2º Encontro Mundial de Festivais de Cinema de Ambiente regressa a Seia
10 Outubro, 2019 682 visualizações

2º Encontro Mundial de Festivais de Cinema de Ambiente regressa a Seia

image_pdfimage_print

A mesma cidade que há 25 anos acolhe o único Festival de Cinema Ambiental existente em Portugal organiza, este ano, o II Fórum Internacional de Festivais de Cinema de Ambiente (FIFCA).

A conferência acontece dia 12 de outubro, sábado, às 09h30, no mesmo dia em que também arranca oficialmente a grande festa do Cinema Ambiental, o CineEco, na Casa da Cultura de Seia às 21h30.

Todas as atenções centram-se ao longo do dia 12 (sábado), neste que é um dos grandes eventos paralelos do CineEco. O Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE) será o centro do debate internacional sobre a educação territorial e ambiental através do cinema, a emergência climática e sobre o papel das novas gerações nas alterações do clima. A cerimónia de abertura acontece às 09h30 com a presença dos representantes das entidades oficiais. Pelo CISE vão assegurar presença vários cineastas, documentaristas, diretores de Festivais de Cinema Ambiental, jornalistas, ativistas, profissionais de várias áreas da cultura à educação, estudantes e população em geral interessada.

Depois do sucesso do ano passado, “o Fórum consolida Seia como a cidade que chama até si a centralidade do debate internacional, além de acentuar a importância dos festivais de cinema ambiental na consciencialização e na educação das populações”, sublinha o diretor do CineEco, Mário Branquinho.

De destacar a presença do fotógrafo e ativista norte-americano, Timothy Bouldry. Viaja pelo mundo a fotografar as lixeiras e a ‘colecionar’ histórias verdadeiramente marcantes sobre os recolectores de lixo e de ‘tesouros’ que outros escolhem deitar fora. Através do Right Path Project 501c3, Bouldry tem vindo a encontrar soluções para a mudança de vida de algumas das pessoas que fotografa e se cruza nas lixeiras, quer seja na “La Chureca”, Nicarágua, ou no bairro de Escuintla na Guatemala, no Uganda, na Índia, Honduras ou em campos de refugiados sírios. De relevar ainda o regresso a Portugal da documentarista e jornalista Bárbara Veiga. A autora do livro “7 anos, em 7 mares” já cruzou oceanos, atuou em causas socio-ambientais em mais de 80 países e visitou as mais inóspitas paragens em todo o mundo. Veiga dedica a sua vida a trabalhar em causas ambientais para Greenpeace, Sea Shepherd e Avaaz.

Na conferência do dia 12 assegura igualmente presença de Kalyanee Mam, realizadora da curta-metragem vencedora da 6ª edição do GFN Award, “Mundo Perdido” (“Lost World”), anunciado em setembro na apresentação oficial do CineEco.

O Fórum conta com dois painéis de debate: o painel da manhã será moderado por Francisco Teixeira da Agência Portuguesa do Ambiente e o da tarde por Helena Freitas, do Centro de Ecologia Funcional, cátedra UNESCO em Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável. Estão ainda confirmadas as intervenções de Eleonora Izunsa, membro da direção da GFN e co-diretora do Festival de Cinema Ambiental- Cinema Planeta do México; Bruno Manique do Centro Portugal Film Comission; Norberto Santos, coordenador do Grupo de Turismo, Património e Território – CEGOT da Universidade de Coimbra; Paula Sobral, presidente da Associação Portuguesa de Lixo Marinho; Francisco Ferreira, presidente da Associação ZERO e da FCT-NOVA.

A participação no Fórum é gratuita. Qualquer interessado deverá apenas efetuar a pré-inscrição no site oficial do CineEco. Os dias 13 e 14 de outubro serão respetivamente dedicados, em exclusivo, a um passeio turístico para convidados do CineEco e membros da rede de Festivais de Cinema Ambiente e à Assembleia Geral da GFN.

Refira-se que, a II edição do Fórum Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela conta com o apoio à organização da ZERO Associação Sistema Terrestre Sustentável e do Centro de Ecologia Funcional (CEF).

