7 Maravilhas: “Verbos dos Arguinas” ficaram em 3º lugar. Município garante que “não vai deixar morrer” o dialeto (com áudio)
23 Julho, 2020 825 visualizações

7 Maravilhas: “Verbos dos Arguinas” ficaram em 3º lugar. Município garante que “não vai deixar morrer” o dialeto (com áudio)

image_pdfimage_print

A candidatura dos “Verbos dos Arguinas” ao concurso das 7 Maravilhas da Cultura Popular ficou em terceiro lugar na fase regional, …

… no âmbito de uma votação que decorreu até ao final da tarde de ontem. No 3º lugar, fica afastada a possibilidade de os “Verbos dos Arguinas” serem “repescados” no concurso, mas a vereadora da Cultura, Graça Silva, garante que o Município oliveirense vai continuar a promover o dialeto, sobretudo junto dos jovens para que venham a “farfalhar” os verbos.

Os “Verbos dos Arguinas” foram ultrapassados pelo Fado de Coimbra ( 1º Lugar) e pela Procissão da Rainha Santa(2º lugar) na fase regional do Concurso das 7 Maravilhas da Cultura Popular, terminando por aqui a sua participação na iniciativa.

Em declarações à Rádio Boa Nova, ao final da manhã de hoje, quando foi divulgado o resultado das votações das restantes candidaturas (ontem só foi divulgada a candidatura que ficou em primeiro lugar), a vereadora da Cultura do Município de Oliveira do Hospital agradeceu o envolvimento de todos na divulgação da candidatura e que votaram.

“Muito obrigada àqueles que, junto da comunidade, apoiaram os Verbos do Arguinas. Sentimos uma grande energia desde a primeira hora, com todas as pessoas a colaborar, a votar e acompanhar o périplo que fizemos pelas várias localidades. Fomos sempre muito bem acolhidos e acho que, mais do que nunca, no concelho foi promovido o Verbo dos Arguinas”, referiu Graça Silva.

Na fase regional, a candidatura promovida pelo Município oliveirense ganhou o 3º lugar, mas Graça Silva partilhou com a Rádio Boa Nova que a “expectativa  era de manter o segundo lugar” que foi sendo anunciado.

“Coimbra ficou com os dois primeiros lugares. Não deixo de ficar contente, feliz até, por primeiramente termos conseguido um lugar a nível regional, acho que foi um selo importantíssimo para alavancar o Verbo dos Arguinas”, referiu a responsável.

Da participação no concurso, resulta porém um maior conhecimento do dialeto. “Penso que agora, maioritariamente, as pessoas conhecem o Verbo dos Arguinas, sabem que existe um dialeto que é nosso, é único e deve continuar a ser promovido. Obviamente que é esse o ensejo da Câmara Municipal, do executivo e do pelouro da Cultura para continuar a homenagear todos aqueles que estão associados ao “Verbo dos Arguinas”, dar voz ao dialeto”. No percurso que foi percorrido no âmbito da candidatura, Graça Silva agradece ao “Sr. Padre Borges, ao Dr. Francisco Correia das Neves, em nome da família, ao Dr. Jorge Mendes, autor do livro sobre a história dos pedreiros, às Juntas de Freguesia e todas as pessoas que nos apoiaram, e manifestações e divulgações no facebook”. “Foram muitas as partilhas, houve pessoas extraordinárias, a professora Lucinda Maria foi uma delas. Alavancámos pela região o nosso dialeto”, disse ainda Graça Silva.

No terceiro lugar, a candidatura dos “Verbos dos Arguinas”, deixou de ter a possibilidade de voltar a ser chamado ao concurso, conforme regulamento que possibilita que tal aconteça às candidaturas que na fase regional  tenham ficado em segundo lugar. “O lugar não é o mais importante, mas antes o caminho que percorremos. Estou muito feliz por termos percorrido este caminho que há-de continuar com outras iniciativas. Já temos ideias e acho que não vamos deixar morrer os “ Verbos dos Arguinas”. “Temos que conseguir captar a atenção dos nossos jovens para que venham a farfalhar o Verbo dos Arguinas”.

