Futsal da Inatel vai contar com a participação de mais duas equipas

Decorreu na passada terça-feira o sorteio das equipas de futsal da Liga INATEL 2019/2020, que contará esta época com nove clubes a disputar,…

… a duas voltas, o título de Campeão Distrital, mais duas que na época anterior.

“À semelhança do Campeonato de Futebol, a INATEL tem vindo a crescer na modalidade de Futsal e começa a ser uma opção cada vez mais procurada em relação ao campeonato federado”, refere em comunicado o diretor distrital de Coimbra da Fundação Inatel, Bruno Paixão.

Neste grupo de nove estão incluídas “algumas das históricas equipas das lides distritais, como o Vilaverdense ou o Serpinense”. O campeonato INATEL conta assim com a presença de equipas de oito concelhos do distrito;  Coimbra, Condeixa, Figueira da Foz, Lousã, Mira, Oliveira do Hospital, Penacova e Soure.

O Campeão de Coimbra irá representar o distrito na disputa do título nacional, que se joga a partir de maio, num playoff juntamente com outras três equipas de outras regiões do País.

A primeira jornada desta liga tem já início no próximo dia 23 de novembro.

As nove equipas que vão disputar o título são:

ACRD Matos

Casa do Povo de Alqueidão

ACRD Condeixa-a-Velha

GD Ribeira da Mata

SDJ-AP Sto. António do Alva

AD Serpins

ADC Vila Verde

US Lorvanense

ACR Desportiva Os Unidos




“Histórias que DÃO para Ver” chega ao Município de Nelas

A Câmara Municipal de Nelas recebe, em casa, a peça de Teatro “Histórias que DÃO par ver”, no Palco do Mercado Municipal, já no próximo dia 9 de novembro, a partir das 21h00.

“Histórias que DÃO para ver” é um projeto do Teatro de Montemuro, promovido pela Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões e pretende promover a região, as suas companhias, os municípios que acolhem os espetáculos e as pessoas.

Um espetáculo que procura explorar a dimensão ideológica e social do Vinho, com características próprias e com um forte envolvimento da comunidade.

Esta é uma peça que se destina a maiores de 12 anos e tem entrada gratuita, no entanto obrigava à reserva do bilhete, através do link disponível do site do Município de Nelas, tendo já atingido a lotação máxima dos 60 lugares.

O texto é de João Luís Oliva, com encenação de Paulo Duarte, espaço cénico de Ana Brum, direção musical de Rui Sousa, produção do Teatro do Montemuro e conta com a participação da Rede Cultural Viseu Dão Lafões – ACERT, Binaural/Nodar, Cine Clube de Viseu, Teatro Viriato/Companhia Paulo Ribeiro.




Turismo Centro de Portugal congratula-se com escolha de Caldas da Rainha e Leiria como Cidades Criativas da UNESCO

O Turismo Centro de Portugal recebeu com grande satisfação o anúncio de que a UNESCO distinguiu Caldas da Rainha e Leiria como integrantes da rede mundial de Cidades Criativas.

Estas duas cidades do Centro de Portugal juntam-se assim a outras localidades da região que já integram a restrita lista de Cidades Criativas da UNESCO, nomeadamente Idanha-a-Nova, Cidade Criativa da Música desde 2015, e Óbidos, Cidade Criativa da Literatura também desde há quatro anos.

“Quatro das sete Cidades Criativas que a UNESCO reconhece no nosso país estão no território do Centro de Portugal, o que diz muito sobre a dinâmica vibrante que se vive nesta região. A música, a literatura, o artesanato e as artes populares são partes integrantes das tradições do Centro de Portugal e da essência de quem por aqui vive. Felicito as Caldas da Rainha e Leiria, como já há quatro anos felicitei Idanha-a-Nova e Óbidos, por mais esta extraordinária e justa distinção”, sublinha Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

A rede de Cidades Criativas conta agora com 246 cidades em todo o Mundo e com um total de sete cidades em Portugal. Às quatro do Centro de Portugal, juntam-se Braga, Amarante e Barcelos.

O Centro de Portugal orgulha-se de incluir igualmente no seu território locais e cidades inseridos em outras redes com que a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) distingue sítios de exceção a nível internacional.

São os casos da rede Património Mundial, com os Mosteiros de Alcobaça e Batalha, a Universidade de Coimbra, Alta e Sofia, o Convento de Cristo em Tomar e parte dos Sítios de Arte Rupestre do Vale do Côa; da rede de Geoparques Mundiais, com o Geoparque Naturtejo, e em breve, do Geoparque Estrela; e da Rede Mundial de Reservas da Biosfera, com as Berlengas, parte do Tejo Internacional e parte do Paul do Boquilobo.

“O Centro de Portugal destaca-se na cultura e tradições, como se destaca no património e na natureza. O facto de reunir todas estas características num mesmo território é o que torna esta região tão diferenciadora e que atrai cada vez mais visitantes, ano após ano”, acrescenta Pedro Machado.




Município de Oliveira do Hospital promove concurso “Postal de Natal Digital”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital desafia, uma vez mais, à apresentação de propostas criativas para elaboração do “Postal de Natal Digital”, …

… sendo que a proposta vencedora será utilizada pela autarquia na próxima quadra natalícia.

O concurso pretende promover a criatividade na conceção de trabalhos artísticos, a partir da utilização das Tecnologias Informáticas; promover as tecnologias como meio útil para a realização de trabalhos criativos e estimular o espírito natalício nos participantes.

Podem participar no concurso “Postal de Natal Digital” os alunos dos níveis de ensino do 3.º ciclo, do ensino secundário, profissional e comunidade em geral residente no concelho. As propostas devem ser enviadas entre 4 de novembro e 7 de dezembro através do email do Gabinete de Apoio à Vereação – gav@cm-oliveiradohospital.pt – devendo constar os seguintes elementos identificativos: nome, idade, escola, ano de escolaridade, turma, número e contacto telefónico.

Os trabalhos serão avaliados por um júri que terá em consideração critérios como a qualidade técnica e artística do trabalho, a originalidade, o espírito criativo demonstrado e a mensagem natalícia.

