52 Casas reconstruídas. “Não há casas a serem investigadas pelo Ministério Público porque houve um grande rigor” (com vídeo)
15 Outubro, 2018 2994 visualizações

52 Casas reconstruídas. “Não há casas a serem investigadas pelo Ministério Público porque houve um grande rigor” (com vídeo)

image_pdfimage_print

Cinquenta e duas casas reconstruídas em Oliveira do Hospital é o balanço que faz José Carlos Alexandrino, presidente do Município, um ano após a tragédia que assolou o concelho.

Os dados foram divulgados hoje, após a visita do executivo camarário a uma das casas prontas a habitar depois de ter sido destruída pelo grande incêndio.

Trata-se da casa de Maria Conceição, no Seixo da Beira, que é uma das cinco reconstruídas através do consórcio. Segundo o autarca, as restantes tratam-se de casas com apoio até aos 25 mil euros, cujos proprietários são os donos da obra. A lesada sente-se, agora, “satisfeita” e “contente” por ter de volta a casa que era dos seus pais. Quanto à demora, Maria Conceição afirma que “não demorou muito”.

“Hoje sentimo-nos mais felizes do que ontem”, afirmou José Carlos Alexandrino, mostrando-se satisfeito apesar dos atrasos nas reconstruções. “Ninguém faz uma casa nova de repente”, disse, lembrando os problemas burocráticos que todo o processo implica.

Para José Carlos Alexandrino, o atraso deve-se ao rigor com que a sua equipa trabalha no que respeita à legalidade das situações. “Em Oliveira do Hospital não há casas a serem investigadas pelo Ministério Público porque houve um grande rigor. Temos a certeza que as casas que estão a ser reconstruídas eram de primeira habitação”, garantiu.

“Estou feliz mas amanhã estarei mais. E serei completamente feliz quando todas as pessoas terem o brilho dos olhos como esta senhora”, confessou o autarca.

Face a estes números, José Carlos Alexandrino garante que foi graças a um “esforço coletivo”, desde a sua equipa, aos presidentes de junta de freguesia e equipa da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional. “Ninguém constrói ou reconstrói um concelho sozinho”, reforçou.

Na ocasião, Pedro Almeida, administrador da Manteivias, empresa responsável por grande parte das reconstruções no concelho, adiantou que se trata de um “processo delicado” e, por isso, o atraso na conclusão das obras. Contudo, o responsável garantiu que têm “estado no terreno” para “cumprir a missão” de “devolver sorrisos”.

Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Anterior José Carlos Alexandrino: “O concelho deve muito a estes empresários pela sua resiliência” (com vídeo)
Seguinte Incêndios: Marcelo Rebelo de Sousa diz que o país tudo fará para vencer as "forças da natureza"

Notícias Relacionadas

Informação

Regiões Centro e Norte merecem mais atenção na prevenção aos incêndios

O presidente da Agência de Gestão Integrada dos Fogos Rurais (AGIF) disse ontem, em Coimbra, que as regiões Centro e Norte merecem mais atenção nas questões dos incêndios devido ao

Informação

Região: Colisão ente carro e comboio leva a corte da linha do Vouga

Um comboio que fazia a ligação entre Espinho e Aveiro abalroou um ligeiro de passageiros, na localidade de Granja, freguesia de São João de Ver, em Aveiro. 

Cultura

Oliveira do Hospital acolhe sessão de esclarecimento sobre Programa de Apoio à Ação Cultural

O Município de Oliveira do Hospital acolhe, amanhã, dia 22 de fevereiro, uma sessão informativa do Programa de Apoio à Ação Cultural da Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC).

Última Hora

Bombeiros promovem prova de perícia para aquisição de Compressor Cardiotorácico

Os Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital realizam, no próximo dia 22 de setembro , uma prova de perícia automóvel em alcatrão.

Informação

Município de Penacova comemorou Dia da Floresta Autóctone

Num dia que tem como objetivo apelar à preservação das espécies autóctones presentes no nosso território, o Gabinete Técnico Florestal e a Equipa de Sapadores Florestais do Município de Penacova,…

Informação

LPCC implementa projeto piloto “Os Super Saudáveis” no Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (NRC-LPCC) apresentou, ontem, o projeto pioneiro de “intervenção primária”…

Região

Queda de neve obrigou ao corte de duas estradas no distrito de Viseu

A queda de neve no norte do distrito de Viseu obrigou hoje ao corte de duas estradas e ao transporte de crianças de aldeias de Castro Daire…

Região

Município de Nelas e CCDRC assinaram protocolo para reconstrução de casas ardidas

O Município de Nelas e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR-Centro) assinaram, ontem, um protocolo tendo em vista a atribuição…

Última Hora

Atualização: Saúde e IC6 marcaram comemorações do Dia do Município em Oliveira do Hospital (vídeo)

Oliveira do Hospital contou com a presença da ministra da Saúde, Marta Temido, na cerimónia comemorativa do Dia do Município. Sem deixar de receber “bem”…

Última Hora

Nogueirense defronta o  Sourense. FCOH  e Lagares da Beira jogam contra Condeixa e Ançã

  A Associação Desportiva Nogueirense (ADN) vai  defrontar o GD Sourense este domingo, dia 5 de novembro, pelas 15 horas.

Informação

DESPORTO – Resultadodos de fim de semana

Nesta jornada 5 do Campeonato de Portugal Prio, o FCOH deslocou-se aos Açores para defrontar o Sp. Ideal e foi goleado por 4-0. Já o Nogueirense em casa bateu a

Informação

Viseu: Pai e filho detidos por burla

A PSP de Viseu deteve, na passada sexta-feira, dois homens, pai e filho, de 54 e 32 anos, suspeitos de burlar um casal de idosos nas imediações de uma grande