À Rádio Boa Nova, Graça Silva, confessou ter ficado “com muita pena” de “os Verbos dos Arguinas não terem ficado em segundo lugar. “Nos últimos três minutos ainda tínhamos essa esperança. O programa fechou sem anunciarem a posição em que ficámos. Estávamos em terceiro lugar, mas como naqueles três minutos há sempre a esperança de votar, votar votar…nós fizemos isso também, mas claro que todas as outras candidaturas fizeram o mesmo”.

“Quero parabenizar Coimbra pelo Fado e a Canção de Coimbra e a Procissão da Rainha Santa. De facto são duas candidaturas de peso e de grande referência para a região e para o país”, referiu a vereadora da Cultura, notando porém que seria “justo” que os “Verbos dos Arguinas” ficassem em segundo lugar. “ O nosso dialeto tem muito a ver com o que é genuíno e com a tradição de um povo e merecia ser posicionado no segundo lugar”, concluiu.

Anterior Proteção Civil alerta para perigo de incêndio e apela a medidas preventivas
Seguinte Município de Oliveira do Hospital vai dotar estádio municipal com novos balneários

Notícias Relacionadas

Informação

Agrupamento de Escolas ajuda alunos a fazer “escolhas conscientes”

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH) recebeu, esta manhã, a Feira das Universidades e do Ensino Secundário, iniciativa que conta com palestras, workshops,…

Região

Parlamento condena museu Salazar com abstenção do PSD e CDS

O parlamento condenou, ontem,  a criação de um museu dedicado a Salazar em Santa Comba Dão, terra natal do ditador, aprovando…

Informação

Município de Oliveira do Hospital pede “desculpa” pelo estado “lastimável” da EN17

O vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo considerou ontem que “é penoso” para quem passa na EN 17 e “vergonhoso” para quem é responsável pela

Região

Chuva está de volta, com granizo e trovoadas. Oito distritos sob aviso

Oito distritos de Portugal continental estão hoje, sob aviso amarelo, devido à previsão de aguaceiros, que podem ser fortes, acompanhados por granizo e trovoadas, segundo o Instituto Português do Mar

Informação

Município reabilita ruas do Bairro do Abrunhós em Arganil

Arrancaram no passado dia 16 de março as obras de reabilitação das vias no Bairro do Abrunhós, em Arganil, dando início à empreitada que totaliza um investimento camarário superior a

Informação

Operários de fábrica têxtil sofrem intoxicação por inalação de lixívia

Dez trabalhadores de uma fábrica têxtil do concelho de Mangualde sofreram hoje uma intoxicação por inalação de lixívia.

Informação

Exposição de tesouros nacionais marca segundo domingo jubilar

No próximo domingo 2 de fevereiro, o Mosteiro de Santa Cruz acolhe um vibrante programa integrado no Jubileu…

Educação

Município de Tábua entrega flautas aos alunos do 1º Ano

No âmbito das Atividades de Enriquecimento Curricular, Ensino da Música, o Município de Tábua procedeu à entrega simbólica das flautas de bisel aos alunos do 1º ano de escolaridade.

Destaque

Cooperativa completa 52 anos e perspetiva “longos anos de vida”

A Cooperativa da Beira Central assinalou ontem, dia 11 de dezembro, 52 anos de atividade. Com um supermercado renovado, a Cooperativa espera seguir na senda da evolução, perspetivando “longos anos

Sociedade

Educação Ambiental: Quer arborizar? Evite o eucalipto e faça comunicação ao ICNF para evitar coimas…

As ações de arborização e rearborização estão sujeitas a uma comunicação e pedido de autorização ao Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, …

Informação

BLC3: Criação de mais de 45 postos de trabalho com Laboratório Colaborativo para a Economia Circular

A BLC3- Campus de Tecnologia e inovação, no âmbito da criação dos laboratórios colaborativos (COLAB), iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, vai contar com um Laboratório Colaborativo

Região

70 acidentes e 759 infrações na última semana no distrito de Coimbra

Na semana de 12 a 18 de fevereiro, o Comando Territorial de Coimbra da GNR registou a ocorrência de 70 acidentes nas estradas do distrito, dos quais resultaram dois mortos,