Os trabalhos integrarão uma exposição e serão atribuídos prémios aos cinco primeiros classificados no valor de 70 euros, 60 euros, 50 euros, 40 euros e 30 euros, em voucher a consumir no comércio local do concelho. Mais informações e regulamento estão disponíveis no site do Município de Oliveira do Hospital.




GNR apreendeu uma caçadeira e 56 cartuchos em investigação por violência doméstica

O Comando Territorial de Coimbra da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) apreendeu, ontem,…

… uma caçadeira e 56 cartuchos num processo de violência doméstica, no concelho de Coimbra.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR explica que “na sequência de uma investigação pelo crime de violência doméstica, os militares apuraram que a vítima, uma mulher de 41 anos, foi agredida e ameaçada pelo companheiro, um homem de 47 anos, existindo a suspeita que o mesmo tinha na sua posse armas de fogo”.

“Assim, e na sequência das diligências de investigação, foi dado cumprimento a dois mandados de busca domiciliária e um mandado de busca ao seu veículo automóvel, que culminou na apreensão de uma caçadeira e 56 cartuchos”, referem as autoridades.




Presidente da República  tem alta prevista para as 12h00 desta quinta-feira

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que ontem foi submetido a um cateterismo, deve ter alta hospitalar às 12h00 desta quinta-feira, avança a TSF.

Ontem, o chefe de Estado tinha dado entrada no Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, Oeiras, para fazer um cateterismo. O ato médico detetou “obstruções coronárias importantes que foram tratadas no mesmo procedimento, com sucesso e sem complicações”.

Uma nota da Presidência emitida ontem, que citava um comunicado do Hospital de Santa Cruz, explicava está prevista “uma recuperação total em prazo muito curto, com retoma da atividade normal no próximo fim de semana”.




Voluntários iniciam peditório nacional da Liga Contra o Cancro (com vídeo)

Milhares de voluntários iniciam hoje o peditório nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), a “mais importante” fonte de financiamento da instituição…

para dar resposta aos cada vez mais frequentes pedidos de apoio.

Os voluntários, que estão identificados com o colete da instituição e com os cofres lacrados com o logotipo da LPCC, vão estar em locais distintos de todo o país como superfícies comerciais, igrejas, cemitérios, alguns estádios de futebol e principais ruas de diferentes cidades, sob a orientação dos Núcleos Regionais do Norte, Centro, Sul, Açores e Madeira da LPCC.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da LPCC, Vítor Rodrigues, adiantou que o peditório visa recolher fundos para prosseguir a sua missão, que é a prevenção primária (educação para a saúde e literacia em saúde), e a prevenção secundária (rastreios do cancro da mama).

Destinam-se ainda a ajudar o doente oncológico e a família a apoiar a investigação e formação dos profissionais de saúde, “uma atividade que é essencial”, adiantou.

“O peditório vai no fundo servir muito para que possamos ter dinheiro e orçamento para devolver a quem, a cada momento, necessita mais e eu penso que isso faz parte da solidariedade que estamos habituados no mundo ocidental”, sublinhou.

No dia em que se inicia o peditório, Vítor Rodrigues apelou aos portugueses para darem o que puderem. “Podem dar 10 cêntimos, 50 cêntimos, um euro, dois euros, pode parecer pouco, mas não é”.

“Cada um dá aquilo que pode e da junção dessas pequeníssimas contribuições, que às vezes são difíceis de dar, nós conseguimos colocá-las num bolo e devolver à sociedade de uma forma estruturada, de uma forma que pensamos mais eficaz porque temos capacidade de chegar a muita gente que isoladamente não o conseguiríamos fazer”, adiantou o presidente da LPCC.

Cristiano Ronaldo é, pelo terceiro ano consecutivo, o embaixador da campanha para o peditório nacional da instituição. “Ser o melhor do mundo é dizer sim a esta causa” é o lema da iniciativa que incentiva a população a juntar-se à luta contra o cancro.

“A persistência, a determinação e a capacidade de superação, por exemplo, são determinantes no combate da doença. Nunca desistir e lutar sempre, é essencial para que sejamos nós a vencer a doença e não a doença a vencer-nos”, afirma Cristiano Ronaldo em comunicado.

 




17ª Feira do Porco e do Enchido realiza-se no dia 10 de novembro em Meruge

No dia 10 de Novembro, a Lage Grande e o Terreiro do Santo, na localidade de Meruge, Concelho de Oliveira do Hospital, vão encher-se de gente,…

… animação, artesanato e sabores únicos da gastronomia local, para celebrar a 17ª edição da Feira do Porco e do Enchido.  Um evento com permanente e multifacetada animação de rua, onde sobressai a valorização dos produtos do Mundo Rural e a aposta na música e na cultura populares.

O certame nascido para evidenciar o papel dos “porqueiros” (negociantes de porcos) no desenvolvimento económico da Freguesia de Meruge e enaltecer a excelência dos enchidos amanhados por mãos artífices de mulheres, a Feira do Porco e do Enchido afirmou-se nestes 17 anos de sucessos, como o mais vernáculo e atrativo cartaz etno/lúdico/gastronómico da Beira-Serra.

No cenário granítico milenar da Laje Grande, os visitantes disporão de especialidades gastronómicas que dão nome à Feira: as Chouriças de Carne e de Bofes, as Morcelas e Farinheiras, os Paios e Presuntos Curados. Munidas que vão estar com primores do património gastronómico local, nas “tasquinhas” encontrará o visitante o inimitável “Arroz de Suã”, pitéu que todos os anos mobiliza um número infindável de apreciadores. Mas não se esgota naquela iguaria a “ementa”. O “Porco no Espeto com Arroz de Feijão”, os “Torresmos à Moda de Meruge”, feitos à fogueira em caçoila de barro, a “Feijoada à Moda de Nogueirinha” são outras tantas propostas colocadas à disposição do visitante no recinto da Feira pelas associações locais. Pedindo licença ao colesterol, podem os comensais fechar o inolvidável repasto com as irresistíveis guloseimas saídas do “Concurso de Doçaria Tradicional” ou deleitar-se com o Arroz Doce de Anis.

