, 394 alunos. Ao longo deste mês, os alunos são chamados a realizar provas do 9º, 10º e 12º anos.

Carlos Carvalheira garante que houve um “ grande trabalho preparatório” por parte de professores e funcionários, nomeadamente na “preparação das salas onde decorrem os exames”. De acordo com recomendações da Direção-Geral de Saúde (DGS), em cada sala do AEOH estão, no máximo 13 alunos”, sendo que, em salas mais pequenas, o limite é de dez.

“Acautelámos todas as indicações que nos foram dadas pela DGS e pelo Ministério da Educação, no sentido de cumprir o distanciamento entre alunos”, assegurou o diretor.

Aos microfones da Rádio Boa Nova, Carlos Carvalheira deixou uma “palavra de tranquilidade para toda a comunidade escolar”, uma vez que “há um conjunto de situações que estão a ser feitas, no sentido de minimizar este impacto da pandemia no Agrupamento”.

Defendendo que é normal existir um sentimento de “stress” neste período de avaliação, o responsável está com “esperança que os resultados sejam positivos como têm vindo a ser nos últimos anos”.

Quanto ao futuro, Carlos Carvalheira está “expectante e esperançado” que “tudo volte a correr normalmente com aulas presenciais”.

“Já estamos com saudades dos nossos alunos. Queremos os nossos alunos na escola”, disse, realçando que o AEOH  “tudo fará para que seja uma realidade”.

Na ocasião, agradeceu “o grande trabalho de professores, alunos, pais, encarregados de educação, assistentes operacionais e técnicos” neste período que “não foi fácil”. À Rádio Boa Nova, Carlos Carvalheira garantiu que o ensino “chegou a todos”. “Fizemos com que todos os alunos tivessem internet e computador. Foi um grande esforço, com o projeto “AEOH está on” e com o apoio de Juntas de Freguesia, Câmara Municipal e instituições”, afirmou, defendendo, contudo, que “nada substitui o ensino presencial”.

Segundo números do Júri Nacional de Exames, na primeira fase dos exames haverá mais de 151 mil alunos inscritos para realizar 254.865 provas.

Comparativamente com o ano anterior, regista-se uma diminuição de quase 90 mil provas, devido às novas regras introduzidas por causa da pandemia de covid-19.

O Ministério da Educação (ME) decidiu que este ano as provas nacionais não eram obrigatórias para a conclusão do secundário, passando a contar apenas as classificações internas, ou seja, as notas atribuídas pelos professores pelo trabalho realizado ao longo do ano.




Covid-19: Portugal com seis mortes e 232 infetados nas últimas 24 horas

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes associadas à Covid-19, o que representa um aumento de 0,37% em relação aos dados de domingo. No total, desde o início da pandemia, morreram no país 1.620 pessoas devido ao novo coronavírus.

De acordo com o boletim divulgado pela Direção-Geral de Saúde, há a registar mais 232 novos casos, o que significa um aumento de 0,53% em relação aos dados anteriores. Desde o início da pandemia, já foram confirmados 44.129 casos da doença em Portugal.

Dos casos confirmados, 29.166 ja foram dados como curados.

Por regiões,  Lisboa e Vale do Tejo contabiliza 20.722 infetados (continuando ainda por incluir os 200 casos a mais detetados algures na semana passada) e 507 óbitos. Com menos casos (17.766), mas com mais mortes (820) surge a região Norte, zona do país que foi mais afetada pela pandemia no começo das infeções em Portugal.

Com 4.195 casos de Covid-19, a região Centro regista um total de 248 óbitos. E, com 15 óbitos cada região, surge o Alentejo e o Algarve, com 539 e 663 infetadosrespetivamente.

Numa situação mais tranquila estão as regiões autónomas. Os Açores contabilizam um total de 151 casos e 15 mortes. A Madeira contabiliza 93 casos e nenhuma morte.




