Ancose entregou 150 borregas do centro de recria a produtores lesados dos incêndios
7 Maio, 2018 1486 visualizações

Ancose entregou 150 borregas do centro de recria a produtores lesados dos incêndios

image_pdfimage_print

A Ancose- Associação Nacional de Criadores de Ovinos Serra da Estrela, procedeu, no passado sábado, nas suas instalações, à primeira fase de entrega de borregas a criadores e produtores que perderam os seus rebanhos nos incêndios de outubro do ano passado.

Num encontro que contou com a apresentação do centro de recria de borregas Serra da Estrela, foram distribuídos cerca de 150 animais dos 800 já criados.

Manuel Marques, presidente da Ancose, agradecendo, entre várias entidades, à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) por ser um “esteio” à associação que preside, referiu que o centro de recria já “estava programado há muito tempo”. “Tentámos arrancar com este projeto porque o Estado português acabou com o centro de recrias que existia na nossa região”, contou. “Com o infortúnio dos incêndios de outubro de 2017, nós tivemos de acelerar”, disse o dirigente referindo que era necessário “arranjar soluções para que as raças que produzem leite para o queijo Serra da Estrela não fosse abalado e não fosse extinto”.

José Carlos Alexandrino, presidente da CMOH, afirmou que “se não existisse a Ancose, as coisas tinham sido muito mais difíceis” para todos os que trabalham no setor da pecuária. Em palavras de louvor à Associação que foi a “primeira parceira” do Município, o autarca destaca a eficiência na “tentativa de dar as primeiras respostas no terreno”, recordando que “foram os primeiros a distribuir rações logo no dia seguinte” após a catástrofe. “Não satisfeito” face aos apoios dirigidos aos agricultores e produtores lesados dos incêndios, José Carlos Alexandrino considera “miserável que as explorações agrícolas não tenham 85%” de ajudas tal como acontece ao setor empresário.

Em representação do Governo, Graça Mariano, Subdiretora da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), marcou presença nesta sessão de apresentação do centro de recria da Ancose, mostrando-se admirada “por saber que há empresas em Portugal que não se preocupem só em importar mas que divulgam, ajudam e fomentam a produção”. Num momento em que a DGAV é parceira de várias entidades, Graça Mariano refere que a missão da sua direção “passa pela gestão da saúde animal”. “Sem produtores a DGAV não existia”, referiu, contando que está sempre de “porta aberta” para ajudar quem mais precisa. No que respeita ao Queijo Serra da Estrela, a responsável afirma que, uma vez que é “património”, “tem de ser defendido e dinamizado”. A propósito, Graça Mariano afirmou que “este ano já estão aprovados 588 544 euros para o PDR (Programa de Desenvolvimento Rural) à custa do esforço de todos os envolvidos nesta matéria”.

A Ancose reconheceu, ainda, o apoio prestado ao projeto, nomeadamente por parte do Grupo Jerónimo Martins, a Paroquia de Cascais e a Ordem dos Médicos Veterinários, entidades que estiveram presentes nesta apresentação.

Anterior Demonstração dos programas “Aldeia Segura” e “Pessoas Seguras” em Góis
Seguinte Cerveja “Rapada” conquista Ouro e Prata em Concurso Nacional

Notícias Relacionadas

Região

Município vai investir 110 mil euros na requalificação de acessos e estacionamento na EB1 de Arganil

A Câmara Municipal de Arganil tem previsto um investimento superior de 110 mil euros para a requalificação de acessos e estacionamento na Escola Básica N.º 1 de Arganil. A empreitada,

Informação

Município de Tábua comemora Feriado Municipal com iniciativas ao longo do dia

O Município de Tábua comemora amanhã, 10 de abril, o seu Feriado Municipal, assinalando a efeméride com uma série de iniciativas ao longo de todo o dia.

Destaque

FCOH prepara nova época desportiva. O plantel vai ser apresentado a 11 de agosto

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) inicia a próxima época desportiva na série C, do Campeonato de Portugal, no dia 18 de agosto, pelas 17h00, …

Informação

Câmara de Seia avança com requalificação da EM 505, na localidade de Vila Verde

A Câmara Municipal de Seia deu início à obra de beneficiação da Estrada Municipal (EM) 505, troço com 2,6 km de extensão, entre a Estrada Nacional (EN) 232 e localidade

Região

Leiria: PJ deteve homem por tentativa de homicídio qualificado

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, identificou e deteve um homem, presumível autor de um crime de homicídio qualificado,…

Última Hora

Festa do Vinho Novo no Mercado Municipal de Tábua

A 29 de janeiro, o Mercado Municipal de Tábua recebe a segunda edição da Festa do Vinho Novo.

Informação

Concurso Gastronómico na Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital

Encontra-se a decorrer o prazo para formalizar a inscrição para o Concurso Gastronómico “Com Queijo Serra da Estrela”, promovido pelo Município de Oliveira do Hospital, no âmbito da Festa do

Cultura

1400 figurantes dão vida ao desfile de Carnaval do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (com áudio)

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital irá realizar, no próximo dia 9 de fevereiro, o Desfile de Carnaval 2018, participado pelos alunos de todas as escolas do concelho.

Última Hora

Tanak vence em Lousada e Conquista a liderança

A dupla Ott Tanak/Martin Jarveoja, com o Toyota Yaris WRC, é a primeira líder do Vodafone Rally de Portugal, depois de ter sido a mais rápida na super especial de Lousada (3,36

Programas

Marta Leite é convidada do Espaço BLC3- Ciência no Interior

Em mais um Espaço BLC3 – Ciência no Interior, a conversa hoje acontece com Marta Leite, que integra o projeto LAB-i-Duca desenvolvido junto das escolas da Beira Serra.

Destaque

Deputada do PCP preocupada com fecho do SAP em Oliveira do Hospital

A deputada do PCP na Assembleia da República, Ana Mesquita, mostrou-se ontem preocupada com o fecho do Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital

Última Hora

Ano Jubilar de Santo António e dos Mártires de Marrocos inicia domingo em Coimbra

A Igreja do Mosteiro de Santa Cruz, em Coimbra, acolhe no domingo, 12 de janeiro, pelas 16h00, a celebração de abertura do Ano Jubilar de Santo António e dos Mártires