Se na deambulação pelo espaço da Lage Grande, encontrou o Forno Comunitário, detenha-se um pouco e aprenda aí a arte de “tender” ou adquira uma Bôla de Carne, de Bacalhau ou de Sardinha ou simplesmente uma Broa de Milho, a saírem quentinhas do Forno. Se prefere confecionar a sua própria refeição, compre a carne na Feira e utilize gratuitamente os condimentos, as fogueiras e as caçoilas de barro que disponibilizamos.

Dos campos em redor, agricultores vão trazer à ”Feira da Agricultura Familiar” as nozes, as avelãs, os figos e as pêras secas, as castanhas e as abóboras, mais a jeropiga, o azeite e os licores e também galos, pitas e galinhas e os respectivos ovos, mais os coelhos e os bácaros e o que demais houver.

Da região e do país chegarão largas dezenas de artesãos para expor e vender a diversidade colorida dos seus produtos.

A “Mostra do Porco Bísaro”, sempre atrativa para crianças e graúdos, exporá ninhadas de leitões provenientes de explorações ao ar livre da região.

Desde a primeira edição que o Grupo de Teatro e Animação de Rua “Vivarte”, tem a responsabilidade e o grato prazer de divertir, provocar, envolver e interagir com público, que se deleita com as suas mirabolantes performances.

O Grupo propõe como tema para as recreações da edição de 2019: “1º Centenário (1919-2019) do Regresso a Casa dos Soldados da Freguesia Feitos Prisioneiros na 1ª Grande Guerra” e “A evocação do Armistício”.

A programação musical da Feira do Porco e do Enchido é outra marca de qualidade do evento.

Durante todo o dia o espaço da Feira será animado por “arruadas” e “concertos espontâneos” a cargo do Grupo de Bombos “Os Maravilhas”, do “Grupo de Concertinas e Cantadores ao Desafio do Minho, do Grupo de Gaitas de Foles de Miranda do Douro: “Bigorna”, da “Banda às Riscas” – música, pantomima e malabarismo; do Grupo de Concertinas de Fernando Meireles.

As crianças terão mais uma vez nesta 17ª edição da Feira um programa específico recheado de surpresas. Para além dos inolvidáveis “Passeios de Burro” que se realizam durante todo o dia no recinto do certame, a novidade desta edição é a “A Aldeia do Fumeiro” – com Pinturas Faciais, Modelagem de Balões, Jogos Infantis, Atelier de simulação de Enchimento e Produção de Enchidos;

Os amantes das caminhadas podem inscrever-se no Passeio Pedestre, com percurso pelos encantadores caminhos dos campos em redor, e saída da Junta de Freguesia, pelas 8 horas da manhã de dia 10.

Sábado, dia 9 de Novembro, é que começa a Festa. Durante a tarde, pelas 15 horas, haverá lugar à abertura da Exposição “O Porco Bísaro na Economia Rural Através dos Tempos”, com a colaboração da Associação Nacional de Criadores de Suínos de Raça Bísara (ANCSUB). Quando Forem 16 horas é a vez do Colóquio: “O Regresso dos Prisioneiros da 1ª Grande Guerra e a Criação da Cruz Vermelha” nas instalações da AAMeruge.

Pelas 21horas terá lugar no Salão da Associação Amigos de Meruge – o Serão Musical, patrocinado pelo GEFAC- Grupo de Etnografia e Folclore da Academia de Coimbra, constituído por jovens estudantes da Universidade de Coimbra, que cantam e tocam músicas do cancioneiro popular, recolhidas por Lopes Graça, Giacometi, Louzã Henriques, com a mestria e a consciência de quem sabe estar a  preservar a memória e o legado da cultura popular portuguesa.

Ainda no Sábado e sob a designação: “O Sacrifício das Castanhas em Homenagem a S. Martinho e a Bênção da Jeropiga” – realizasse o Magusto Tradicional na caruma, na Lage Grande, de participação livre, prometendo castanhas de qualidade e jeropiga da boa.

A noite de Sábado encerrará pelas 23H00 com –Teatro de Fogo: “Esplendor nas Trincheiras” – pelo Grupo VIV’ARTE




Aldeias de Montanha celebram Sabores e Saberes da Castanha e reinventam magustos comunitários

O mês de novembro é festivo por excelência, não fosse a castanha um fruto nobre dos concelhos vizinhos da Serra da Estrela.

A colheita da castanha é, por esta altura, um argumento de celebração e ponto de encontro das populações locais e turistas, como atestam as diversas festas alusivas ao fruto. Os castanheiros ocupam um papel preponderante na economia local, são uma reserva natural que, nos últimos 2 mil anos, constituiu um eixo fundamental da vida serrana.

As Festas da Castanha que integram o Plano de Animação da Rede de Aldeias de Montanha são, per si, eventos que reinventam os Magustos tradicionais e proporcionam a comunhão com a economia local, a paisagem natural, o património cultural e etnográfico das gentes genuínas e sabedorias ancestrais.

A Festa da Castanha e da Jeropiga em Famalicão da Serra, no concelho da Guarda é um exemplo. Além do tradicional Magusto Comunitário com a castanha que prospera numa das mais extensas áreas protegidas da Serra da Estrela, não vai faltar a jeropiga, feita nas pequenas adegas caseiras da aldeia e que merecerá uma prova orientada por enólogos. Estão ainda garantidas as demonstrações das práticas tradicionais e artefactos, como a cestaria em madeira de castanho, tão viva nas gentes da aldeia; os concertos e atuações de grupos de cantares e concertinas; os showcookings; ou o teatro de Robertos.

As arruadas e animações de rua vão aquecer dia e noite e os espaços da aldeia de Famalicão da Serra, conhecida pela sua vocação na agricultura e no artesanato. A destacar a residência artística de Volker Schnüttgen, intitulada “Escutando a história de um castanheiro”, inspirada nas características do tronco de árvore encontrado e com o qual o artista alemão irá manter um diálogo mental e físico, face à matéria viva e natural com a qual trabalha.

Haverá ainda espaço para a Feira Gastronómica e das Artes, o Mercado da Castanha, uma tertúlia sobre “A Importância da Castanha na Economia Local”, a apresentação da Classificação da Estrela como Geopark Mundial da UNESCO e a apresentação do Projeto da Rede de Aldeias de Montanha à comunidade Local. De 8 a 10 de novembro em Famalicão da Serra.

