ANCOSE reabre segunda-feira para “prestar apoio na altura mais difícil dos seus associados” (com entrevista áudio)
1 Abril, 2020 608 visualizações

ANCOSE reabre segunda-feira para “prestar apoio na altura mais difícil dos seus associados” (com entrevista áudio)

image_pdfimage_print

A Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela, com sede em Oliveira do Hospital, vai reabrir as portas na próxima segunda feira. Manuel Marques, presidente da direção, garante que…

… “estão criadas condições para os associados e colaboradores não correrem riscos”.

Em plena pandemia de COVID-19, a ANCOSE viu-se forçada a fechar portas, durante três semanas,  para alinhar a logística de prevenção. No noticiário das 12h00 da Rádio Boa Nova, o presidente da direção adiantou que na próxima segunda feira a Ancose reabre as suas portas. “Neste momento estão criadas condições para os associados e colaboradores para não correrem riscos”, assegurou o dirigente, notando que “uma associação tem que prestar apoio na altura mais difícil dos seus associados”.

Quando o país atravessa a fase mais crítica da pandemia, Manuel Marques informa que “vai ser atendida uma pessoa de cada vez” e “vai haver uma divisória em acrílico para que não haja contacto direto entre os colaboradores e os associados”. Haverá “apenas um pequeno guichet onde serão apresentados as questões”. “É nesta altura que a Ancose tem que estar pronta e eficiente para apoiar a desgraça que está a assolar os pastores da Serra da Estrela”, referiu Manuel Marques.

Na Rádio Boa Nova, Manuel Marques disse já ter entregue à Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro a lista de pastores em dificuldades na produção do leite DOP (Denominação de Origem Protegida) ou não.  “O governo tem na sua posse os dados da Ancose para, se eventualmente houver um benefício, eles saberem quem são e não deixarem acabar uma das razões de sobrevivência do setor primário da nossa região”, afirmou.

Manuel Marques lamenta que se continue a comprar “leite vindo de Espanha, quando temos aqui produtores numa situação aflitiva”. “Quem tem que intervir nessa matéria é a ASAE. Eu não sou Estado, nem sou poder nacional. Indigna-me isso. Porque quem sustenta esta região e a vida dos pastores é a sua produção leiteira e o fabrico do queijo. Fico revoltado, mas espero que tenha terminus”, frisou.

Atendendo ao momento atual, Manuel Marques verifica que seria “óptimo que o governo pagasse as agro-ambientais previstas para outubro”. “Era ótimo para os pastores terem um fundo de maneio. É certo que em primeiro lugar está a saúde, mas se não houver para comer , isto é um descalabro, é uma desgraça”, considerou.

 

Anterior Município reabilita ruas do Bairro do Abrunhós em Arganil
Seguinte Governo dá "parecer favorável" à prorrogação do Estado de Emergência

Notícias Relacionadas

Informação

Eptorádio: Quarta temporada arrancou no dia em que a EPTOLIVA comemora 28º aniversário (com vídeo)

O Programa de rádio da Eptoliva iniciou hoje a 4ª temporada, em direto, na Rádio Boa Nova.  Cátia Viegas, professora…

Última Hora

Prisão preventiva para suspeito de violência doméstica na Covilhã

Um homem de 40 anos, suspeito de agredir e ameaçar a companheira reiteradamente, foi detido no concelho da Covilhã e vai ficar a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Última Hora

Município de Oliveira do Hospital assinala o Dia Internacional dos Museus

O Município de Oliveira do Hospital associa-se às comemorações do Dia Internacional dos Museus/ Noite nos Museus que se comemora, anualmente, a 18 de maio.

Última Hora

Município de Oliveira do Hospital obtém financiamento de 450 mil euros para investimentos na rede hidrográfica

O presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, assinou, no passado dia 19 de abril, um protocolo de colaboração com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), no

Informação

Eptoliva vence concurso nacional “Hidrogénio a Próxima Geração de Energia”

A EPTOLIVA – Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil, venceu o concurso “Hidrogénio – A Próxima Geração de Energia” promovido pelo Instituto Politécnico de Portalegre em colaboração…

Última Hora

Ana Abrunhosa defendeu Coesão Territorial no Dia do Município de Oliveira do Hospital. Primeiro Ministro quer que seja Ministra da Coesão Territorial

Ana Maria Pereira Abrunhosa até agora presidente da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Centro viu ontem o seu nome ser proposto pelo ministro António Costa para Ministra da

Última Hora

GNR descontaminou cerca de  três mil ambulâncias e mais de 100 instalações

O núcleo de matérias perigosas da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da GNR descontaminou cerca de três mil ambulâncias e mais de 100 instalações , desde o início

Informação

Doze distritos sob aviso amarelo devido à chuva

Doze distritos do continente estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva, que pode ser pontualmente forte e acompanhada por trovoadas e granizo.  

Última Hora

Empresas: “Ribeiro Seguros” muda de instalações com objetivo de “conquistar mais negócio”

A “Ribeiro Seguros”, empresa mediadora de seguros Fidelidade, mudou as suas instalações na cidade de Oliveira do Hospital. Com um novo e moderno espaço, …

Região

Secção Regional da Ordem dos Médicos alerta para perigo de falência em urgência de Coimbra por falta de médicos

A Secção Regional do Centro (SRC) da Ordem dos Médicos (OM) alerta para a situação “incomportável”…

Região

Município de Arganil avança com a requalificação do espaço público

Tem início esta segunda-feira, 4 de maio, a intervenção de requalificação do espaço público de Arganil, que prevê a recuperação e valorização do Largo Ribeiro de Campos; da Rua 5

Última Hora

Dispositivo de combate a incêndios na capacidade máxima até 15 de outubro

O dispositivo de combate aos incêndios rurais vai ser prolongado na sua capacidade máxima até 15 de outubro devido às previsões meteorológicas e à manutenção do risco de fogo em