XVI Festa da Castanha “é extremamente importante porque é a festa do renascer”

XVI Festa da Castanha “é extremamente importante porque é a festa do renascer”

Aldeia das Dez acolhe, este fim-de-semana, 20 e 21 de outubro, a XVI Festa da Castanha que, este ano, simboliza o renascimento da freguesia após o grande incêndio.

Depois de uma interrupção no ano passado devido à tragédia, Carlos Castanheira, presidente da Junta de Freguesia de Aldeia das Dez, garante que esta edição “é extremamente importante porque é a festa do renascer”.

“É uma festa que nos vai proporcionar o retomar da sequência da Festa da Castanha, que tem tido um êxito muito bom desde o início”, adiantou Carlos Castanheira à Rádio Boa Nova, garantindo que há “uma grande esperança em melhorar o cartaz”.

Para o autarca, esta edição destaca-se também pela oferta de um castanheiro a cada pessoa “até ao visitante número mil”, que significa “a reposição daquilo que é a arte tradicional”. “Para mim, é um fator de extrema importância para mostrar aos visitantes que estamos cá para repovoar novamente as nossas espécies”, explicou.

Quanto ao programa, Carlos Castanheira confessa que o ponto alto do certame acontece no dia 21, no Santuário da Nossa Senhora das Preces, em Vale de Maceira, “um santuário muito bonito”.

Na XVI Festa da Castanha não vai faltar animação cultural, artesanato, gastronomia e produtos endógenos. No sábado à noite é inaugurada a exposição de fotografia do concurso “A Castanha em Oliveira do Hospital” e o tradicional magusto noturno.

As atividades desportivas também marcam a edição deste ano, nomeadamente a realização do III Trail do Colcurinho, no segundo dia da festa. Também no domingo acontece a recriação etnográfica do magusto tradicional.

À Rádio Boa Nova, Carlos Castanheira revelou as novidades do certame, nomeadamente os show cookings para crianças, a visita pedagógica ao Santuário e oficinas dirigidas às crianças e famílias “Da Castanha ao Castanheiro”.

Na Rádio Boa Nova, o autarca deixou o convite: “Venham a Aldeia das Dez. Venham ao Santuário e venham assistir a uma festa que já começa a ser carismática aqui na nossa freguesia. Vão encontrar expositores de diversas atividades. Será uma tarde bem passada”.

E, um ano após o grande incêndio, “a paisagem já começa a regenerar de alguma forma”, acrescentou.

Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Previous Município de Arganil entregou chaves de 10 habitações reconstruídas após os incêndios 
Next Parlamento recomenda arrancar eucaliptos nascidos após incêndios de 2017

Artigos Relacionados

Informação

Guarda: GNR vai prestar teleassistência para apoiar pessoas vulneráveis

A GNR da Guarda prevê iniciar, em janeiro de 2019, um programa de teleassistência para apoiar pessoas da região que vivem sós e isoladas, projeto que também envolve os municípios.

Informação

Jovem de 15 anos sentiu-se mal junto às piscinas de Oliveira do Hospital

Uma jovem de 15 anos desmaiou, esta manhã, cerca das 9h20, junto ao complexo das piscinas municipais de Oliveira do Hospital. A jovem recuperou, mais tarde, …

Região

GNR da Guarda apreende roupa contrafeita em dois concelhos

O Comando Territorial da GNR da Guarda anunciou hoje que apreendeu 600 peças de vestuário contrafeito, com um valor total presumível de 15.195 euros, e que identificou nove vendedores ambulantes.

Destaque

Festa das Vindimas revive tradição que se está a perder em Lagares da Beira (com vídeo)

É já no próximo fim de semana, 29 e 30 de setembro, que se realiza a 9ª edição da Festa das Vindimas em Lagares da Beira, com o objetivo de

Informação

Jovem de 16 anos morreu em acidente em Tondela

Um jovem de 16 anos morreu hoje na sequência de uma colisão entre um motociclo e um veículo ligeiro, numa avenida da cidade de Tondela,…

Politica

António Lopes assume candidatura à Câmara de Oliveira do Hospital

O destituído presidente da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, António Lopes, assumiu na última reunião daquele órgão que vai ser candidato à Câmara Municipal oliveirense com vista a corrigir