Folgosinho, em Gouveia, de 1 a 3 de novembro a Castanha fará igualmente as honras da aldeia com o grande Magusto Comunitário, sem esquecer as iniciativas que irão aguçar os palatos mais sensíveis como são exemplo, o workshop de cogumelos selvagens, showcooking de castanha e concurso de doçaria tendo como base este fruto. No dia 3, a população e interessados vão ser convidados a plantar castanheiros, uma iniciativa com o intuito de contrariar os efeitos nocivos dos incêndios que afetaram a região em 2017.

A 3 de novembro, a aldeia da Lapa dos Dinheiros, em Seia, volta a ser a anfitriã de mais uma Festa da Castanha. Habitantes e visitantes vão ser convidados a participar no Magusto tradicional com caruma. O Mercado de Sabores dá o mote para um dia dedicado à degustação de iguarias que, em muito, estão relacionadas com a castanha, os seus saberes e sabores. Um dos pontos altos será a degustação da sopa da aldeia; a castanha com perdiz, shitakee e legumes da horta.




Fim-de-semana prolongado será cinzento mas ameno

De acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para hoje prevê-se céu muito nublado no Norte e Centro. Já no Sul, o céu vai estar “geralmente muito nublado”, com períodos de chuva, “em geral fraca, sendo por vezes moderada entre o meio da manhã e o meio da tarde, e sendo fraca e pouco frequente no Baixo Alentejo e Algarve”.

Na Grande Lisboa, o céu apresentar-se-á muito nublado com períodos de chuva em geral fraca. No Grande Porto, o cenário será semelhante, com as nuvens a marcarem fortemente a sua presença.

As temperaturas vão variar entre os 16 e os 19 graus no Porto, os 19 e os 23 em Lisboa e os 19 em 27 em Faro.

Hoje, por Oliveira do Hospital, os termómetros variam entre os 13 e os 19 graus.

Amanhã, feriado de Todos os Santos, o cenário cinzento mantém-se. O IPMA prevê “períodos de chuva ou aguaceiros, em especial nas regiões Norte e Centro”, com vento forte nas terras altas. Conte ainda com neblina ou nevoeiro matinal. No feriado, as temperaturas pelo concelho serão semelhantes às do dia de hoje.

No sábado, as regiões Norte e Centro – durante a tarde – continuam a ser as mais afetadas por períodos de chuva ou aguaceiros. O céu vai estar muito nublado.

Domingo, o IPMA diz que pode esperar a presença de céu nublado e “períodos de chuva ou aguaceiros, em especial a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela”.

No fim-de-semana, as temperaturas vão variam entre os 10 e os 16 graus em Oliveira do Hospital.




Caldas da Rainha: GNR apreende 350 quilos de pescada e doa a instituições de solidariedade

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré, apreendeu, no passado dia 28 de outubro, 350 quilos de pescada com o valor estimado de 3 500 euros, no concelho de Caldas da Rainha.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR adianta que, no âmbito de uma ação de fiscalização ao transporte de pescado, os militares detetaram um veículo que transportava a referida pescada, sendo que verificaram que os espécimes não possuíam a medida regulamentar de venda, nomeadamente 27 cm, o que resultou na sua apreensão.

Foi identificado um homem de 42 anos de idade e elaborado um auto de contraordenação, cuja a coima pode atingir um valor de 37 500 euros.

A GNR alerta que uma medida de gestão sustentável do pescado é o respeito das medidas mínimas de captura, cujo objetivo é melhorar a rentabilidade potencial do recurso.

O pescado apreendido, depois de submetido ao controlo higiossanitário, foi entregue a várias instituições de solidariedade.




Seia: Orçamento municipal com maior índice de investimento público da década

A Câmara Municipal de Seia aprovou ontem, dia 29 de outubro, por maioria, com os votos contra do movimento independente JPNT e a abstenção do PSD, o orçamento para 2020, no valor de 27,2 milhões de euros (ME), o que representa um crescimento de 9,2% relativamente ao ano em curso.

O documento define as opções de investimento público para 2020, com a execução física e financeira das obras comparticipadas pelo quadro comunitário Portugal 2020 a assumir maior expressão, seja em torno do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) como da ampliação da rede de águas e saneamento (no âmbito do POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade).

Trata-se do “maior índice de investimento público da última década”, como referiu na ocasião Filipe Camelo, Presidente da autarquia senense, frisando que tal “só é possível de implementar porque oportunamente o município se capacitou e reinventou”, rentabilizando recursos e renegociando a dívida, permitindo hoje à autarquia ter uma situação financeira estabilizada e sustentável.

É nesta linha condutora de credibilidade que o “desenho deste orçamento é feito a partir da receita e não da despesa”, sublinhou Filipe Camelo, elencando a contínua aposta do município no reforço da sua intervenção junto das famílias e do tecido económico.

De salientar a este respeito o peso efetivo destas rúbricas, representando cerca de 24% no valor global das Grandes Opções do Plano, superado pelos 26,40% do ordenamento território.

Por sua vez, a autarquia prossegue em 2020 com a redução dos impostos municipais, apresentando o valor mais baixo de sempre no Imposto Municipal sobre Imóveis (fixado em 0,40) e da derrama, ambos com minorações e isenções de descriminação positiva, compensado em termos de receita no seio do IUC e IMT.

No que ao ordenamento do território diz respeito, de realçar os projetos estruturantes como o “Porta da Estrela” que, embora se iniciem este ano, terão o grosso de execução em 2020/21. Trata-se de uma ampla operação de regeneração urbana a desenvolver no coração da sede do concelho, que tem por finalidade a dinamização das funções comerciais e turísticas, a melhoria da mobilidade e da rede de transportes, mas que também inclui a requalificação do parque municipal e a criação de um parque Inter-geracional no Largo da Feira.

A estas intervenções somam-se a requalificação dos edifícios do centro histórico: a Casa Municipal das Artes (Conservatório) e a Biblioteca Municipal, ambos em curso, ou ainda o Centro de Interpretação da República “Afonso Costa”.