O Festival CineEco inclui nesta sua edição comemorativa dos 25 anos uma Seleção Oficial de 80 filmes, de 20 países, que abordam questões inerentes ao Ambiente e à Emergência Climática, uma reflexão geral sobre o impacto da ação do Homem na Terra. O CineEco acontece entre os dias 12 e 19 de outubro e continua a ser um evento gratuito e, este ano, volta a contar com uma vasta programação paralela a reter.

A organização do Festival deu ênfase ao elevado potencial de networking que existe durante toda a semana. Desta feita, além de exposições, instalações artísticas indoor e outdoor, um cine-concerto, workshops e oficinas de educação ambiental, Residências artísticas, provas de vinho e de gastronomia local, estão asseguradas as Eco-talks, pontos de encontro e discussão para troca de experiências, oportunidades e contactos entre profissionais especializados nas áreas do “Ambiente” e do “Audiovisual”, realizadores, diretores de cinema e participantes em geral. Também a iniciativa Escolas no CineEco regressa este ano. Crianças e jovens, desde o pré-escolar até ao ensino secundário e profissional, terão a oportunidade de visualizar filmes e conversar com alguns dos mais de 30 realizadores e diretores presentes nesta 25ª edição do Festival.

Anterior Portugal não arrecadou prémios na edição 2019 do RegioStars em Bruxelas
Seguinte AEOH distinguido com “Selo Escola Saudável”

Notícias Relacionadas

Informação

Covid-19 causou 1ª vítima mortal em Portugal

Um homem com 80 anos, infetado com Covid-19, morreu, esta segunda-feira, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa. O anúncio da primeira vítima mortal em território nacional…

Última Hora

Projeto da Eptoliva distinguido com menção honrosa em Espanha

O projeto “Requalificação dos Resíduos do Setor Oleico na Produção de Biocombustíveis e Bioadsorventes para Remoção de Metais Pesados de Águas Contaminadas”…

Região

Homem foi detido em Mangualde  por posse ilegal de arma depois de fazer ameaças com arma de fogo

A Guarda Nacional Republicana deteve, na segunda-feira, um homem de 48 anos por posse ilegal de arma no concelho de Mangualde.

Informação

Sinistralidade: nove detenções, 532 infrações e 90 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 27 de novembro a 3 de dezembro, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta

Informação

Câmara de Oliveira do Hospital aprova voto de pesar pelo falecimento de Belmiro de Azevedo

O executivo municipal de Oliveira do Hospital aprovou hoje, por maioria, um voto de pesar pelo falecimento do “prestigiado empresário de renome internacional que sempre nos impressionou pela sua capacidade

Última Hora

CISE promove percurso pedestre na “Aldeia Natal”

O CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela associa-se uma vez mais ao evento “Cabeça, Aldeia Natal” promovendo, no dia 27 de dezembro, um percurso interpretativo pela Rota

Região

Cabeça vive a Aldeia Natal até à Passagem do Ano

Até 1 de Janeiro, Cabeça, no concelho de Seia,  continua a ser uma das Aldeias Natal mais visitadas do país. E se o Natal é autêntico e genuíno, a passagem

Desporto

Direção do FCOH rejeita “viciação” de resultado e pergunta: “quem foi prejudicado e beneficiado”

O presidente da direção do FCOH, Paulo Figueira, rejeitou há instantes em declaração à Rádio Boa Nova as suspeitas de “viciação” que a ADN faz recair sobre o clube….

Última Hora

Maratona Clube Vila Chã participou na EDP Maratona de Lisboa

No passado dia 20 de outubro, o Maratona Clube Vila Chã foi representado pelo atleta Jacinto Correia na EDP Maratona de Lisboa.

Informação

COVID-19: Doentes recuperados quase duplicaram em Portugal. São agora 140

O número de doentes recuperados da covid-19 quase duplicou, passando para 140, o que representa um aumento de 86,7% relativamente aos números divulgados no domingo pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Região

Mulher encontrada morta numa charca de água em Nelas

Uma mulher de 82 anos foi, esta quarta-feira, retirada sem vida de “uma charca de água”, em Carvalhal Redondo, no concelho de Nelas.

Região

Pombal: Atropelamento provoca uma vítima mortal

Um atropelamento em Anços, no concelho de Pombal, provocou uma vítima mortal no domingo à noite. De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria, o