Coimbra: PJ deteve autor de disparos com arma de fogo no interior de discoteca

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, em cumprimento de mandado de detenção emitido pelo DIAP de Coimbra, deteve ontem, um homem,…

… com 37 anos de idade, pela presumível prática dos crimes de ofensa à integridade física, coação e detenção de arma proibida, factos ocorridos na madrugada do passado dia 13 de outubro, no interior de uma discoteca.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a PJ adianta que o homem, que “na altura exercia a atividade profissional de segurança numa discoteca no centro de Coimbra, terá agredido com grande violência um cliente daquele espaço diversão noturna, que procurou entrar no estabelecimento, perto da hora de encerramento, infligindo-lhe múltiplos socos, parte dos quais com recurso a uma soqueira”.

Adiantam as autoridades que “no seguimento da contenda, o segurança muniu-se de uma arma de fogo, efetuando um disparo na direção do teto, numa altura em que se encontrava no local um grande aglomerado de clientes, apontando de seguida a arma na direção da vítima, coagindo-a a abandonar o local”.

“No decurso das diligências que se seguiram à ocorrência dos factos, foram recolhidos elementos probatórios que permitiram reconstituir a sequência dos acontecimentos”, acrescenta a PJ.

Em comunicado, a PJ refere que “o detido, sem antecedentes criminais, foi presente a primeiro interrogatório judicial, sendo-lhe aplicadas as medidas de coação de apresentações bissemanais às autoridades, proibição de contactos com a vítima e inibição de acesso a armas de fogo”.




Seia: Município distinguiu personalidades e alunos nas comemorações do Feriado Municipal

A Câmara Municipal de Seia distinguiu, na tarde de sexta-feira, 3 de julho, na cerimónia do 34º aniversário da elevação de Seia a cidade, …

… alunos e pessoas e entidades que se notabilizaram pelo trabalho, dedicação e mérito, nas mais diversas áreas, em prol do desenvolvimento e afirmação do concelho de Seia.

O programa das comemorações do Feriado Municipal teve início com um momento musical interpretado por Tiago Fernandes e Maria Isabel Mendonça, igualmente protagonistas do tema de Seia, no final da cerimónia.

Posteriormente, o Presidente da Câmara Municipal de Seia, Carlos Filipe Camelo, procedeu à entrega dos prémios de Mérito Escolar aos melhores alunos de cada ciclo de ensino das escolas do concelho, referente ao ano letivo 2018/2019.

O prémio é constituído por um diploma e um cheque no valor de 300 euros e pretende valorizar o mérito e valorização do esforço e do desempenho individual, procurando criar estímulos e referências, para que os jovens sintam que vale a pena estudar, naquela que também é uma homenagem às escolas e ao seu trabalho.

Assim, do Agrupamento de Escolas Guilherme Correia de Carvalho, foram distinguidas Carolina Figueiredo Gouveia, do 2º ciclo, e Joana Costa Oliveira, do 3º ciclo. Do Agrupamento de Escolas de Seia, Alexandre Saraiva foi o aluno premiado pelo 2º ciclo, João Pedro Correia Pais, pelo 3º ciclo, e referente ao ensino secundário, foi laureado João Páscoa Santos. Relativo à Escola Evaristo Nogueira (3º ciclo), foi agraciado o aluno Samuel Alexandre Fonseca da Cruz, e referente ao ensino artístico especializado do Conservatório de Música de Seia, a aluna Mariana Palma Abrantes. No ensino profissional, pela Escola Profissional da Serra da Estrela, o galardão foi atribuído a Cláudia Natividade, e pela Escola Superior de Turismo e Hotelaria-IPG a Cátia da Fonseca Silva.

Câmara distinguiu 6 personalidades e duas empresas

O Feriado Municipal é há muito a ocasião anual em que a autarquia evoca o trabalho, dedicação, criatividade e voluntarismo de pessoas, empresas e instituições, este ano com um especial significado pelo atribulado período de saúde pública que o país e o mundo atravessa, como referiu na ocasião Filipe Camelo.

Assim, por diversos contributos relevantes nas mais diversas áreas, o Presidente da Câmara este ano homenageou com a Campânula de Mérito e Dedicação, Jorge Augusto Nunes, José António da Costa Fonseca e José Manuel Ramos Loureiro, pelo mérito empresarial, Carlos António Gonçalves Catarino e a Gate 21, e pelo mérito cultural, Eduardo Manuel Mendonça e Rui Gomes Veloso Costa.

A primeira distinção foi atribuída ao médico Jorge Augusto Nunes, pelo seu contributo e esforços em prol da dinamização do Hospital Nossa Senhora da Assunção, onde coordena a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados e os Serviços de Urgência Básica.