Em matéria de rede viária, o documento consagra a ligação EN17 Carragosela (em curso) e o ultimo troço da EM522, entre Santa Marinha e o Eirô, numa lógica, para além da conservação necessária e a preparação dos projetos para outras estradas que carecem de uma intervenção estrutural, a executar de forma gradual, considerando a ausência de mecanismos de financiamento para investimentos rodoviários.

Num momento em que o município iniciará o processo de descentralização de competências, o edil referiu que a Câmara Municipal não deixará de olhar com especial atenção, do ponto de vista da administração e do investimento que se revela necessário fazer, para as Juntas de Freguesia, assegurando que este processo garantirá o respeito máximo pela sua autonomia, valorizando o seu papel e reforçando a cooperação, com a certeza de que não serão deixadas à sua sorte”.

Os projetos e as prioridades assumidas pela Câmara Municipal pretendem, deste modo, garantir mais e melhores serviços públicos para as empresas, procurando elevar a qualidade de vida das pessoas, sejam elas residentes ou visitantes, concluiu.




Folhadosa Fishing Team é Campeão Regional de Clubes

O Folhadosa Fishing Team, clube de pesca com sede em Folhadosa, no concelho de Seia, sagrou-se, no passado domingo, dia 27 de outubro, Campeão Regional de Clubes – Boia.

A prova de encerramento do campeonato de clubes da Associação Regional das Beiras de Pesca Desportiva realizou-se em Penacova e esta conquista permite ao clube disputar, na próxima época, o Campeonato Nacional da Segunda Divisão.

A equipa, com três anos de existência e constituída por 24 pescadores com idades entre os 24

e os 57 anos de idade, conquista este título pela primeira vez, que se junta ao já conquistado na modalidade de Feeder, em 2017.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, Fernando Coelho, vice-presidente da organização, descreve “um campeonato em crescendo”, explicando que “depois de uma primeira prova menos conseguida”, a equipa fez valer as suas mais valias e, na segunda prova, ascendeu ao primeiro lugar. “Obtivemos sete pontos, fruto de quatro primeiros lugares e um terceiro, somando 34 pontos. O segundo classificado ficou a 25 pontos e o terceiro a 29,5”, explica o responsável.

“Estamos muito felizes, pois perseguíamos este título desde a nossa fundação”, afirma o dirigente, que agradece “à Liga de Amigos da Fundação António Vieira, que permitiu iniciar o projeto, assim a todas as pessoas e empresas que acreditaram no clube, às entidades oficiais pelos incentivos, aos amigos e ao grupo fantástico de atletas e respetivas famílias”.

“As coisas boas vêm para quem acredita, coisas melhores para quem é paciente e o sucesso só aparece a quem não desiste”, conclui Fernando Coelho.




Operação de Marcelo concluída “com sucesso e sem complicações”

A Presidência da República informou, esta quarta-feira, que a operação de Marcelo Rebelo de Sousa foi concluída “com sucesso e sem complicações”, …

… prevendo uma recuperação com “prazo muito curto” e “retoma da atividade normal no próximo fim de semana”.

O comunicado do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, divulgado pela Presidência da República, na íntegra:

“Na sequência de informação previamente divulgada, o Senhor Presidente da República realizou recentemente exames diagnósticos que sugeriram a necessidade de realização de um cateterismo cardíaco, que realizou hoje na Unidade de Intervenção Cardiovascular do Hospital de Santa Cruz.

No exame confirmou-se a existência de obstruções coronárias importantes que foram tratadas no mesmo procedimento, com sucesso e sem complicações.

Prevê-se uma recuperação total em prazo muito curto, com retoma da atividade normal no próximo fim de semana”.

jn.pt




Maratona Clube Vila Chã participou no XXIII Grande Prémio de Atletismo 3 Santos Populares

O Maratona Clube Vila Chã participou no XXIII Grande Prémio de Atletismo 3 Santos Populares, decorrido no passado dia 27 de outubro, em Parada, Carregal do Sal.

Segundo nota enviada à Rádio Boa Nova, o Maratona esteve representado por quatro atletas.

No escalão de Seniores, o atleta José Madeira classificou-se em 3º lugar, com o tempo de 35’46”. No escalão de Veteranos M45, o atleta José Silva venceu o seu escalão com o tempo de 34’16”. No escalão de M60, o atleta António Dias classificou-se na 5ª posição, com o tempo de 43’10”. A fechar a equipa, o atleta José Caetano classificou-se em 6º lugar no escalão de M65, com o tempo de 1:09’39”.




Sinistralidade: 32 detenções, 1015 infrações e 68 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 22 a 28 de outubro, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a fiscalização rodoviária.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a Guarda Nacional Republicana (GNR) informa que das 32 detenções em flagrante delito, 12 foram por condução sob efeito do álcool, seis por condução sem habilitação legal e três por tráfico de estupefacientes e sete por furto em interior de residência.

No que respeita a apreensões, foram apreendidas 15 doses de cannabis, 170 doses de haxixe e três veículos.

Na fiscalização do trânsito foram detetadas 1015 infrações, das quais 32 relacionadas com tacógrafos, 31 por falta de inspeção periódica obrigatória, 34 por excesso de velocidade, 12 por uso do telemóvel no exercício da condução, 20 por condução sob o efeito do álcool, 16 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e 12 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Nesta semana há a registar 68 acidentes, de onde resultaram 29 feridos leves, dois feridos graves e um morto.

No que respeita à fiscalização geral, foram emitidos 29 autos de contraordenação, destacando-se cinco no âmbito da legislação policial e 19 no âmbito da legislação da proteção da natureza e do ambiente.

Ainda nesta semana de operações foram realizadas ações de sensibilização no âmbito “Censos Sérior 2019”, “Idosos em Segurança”, âmbito rodoviário, consumo de álcool e drogas e prevenção de burlas a idosos.




Quinta da Rigueira tem o melhor queijo e requeijão de cabra de Portugal (com vídeo)

Francisco Sousa, promotor da Queijaria Quinta da Rigueira, premiada no 11º Concurso Queijos de Portugal promovido pela Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios foi o convidado desta manhã no programa “Outras Conversas…” da Rádio Boa Nova.

