Alexandrino apela à União Europeia a criação de um Programa Operacional para os Territórios de Baixa Densidade
11 Dezembro, 2019 509 visualizações

Alexandrino apela à União Europeia a criação de um Programa Operacional para os Territórios de Baixa Densidade

image_pdfimage_print

O presidente da Comunidade Intermunicipal  (CIM) da Região de Coimbra e autarca de Oliveira do Hospital defendeu na Assembleia da República…

… e junto das comissões de trabalho responsáveis pelas negociações em Bruxelas, para que o próximo Quadro Financeiro contemple um “Programa Operacional Específico para os Territórios de Baixa Densidade”.

Esta manhã, à margem do debate  “O quadro financeiro da UE” promovido pelo Centro de Informação Europe Direct da Região de Coimbra (CIED RC), realizado no Salão Nobre do Município Oliveirense, José Carlos Alexandrino considerou que o programa que defende em nome dos 19 concelhos que constituem a CIM da Região de Coimbra, “é fundamental” para concelhos como por exemplo, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Góis, entres outros. “Se conseguirmos este programa operacional com verbas para os territórios de baixa densidade para a fixação de pessoas será (uma mais valia ) enorme e começará a reverter-se a demografaria. Se não for ficarei pessimista”, afirmou.

O debate desta manhã, contou com a participação de João Faria, chefe do sector Político da Representação da Comissão Europeia em Portugal e de Alfredo Dias, vice-reitor da Universidade de Coimbra e com a participação, via vídeo, dos eurodeputados José Manuel Fernandes (Membro da Comissão de Orçamentos ) e  Margarida Marques (Vice-Presidente da Comissão de Orçamentos”. José Carlos Alexandrino referiu que o objetivo foi “consciencializar os jovens presentes do que é a União Europeia, os desafios que ela tem, as negociações do quadro e programas para estudos”. O Presidente da CIM e autarca oliveirense acredita que o próximo quadro de apoio traga “boas oportunidades”, porém verifica  que será de “difícil negociação”, sabendo-se já de “uma diferença do Orçamento para Portugal de menos 7 por cento em relação ao último quadro”, dada a “incapacidade” demonstrada pelo Estado em gastar o dinheiro em quadros anteriores. “Cabe agora ao governo negociar”, frisou.

Ainda no que respeita ao atual quadro e à aplicação das verbas, José Carlos Alexandrino partilhou a sua preocupação com a dificuldade na adjudicação das obras previstas no concelho oliveirense. Depois de o primeiro concurso para a construção de Campus Educativo ter ficado deserto, agora também o concurso para a requalificação do Parque dos Marmelos ficou vazio. “Nenhuma empresa concorreu”. “As empresas têm muitos trabalhos”, frisou José Carlos Alexandrino, notando ainda que as empresas estão habituadas a adjudicar por valores mais elevados, situação que já obrigou o município a elevar o valor do Campus Educativo em mais 1,5 milhões de Euros.

A esta altura, José Carlos Alexandrino está preocupado com a reprogramação do quadro, porque “quem não gasta o dinheiro, vai ficar sem ele”. “O dinheiro pode ser gasto até 2023. Mas o importante é o estado de maturidade do projeto”, explicou.

No conjunto, o Município de Oliveira do Hospital tem previstas obras num valor total estimado em 10 milhões de Euros.

Anterior Cooperativa Beira Central comemora 55º aniversário e continua com “política de preços muito própria”
Seguinte Região: Despiste causou seis feridos, um em estado grave

Notícias Relacionadas

Educação

Oliveira do Hospital acolhe Receção ao Caloiro até 1 de dezembro

Oliveira do Hospital acolhe mais uma Receção ao Caloiro, protagonizada pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH), que terá início já esta quinta-feira, 29 de

Informação

Hóquei Patins: Diogo Brantuas mantém-se no comando do FCOH e antevê dificuldades com a nova distribuição de zonas

Diogo Brantuas vai continuar no comando da equipa sénior da secção de hóquei patins do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) e, com a nova distribuição de zonas no

Destaque

Filme “Wildlings” conquistou prémio no festival Art & Tur

O filme “Wildlings” conquistou  prémio Best Webdoc  International, no Art & Tur  – International Turism Film Festival.

Informação

ADI entregou prémios de campanha de natal em Oliveira do Hospital

Terminada mais uma campanha natalícia proporcionada pela Agência de Desenvolvimento Integrado (ADI), que pretende valorizar o comércio local de Tábua e Oliveira do Hospital,…

Informação

ESTGOH colocou 49 alunos na 2ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital conseguiu a colocação de 49 novos alunos, mais nove do que no ano passado. Contabilidade e Administração foi o

Sociedade

AMMA fechou e atirou 200 trabalhadores para o desemprego em Arganil

A empresa de confeções AMMA, especializada em fatos para homem e que trabalhou com diversas marcas internacionais e teve a marca própria “Carlo Viscontti”,…

Nacional

Um avião anfíbio médio de combate a incêndios Fire Boss, sofre acidente na barragem de Castelo do Bode.

Um avião anfíbio médio FireBoss, de indicativo operacional Alfa 8, do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, sofreu esta tarde um acidente quando efetuava uma manobra de scooping na barragem de

Informação

FCOH ganha frente ao Condeixa. Lagares e ADN acabam em empate.

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) trouxe, este domingo, para casa uma vitória por uma bola frente ao Condeixa Futebol Clube.

Região

ASAE apreende 350 quilos de mel na região Centro

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 350 quilos de mel na zona centro do país, num valor aproximado de 1.650 euros.

Última Hora

Região: PJ deteve suspeitos da prática de crimes de rapto, casamento forçado e violação

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Norte, procedeu à realização de uma operação policial, tendo identificado e detido seis pessoas, no âmbito de inquérito que tem como objeto

Última Hora

Serra da Estrela é candidata a Património Agrícola Mundial

A Organização das Nações Unidas Para a Alimentação e Agricultura (FAO) considera a Serra da Estrela como “um ponto onde Portugal se encontra” e, por isso, é candidata ao programa

Informação

EXPOH aposta em bilhete geral para atrair mais visitantes

Já é conhecido o cartaz da EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital que vai decorrer entre 30 julho e 7 de agosto. Este ano, a Câmara Municipal…