Igualmente na área da saúde e também referente ao trabalho desenvolvido no âmbito do Hospital Nossa Senhora da Assunção, na área da enfermagem, o município atribuiu a Campânula de Mérito e Dedicação a José António Fonseca. Enfermeiro neste hospital desde 1992, também integra a direção de enfermagem da ULS Guarda, desde a sua constituição em 2008, onde tem vindo a participar em vários júris, grupos e comissões de trabalho, e os órgãos sociais da Liga de Amigos deste hospital, entidade responsável pelo voluntariado aqui praticado.

Ainda no domínio do mérito e dedicação, pela disponibilidade, prontidão, altruísmo, criatividade e espirito de voluntário e empreendedorismo, a Câmara distinguiu José Manuel Loureiro, proprietário da empresa de publicidade e decoração S&L Design, sedeada em Seia desde 1994.

Em reconhecimento da atividade empresarial desenvolvida no concelho, a autarquia distinguiu em primeiro lugar o empresário Carlos António Gonçalves Catarino. Detentor de um vasto percurso empresarial, administra e é sócio e acionista de várias empresas de setores diversificados, dos quais se destaca a empresa que detém Catarino & Associados e também o projeto hoteleiro que se encontra atualmente a desenvolver em Seia.

A segunda distinção referiu-se a uma empresa com um historial de mais de quatro décadas, a Gate21. Detentora de um percurso de reconhecida dinâmica, conhecimento e determinação, a empresa tem uma forte aposta na criação de novos negócios, acrescentando valor e inovação e tem sido uma importante aliada do tecido empresarial, favorecendo o desenvolvimento económico e social da região.

Finalizados os agraciados empresariais, e evidenciando o percurso e contributo cultural de personalidades, foi atribuída a Campânula de Mérito Cultural a Eduardo Manuel Mendonça.

Natural dos Açores, Eduardo Mendonça é docente do ensino secundário em seia desde 1993, e é no Rancho Folclórico de Paranhos de Beira e no Grupo de Concertinas de Paranhos da Beira, que surgiu por sua iniciativa, que se releva o seu trabalho colaborativo em prol das manifestações culturais e tradições etnofolclóricas.

A Câmara Municipal homenageou, ainda, com a Campânula de Mérito Cultural, Rui Gomes Veloso da Costa. Reformado da EDP, do seu percurso de vida há a destacar a participação ativa na grande maioria das coletividades de Seia, realçando-se o empenho, como sócio fundador, do Óquei Clube de Seia, da Associação dos Antigos Alunos do Colégio Dr. Simões Pereira e na criação da concelhia de Seia do Partido Socialista. A nível pessoal, é de registar o gosto pela história local, em especial pela vida do republicano senense Afonso Costa, dispondo a este respeito de uma vasta coleção. Este valioso património está na origem da criação do Centro Interpretativo da República – Afonso Costa, que a Câmara Municipal está a construir na antiga escola primária com o seu nome.




Soure: GNR apreendeu 70 mil cigarros

A Unidade de Ação Fiscal (UAF), através do Destacamento de Ação Fiscal de Coimbra, apreendeu, no passado dia 3 de julho, 70 000 cigarros, na localidade de Soure, Coimbra.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, as autoridades adiantam que, no âmbito de uma ação de fiscalização e controlo de circulação de mercadorias, foi abordado um veículo que transportava vários volumes de tabaco, não ostentando a estampilha fiscal exigida para comercialização em território nacional.

Os ocupantes do veículo, dois homens, de 32 e 55 anos, não se faziam acompanhar de qualquer documentação comercial ou aduaneira comprovativa do pagamento do Imposto Especial sobre o Consumo (IT) e IVA, o que culminou na apreensão do tabaco que transportavam e na elaboração de um auto de contraordenação aduaneira por introdução irregular no consumo.

Caso a mercadoria tivesse sido introduzida no consumo através dos circuitos comerciais marginais, o tabaco apreendido teria causado um prejuízo ao Estado, em sede de IT e de IVA, num valor aproximado de 14 mil euros.

A ação teve o reforço do Destacamento de Trânsito (DT) do Comando Territorial de Coimbra.