A “Quinta da Rigueira”, localizada em Meruge, venceu no dia 28, nas categorias “Cabra Cura Normal”e “Requeijão Cabra” e arrecadou ainda uma menção honrosa com o queijo de “Cabra Cura Prolongada”.

Esta manhã na Rádio Boa Nova, Francisco Sousa contou que esta foi a primeira participação da Quinta da Rigueira neste concurso, mas que estava certo da qualidade dos produtos que apresentou a concurso pelo feedback positivo que vinha recebendo dos seus clientes.

À frente do projecto desde 2015, Francisco Sousa referiu que o desafio constante é de3  “aperfeiçoar e ter sempre um melhor produto”. Prova disso foi o bom resultado conseguido na 11ª edição do concurso promovido pela ANIL que contou com 210 queijos a concurso em várias categorias.

Veja o vídeo na íntegra>>>

 




Marcelo Rebelo de Sousa  foi internado para fazer um cateterismo

O Presidente da República vai ser sujeito a uma intervenção cirúrgica esta tarde.

Segundo avança a comunicação social nacional, Marcelo Rebelo de Sousa já deu entrada no hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, no concelho de Oeiras, para fazer um cateterismo. A intervenção cirúrgica será feita esta tarde.




GNR vai estar na estrada com operação “Todos os Santos” 2019

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar o patrulhamento nas estradas com maior fluxo de tráfego, 31 de outubro a 3 de novembro, altura em que é celebrado o dia de “Todos os Santos”.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR adianta que  a acção tem “o objetivo de apoiar os utentes das vias e de reduzir situações que configurem comportamentos de risco, privilegiando uma atuação preventiva e de grande visibilidade”.

“Durante todo o período da operação, em que se prevê uma grande intensidade de tráfego rodoviário, a GNR, através de militares dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, pretende garantir que as deslocações se façam em segurança, contribuindo assim para uma diminuição da sinistralidade rodoviária” refere a Guarda em comunicado.

Nesse sentido, a GNR apela a que os condutores efetuem uma condução prudente e cumpram as regras de trânsito, especialmente no que respeita às manobras de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido de marcha, cedência de passagem e posição de marcha. Os condutores devem utilizar corretamente o cinto de segurança e os sistemas de retenção para crianças, não utilizar os telemóveis durante o exercício da condução,   adequar a velocidade ao tipo de estradas e às condições de circulação,  Não ingerir bebidas alcoólicas, nem consumir substâncias psicotrópicas antes ou durante a condução.




Despiste causou um morto em Arganil

Um homem  de 62 anos morreu no seguimento de um despiste, na manhã desta quarta-feira no Piódão, em Arganil, adiantou fonte do Comando Territorial da GNR de Coimbra.

O acidente ocorreu às 7.59 horas, sendo a vítima o único ocupante do carro, tendo falecido no local.
Nas operações de socorro, estiveram envolvidos os Bombeiros de Coja, a ambulância de Suporte Imediato de Vida de Arganil e a GNR, num total de 11 elementos e quatro viaturas . Vai ser ainda aberto um inquérito para apurar as causas do incidente.




Quatro distritos do Norte sob aviso amarelo devido à chuva forte

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) estendeu hoje o aviso amarelo de chuva por vezes forte e persistente…

… ao distrito do Porto que se junta assim a Braga, Viana do Castelo e Vila Real.

O aviso amarelo para os quatro distritos do norte entrou em vigor às 06h36 e termina às 18h00 de hoje.

O IPMA emitiu também aviso amarelo para os grupos ocidental (Flores e Corvo) e central (Graciosa, S. Jorge, Pico, Faial e Terceira) devido à previsão de vento forte.

O aviso vai estar em vigor entre as 12h00 locais de hoje (13h00 em Lisboa) e as 15h00 de quinta-feira (16h00 em Lisboa).

Segundo o IPMA, o aviso amarelo, o terceiro de uma escala de quatro, indica situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado e períodos de chuva no litoral a norte do Cabo Raso, por vezes forte no Minho e Douro Litoral até final da tarde, estendendo-se gradualmente às restantes regiões, e sendo fraca no Baixo Alentejo e Algarve.

A previsão aponta também para vento fraco a moderado do quadrante sul, tornando-se do quadrante oeste na região Sul a partir do início da tarde, e sendo moderado a forte nas terras altas do Norte e Centro até final da tarde.

Está ainda prevista neblina ou nevoeiro e pequena descida da temperatura máxima no litoral da região Centro.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar entre os 11 graus Celsius (na Guarda e em Bragança) e os 18 (em Lisboa) e as máximas entre os 15 (na Guarda) e os 23 (em Santarém, Évora, Beja e Faro).

O IPMA prevê para os grupos ocidental e central céu geralmente muito nublado, períodos de chuva, vento sul fresco, temporariamente muito fresco a forte com rajadas até 90 quilómetros por hora.

Para o grupo oriental (Santa Maria e São Miguel) está previsto céu geralmente muito nublado, períodos de chuva e vento sul moderado a fresco, tornando-se muito fresco com rajadas até 65 quilómetros por hora.

Em Santa Cruz das Flores as temperaturas vão variar entre os 18 e os 23, na Horta 19 e os 23 e em Angra do Heroísmo e Ponta Delgada entre os 19 e os 24 graus.

Hoje, no concelho de Oliveira do Hospital, a previsão é de precipitação com as temperaturas a oscilarem entre os 12 graus de mínima e 20 graus de temperatura máxima.




Quinta da Rigueira vence títulos de “Melhor Queijo Cabra Cura Normal” e “Melhor Requeijão Cabra” e menção honrosa em concurso da ANIL

A Queijaria Artesanal “Quinta da Rigueira”, de Oliveira do Hospital, venceu ontem, dia 28, nas categorias “Cabra Cura Normal”…

… e “Requeijão Cabra” da 11.ª edição do “Concurso Queijos de Portugal”, promovido pela Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios, no âmbito feira Grandes Escolhas Vinhos & Sabores 2019. A Queijaria oliveirense arrecadou ainda uma menção honrosa com o queijo de “Cabra Cura Prolongada”.

