Autarca de Nogueira do Cravo preocupado com estado da EN17, na Reta da Salinha
8 Janeiro, 2018 2126 visualizações

Autarca de Nogueira do Cravo preocupado com estado da EN17, na Reta da Salinha

image_pdfimage_print

As obras na EN17, no concelho de Oliveira do Hospital, estiveram paradas e causaram verdadeiras dores de cabeça e prejuízos aos condutores, em particular no troço conhecido por Reta da Salinha.  A empresa responsável pela obra retomou os trabalhos esta manhã.

Luís Nina, presidente da Junta de Freguesia de Nogueira do Cravo denunciou o mau estado da via na última reunião da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, onde questionou o presidente do Município se a obra está suspensa. “Gostava de saber se o senhor presidente sabe o que se passa?”, Perguntou o Luís Nina, informando que tal como está o troço “apresenta risco para peões, automóveis e bens”. “Coloca em causa a integridade física das pessoas”, avisa o autarca de Nogueira do Cravo, considerando que “isto não deveria acontecer” tratando-se de “uma obra nova”. Luís Nina alertou ainda para “problemas de escoamento de águas junto à entrada de algumas propriedades” limites à EN17. “Há águas que se infiltram em propriedades e estabelecimentos”, referiu o autarca.

Logo a notar que “não há obras perfeitas”, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital também deu conta do seu desagrado pelo maus estado daquele troço, onde para além da intervenção no piso, decorrem trabalhos de saneamento num investimento da autarquia na ordem de um milhão de Euros. “Já reclamei para as Infraestruturas (de Portugal) e para o diretor da obra”, disse José Carlos Alexandrino, considerando de igual modo que a empresa responsável pela obra deixou “as coisas mal”. Segundo o autarca, a “obra não está suspensa” e a paragem dos trabalhos decorre das férias dos trabalhadores na época de Natal e Ano Novo.

A Rádio Boa Nova comprovou hoje que a empresa responsável pela obra retomou os trabalhos de beneficiação da via. As obras na EN17, entre o IC6 e o limite com o concelho de Seia, arrancaram, no dia 31 de julho de 2017, numa intervenção estimada em 2,2 milhões de Euros. O prazo de execução é de nove meses.

Anterior “Engenharia Informática” da ESTGOH entre os cursos com maior taxa de empregabilidade no país
Seguinte Previsão de neve acima de 800 metros coloca cinco distritos sob aviso amarelo

Notícias Relacionadas

Última Hora

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 6 de abril, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 21.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Opinião

Ca$h Resto Z€ro: “Oliveira do Hospital foi notícia nacional. Interior não rima com inferior”

No habitual espaço de opinião da Rádio Boa Nova, “Ca$h Resto Z€ro”, Vítor Neves reflete sobre a atitude tomada pelo Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital em eliminar o

Última Hora

Covilhã: GNR deteve homem suspeito de agredir o pai

Um homem de 41 anos foi detido, no concelho da Covilhã, por violência doméstica contra o pai e vai ficar sujeito a vigilância eletrónica para não contactar com a vítima.

Região

Região: Mulher de 75 anos morreu em mina

Uma mulher, de 75 anos, foi encontrada esta manhã sem vida numa mina, em Vila Nova de Monsarros, em Anadia, Aveiro, por equipas de socorro e emergência …

Informação

Governo reforça vigilância em zonas com pastos

O Ministério do Ambiente anunciou hoje um reforço dos vigilantes do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) em zonas de pastorícia por todo o país.

Informação
Informação

Cirurgia adiada justificada com operação “a doente muito prioritário”

A Unidade Local de Saúde da Guarda confirmou hoje o adiamento de uma cirurgia a um doente oncológico por, no mesmo dia, a máquina de sutura …

Informação

Cerca de 30 concelhos de nove distritos do continente em risco máximo

Cerca de 30 concelhos de nove distritos de Portugal continental estão hoje em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Região

Aveiro: GNR apreende 870 quilos de pescado fresco por “fuga à lota”

A Guarda Nacional Republicana (GNR) de Aveiro apreendeu na passada segunda-feira, dia 24 de fevereiro, 870 quilos de pescado fresco de três espécies diferentes por “fuga à lota”.

Última Hora

Proteção Civil apresenta Dispositivo Conjunto de Proteção e Socorro na Serra da Estrela

A Autoridade Nacional Proteção Civil (ANPC) assinala hoje a ativação do Plano de Operações Nacional da Serra da Estrela com a realização de uma cerimónia, pelas 14h30, na Torre, na

Informação

Viseu: GNR deteve dois suspeitos de tráfico de drogas

A GNR anunciou ontem ter detido uma mulher e um homem, de 38 e 41 anos, respetivamente, por tráfico de drogas, no concelho de Viseu, na sequência de uma investigação

Informação

Agentes de viagens espanhóis e portugueses reuniram-se no Centro de Portugal

Representantes de agências de viagens espanholas e portuguesas passaram três dias no Centro de Portugal, na 2.ª Cimeira Ibérica da Aliança das Agências de Viagens.