Alexandrino quer fazer “a diferença” com intervenção na Zona Histórica
22 Janeiro, 2019 1385 visualizações

Alexandrino quer fazer “a diferença” com intervenção na Zona Histórica

image_pdfimage_print

O executivo municipal de Oliveira do Hospital apresentou os pré projetos daquela que deverá ser a requalificação da Zona Histórica da cidade com a qual pretende “fazer a diferença” no concelho.

Em sessão extraordinária da Assembleia Municipal, o autarca José Carlos Alexandrino que cumpre o último mandato partilhou a motivação do seu executivo em dar uma vida nova à zona mais antiga da cidade. Olhando para a falta de atenção que foi dada pelos executivos anteriores ao seu à Zona Histórica, Alexandrino verifica que este é “o primeiro executivo que se preocupa com a Zona Histórica”. “É uma verdade nua”, referiu, notando que mal houve oportunidade de o município aceder aos fundos do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), logo colocou a intervenção na Zona Histórica como prioritária.

Aos deputados, o autarca contou que teve a preocupação de procurar especialistas em intervenções em zonas históricas, razão pela qual contratou o professor Jorge Carvalho que, com a sua equipa, realizou os pré projetos de intervenção na Zona Histórica, possibilitando a candidatura aos apoios comunitários (até 31 de dezembro 2018)

A tomar por base resultados de um estudo, o autarca oliveirense referiu que antes de se falar da requalificação da Zona Histórica, “40 por cento das casas estavam degradadas”, sendo que agora rondam os 30 por cento as casas em más condições . “Houve já recuperação de 10 por cento pela iniciativa privada, que pode e deve ter um papel preponderante na zona histórica”, referiu, lembrando  que existem mecanismos financeiros para aquisição de casas em zonas históricas com taxas de juro mais baixas. Entre os planos do autarca está a criação de uma área residencial para estudantes do ensino superior para evitar o que se verificou este ano, em que 31 alunos não se matricularam na ESTGOH por falta de quarto ou devido aos preços elevados que são praticados.

Jorge Carvalho apresentou as linhas orientadoras de requalificação do centro histórico, em que se inserem os acessos, espaços verdes, estacionamentos. As atenções recaem sobretudo na chamada de praça institucional, ou seja o espaço entre a Câmara Municipal e o Tribunal.

As propostas apresentadas mereceram grandes elogios, sobretudo da bancada socialista que considera que é a primeira vez que a cidade está a ser pensada como um todo. O presidente da União de Freguesias de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços (PS) alertou para a importância de preservação do comércio local,  implementação de serviços nos pisos superiores e a criação do conceitos de albergues difusos. Bruno Amado, do PSD, questionou sobre as respostas em caso de incêndio.

Alexandrino não saiu do tema sem lembrar que a requalificação será feita por fases. “Não temos dinheiro para fazer isto tudo. Estamos a preparar o futuro e faremos o que pudermos”, concluiu.

Anterior Rádio Boa Nova lança calendário promocional 2019
Seguinte Carlos Cardoso, engenheiro informático, é convidado do Espaço BLC3- Ciência no Interior

Notícias Relacionadas

Última Hora

Curiosidades: Armindo Silva, de Pinheirinho, colheu tomate com 1,450 Kg

Armindo Silva, de Pinheirinho, na freguesia de Lourosa, no concelho de Oliveira do Hospital colheu um tomate com o peso de 1, 450 Kg.

Região

Aveiro: PJ deteve suspeito do crime de pornografia de menores agravado

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um programador informático, com 28 anos de idade, fortemente indiciado pela prática do crime de

Informação

Município de Penacova em Cerimónia Comemorativa do Centenário do Armistício em França

O Município de Penacova participou, no passado fim-de-semana, na cerimónia comemorativa do Centenário do Armistício, na cidade geminada de Pont-Saint-Esprit, em França.

Informação

Dia Mundial da Música foi assinalado com concertos em Oliveira do Hospital

Mais de 300 músicos celebraram o Dia Mundial da Música no concelho de Oliveira do Hospital. O Município de Oliveira do Hospital desafiou os grupos culturais para participarem na comemoração

Educação

“Reinventar o Interior: Natureza, Homem, Economia”, dia 4 de abril, às 18.30H, no auditório do Crédito Agrícola, em Oliveira do Hospital.

“Reinventar o Interior: Natureza, Homem, Economia” é um debate aberto à comunidade e uma iniciativa do Departamento de Ciências Sociais e Humanas, vai realizar-se no dia 4 de abril, às 18.30H, no auditório do

Sociedade

Pelo menos trinta concelhos com risco máximo de incêndio

Trinta concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Castelo Branco, Leiria, Coimbra, Viseu, Porto, Braga, Vila Real e Guarda apresentam hoje risco máximo …

Região

Turismo Centro de Portugal quer atrair produções de cinema à região

O Turismo Centro de Portugal apresenta no dia 16 de outubro, pelas 12h00 no Seminário Maior de Coimbra, o “Centro Portugal Film Commission”,…

Última Hora

Investigadores do INESC Coimbra e da Universidade de Coimbra desenvolvem aplicação para ajudar a localizar o fogo

Um grupo de investigadores do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores de Coimbra (INESC Coimbra) e da Universidade de Coimbra (UC)…

Desporto

Está apresentado o Troféu Rally Regional Centro (TRRC) 2017,que conta já na sua sexta edição.

Foi o Salão Nobre da Câmara Municipal de Penela que recebeu a apresentação oficial do Troféu Rally Regional Centro (TRRC) 2017,que conta já na sua sexta edição. No exterior do Município

Última Hora

Santa Ovaia promove Festival das Sopas – Festas de Verão 2019

É já amanhã, dia 14 de setembro, que as tradicionais e saborosas sopas serão o centro das atenções de mais uma edição do Festival de Sopas de Santa Ovaia, …

Última Hora

GNR promove ações de sensibilização no âmbito do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra a Mulher

No âmbito do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra a Mulher, comemorado no dia 25 de novembro, a Guarda Nacional Republicana (GNR), de 25 a 28 de novembro, promove

Última Hora

Colisão entre camião e mota faz um morto em Vouzela

Uma colisão entre um camião e um motociclo, ao início da tarde desta segunda-feira provocou a morte ao condutor do motociclo, em Vouzela, …