Em nota enviada à Rádio Boa Nova, o promotor da Queijaria, Francisco Sousa, adianta que a Quinta da Rigueira concorreu em três categorias e ganhou o primeiro prémio em duas e uma menção honrosa na terceira: “melhor queijo de cabra cura normal, melhor requeijão de cabra e menção honrosa no queijo de cabra cura prolongada”.

Para a Quinta da Rigueira esta é “uma mais valia para a economia local e um orgulho para o concelho”, sendo prova do que de melhor se faz no concelho de Oliveira do Hospital”.




Seia anuncia investimento de 2,8 milhões de euros nas águas e saneamento

 O Município de Seia anunciou que está a ampliar as redes de abastecimento de água e saneamento básico no concelho, com vista à melhoria do serviço prestado às populações.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a autarquia liderado por Carlos Filipe Camelo refere que “as intervenções incidem em diversas freguesias do concelho e em pequenas localidades, representando um investimento total de 2 857 452,16€, operações com 85%, de comparticipação comunitária, no âmbito do POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos”.

“Das oito candidaturas aprovadas ao abrigo do referido programa, três estão executadas, encontrando-se as restantes prestes a iniciar. Entre os projetos finalizados está a criação de um emissário de águas residuais entre a aldeia de Vila Chã, a Zona Empresarial da Abrunheira e a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Seia”, lê-se no comunicado.

Segundo a autarquia “estão igualmente concluídas as intervenções no sistema de águas residuais na Folgosa da Madalena e na Folgosa do Salvador, que incluiu a reabilitação da ETAR nesta última localidade e que permite que as localidades fiquem servidas de saneamento básico. Também está ultimada a empreitada de renovação e reconstrução de reservatórios e redes de abastecimento de água e de águas residuais nos Vales, investimento na ordem de meio milhão de euros. Esta última, além do tratamento do saneamento básico, vê também melhorada a qualidade da água e a redução do número de falhas no abastecimento, através da sua integração no sistema de abastecimento em alta”.

“As localidades de Barriosa, Cabeça de Eiras, Santiago, Vasco Esteves e Várzea de Meruge também vão beneficiar de novos sistemas de tratamento de saneamento de águas residuais. O conjunto de obras, já adjudicadas, ascende a 1 milhão e 660 mil euros e integra diferentes intervenções, desde a construção de redes de drenagem, emissários, estações elevatórias e ETAR’s. A par do novo sistema de saneamento, a empreitada em Santiago incorpora ainda a renovação da rede de abastecimento de água”, assegura a autarquia.

Para a autarquia senense, “a concretização das empreitadas de saneamento básico representam o culminar de um longo caminho que o Município tem vindo a percorrer nos últimos anos, marcado pelo investimento de milhões de euros na construção de novas ETARS e emissários e redes de drenagem”.

“Para além da despoluição dos cursos de água, os investimentos anunciados visam obter ganhos na eficiência da gestão dos recursos e das infraestruturas de abastecimento de água e saneamento, nomeadamente na diminuição de perdas de água tratada, melhor cobertura e funcionamento dos sistemas por forma a assegurar mais qualidade dos serviços prestados às populações”, conclui em comunicado.




Município de Penacova homenageou alunos que se distinguiram por mérito escolar

A Câmara Municipal de Penacova promoveu a sexta edição da Cerimónia de Entrega dos Prémios de Mérito Escolar, que homenageou os 60 alunos dos estabelecimentos de ensino escolar do concelho de Penacova que se distinguiram no ano letivo de 2018-2019…

…por terem concluído o 4º ano do 1º CEB com classificação final de Muito Bom a Língua Portuguesa e Matemática; o 5º, 6º, 7º, 8º e 9º anos de escolaridade com média final de 5 valores (arredondada); o 10º, 11º e 12º ano de escolaridade com média final interna igual ou superior a 17 valores (arredondada e calculada tendo em conta apenas disciplinas obrigatórias) e o melhor aluno dos níveis II e IV da Escola Profissional Beira Aguieira.

 

O evento, com apresentação de Diogo da Silva, contou com a participação do Grupo de Teatro de Penacova – Teatro Molinum e uma performance musical a cargo do Professor José Paulo, da Escola de Artes de Penacova, e do seu aluno João Alves que se fizeram acompanhar, pela voz de Vítor Nunes.  Sandra Ralha, Vereadora com o Pelouro da Educação, abriu a cerimónia, destacando a importância para o Município de manter uma estratégia que permita um trabalho concertado entre todos os agentes envolvidos no processo educativo, em prol do sucesso de todos os alunos. “Hoje, mais do que nunca, temos a certeza que cada cêntimo que utilizamos na área da educação, é um investimento que fazemos no futuro. No futuro das nossas crianças e jovens, mas também no futuro do nosso concelho, pois ao colocarmos à sua disposição e das suas famílias as ferramentas necessárias para que atinjam o sucesso nas diferentes áreas em que pretendem fazer a sua formação, estamos a criar condições para que também o nosso concelho cresça, quer ao nível demográfico quer ao nível económico.”

A encerrar a cerimónia, Humberto Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Penacova, fez o balanço dos seus mandatos como Presidente da autarquia, assinalando todo o investimento realizado pelo seu Executivo na área da Educação, nos inúmeros projetos e parcerias que o Município tem vindo a integrar quer com entidades do concelho, quer supra-concelhias. Destacando a responsabilidade que todos os agentes no terreno têm, em sintonia, “para o sucesso não apenas destes, mas de todos os nossos jovens”, Humberto Oliveira, congratulou os jovens presentes pelo seu sucesso e, não deixou de destacar a importância que as famílias têm para que este sucesso seja possível.

“Todos nós que temos a felicidade de ser pais, sabemos o quanto queremos bem aos nossos filhos e o quanto nos preocupa o seu bem-estar presente e o futuro, por isso enquanto Presidente da Câmara de Penacova, o meu sentimento, é de que na área da educação há sempre algo mais que podemos fazer, algo mais que podemos fazer melhor, para permitir que os nossos jovens cresçam como alunos, como munícipes, mas sobretudo como Homens e Mulheres e para isso sem dúvida que as parcerias que temos desenvolvido, nomeadamente, com a Direção do Agrupamento de Escolas, Associação de Pais, IPSS’s, Juntas e Uniões de Freguesia, têm sido uma mais valia nomeadamente no que se refere à criação de melhores condições para o usufruto das escolas pelos seus alunos.”

Os alunos distinguidos:

EB1 da Aveleira: Luana Dias Rosa; Martim da Cruz Miguel Gonçalves

 EB1 de Figueira de Lorvão: Laura Reis Pereira; Paulo Gabriel Marques Clemente; Ruben Alexandre Ferreira da Silva Coelho

 EB1 de Penacova: Eva Fernandes Cunha

EBI de São Pedro de Alva: Carolina Baptista Pereirinha; Leandro Cordeiro Clemente; Maria Santos Abranches

 5º Ano da EB2,3/S. de Penacova: André de Oliveira Fonseca; Duarte Oliveira Antunes; Francesco Leonardo Ganci Brito; Inês Santos Teixeira; Jiayi Wang; Pedro Santiago Marques Lopes; Tiago Filipe Pinto Duarte; Tomás dos Santos Lopes

 5º Ano da EBI de São Pedro de Alva: Matilde Ferreira Oliveira Morgado

 6º Ano da EB2,3/S. de Penacova: Ana Carolina Santos Pereira; Diana Sofia Alves Tavares; Hugo Rafael Silva Pisco; Juliana Catarina Almeida da Cruz; Laura Maria Borges Gomes; Maria Marques Mendes; Mariana Baptista Trindade; Matilde Fonseca Fernandes Delgado; Matilde Trigo de Jesus; Vitória Maria Henriques Craveiro

6º Ano da EBI de São Pedro de Alva: Daniela Gomes Sousa

7º Ano da EB2,3/S. de Penacova: André Luís Ramos; Leonor Fonseca Rodrigues

7º Ano da EBI de São Pedro de Alva: Mariana Almeida Moreira; Martim Coimbra Kokai; Sara Simões Cordeiro; Tiago Alexandre Rodrigues Rosas; Vera Isabel Marques Tavares

8º Ano da EB2,3/S de Penacova:  Maria Luís Carpinteiro Madeira; Guilherme da Costa Clemente

8º Ano da EBI de São Pedro de Alva: Madalena Neves Coimbra; Rodrigo Jordão Carvalho

9º Ano da EBI de São Pedro de Alva: Ana Rita Marques Fonseca

10º Ano da EB2,3/S. de Penacova: Ana Marta Rojais Cordeiro; Ana Rita Martins Silva; Guilherme Neves Coimbra; Maria Beatriz Ferreira Neves; Maria da Graça Oliveira Antunes; Maria de Lurdes Rodrigues Alves

 11º Ano da EB2,3/S. de Penacova: Daniela Filipa Jordão Carvalho; Maria Rodrigues Costa

 12º Ano da EB2,3/S. de Penacova: Ângela dos Santos Simões de Almeida; Afonso Miguel Sanches Viseu; Catarina Antunes de Sousa; Cristiana Isabel Amaral da Silva; Hugo Gabriel Rodrigues Castanheira; Joana Filipa Almeida Vilas; João Emanuel Ferreira Seco Pais Amante; José Pedro Martins Simões; Sérgio Miguel Almeida Rodrigues

 Nível II da Escola Profissional Beira Aguieira: Nuno Miguel Santos Coimbra

 Nível IV da Escola Profissional Beira Aguieira: Carolina Ferreira Santos




Município de Oliveira do Hospital promove concurso 3R_NATAL_Ambiental 2019

Encontram-se a decorrer, até 9 de novembro, as inscrições no concurso de decoração de natal, “3R_NATAL_Ambiental”, promovido pelo Município de Oliveira do Hospital.

Pelo sexto ano consecutivo, a autarquia dinamiza este concurso que se assume como um contributo para a defesa do ambiente pretendendo fomentar a adoção de comportamentos ambientalmente responsáveis por parte dos participantes e, em simultâneo, incentivar a correspondente criatividade e expressão artística.

Em nota enviada à Rádio Boa Nova, o Município adianta que na presente edição podem inscrever-se no concurso: os alunos do concelho de todos os níveis de ensino através da inscrição da turma; as Instituições Particulares de Solidariedade Social, através dos seus utentes; e as coletividades e associações. A candidatura deve ser formalizada, até às 17h00 de 9 de novembro, através do email gav@cm-oliveiradohospital.pt do Gabinete de Apoio à Vereação.

Cada grupo participante deverá realizar elementos decorativos reciclados (plástico e/ou metal) a colocar numa rotunda do concelho, sendo que a estrutura e forma do trabalho é da responsabilidade do concorrente. A Câmara Municipal irá atribuir cinco prémios coletivos no valor de 200, 150, 100, 75 e 50 euros, em voucher que terá de ser gasto no comércio local representando assim um reinvestimento no comércio tradicional do concelho.

Com esta iniciativa o Município pretende celebrar a época natalícia envolvendo a comunidade escolar, a população em geral e os visitantes que nos procuram. Neste sentido, pretende-se associar o Natal a um período festivo mas também de reflexão, neste caso sobre os valores do respeito pelo meio ambiente, da defesa da biodiversidade, da valorização dos recursos naturais, que têm associados comportamentos de preservação ambiental, promoção da ecologia enquanto atitude individual e coletiva perante a nossa comunidade.

A atividade será desenvolvida numa simbiose entre o espírito da tradição de Natal e o valor da ecologia, materializado através da técnica da reciclagem e da reutilização de objetos do dia-a-dia, estimulando a elaboração de Decorações Natalícias, pelos alunos da comunidade escolar, pela comunidade sénior/utentes de Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho e pelo movimento associativo, a partir de materiais reutilizáveis.

Este concurso, que se insere no plano de atividades do programa Bandeira Azul da Europa, tem como objetivos a proteção do meio ambiente através da política dos três R’s – Reduzir, Reutilizar e Reciclar aliada ao espírito e tradição natalícios, incentivando a participação da comunidade numa ação que promova a criatividade e a expressão artística dos cidadãos do concelho de Oliveira do Hospital.