Vereador do PSD criticou novas contratações num concelho “em constante perda”

Vereador do PSD criticou novas contratações num concelho “em constante perda”

image_pdfimage_print

João Paulo Pombo Albuquerque votou contra novas contratações propostas pelo executivo, considerando que no município de Oliveira do Hospital “não há tarefas disponíveis para tanto funcionário”.

Na última reunião pública do executivo municipal, o presidente da Câmara, José Carlos Alexandrino colocou à votação a abertura de concurso para a contratação de seis novos funcionários para a autarquia, entre eles um técnico superior de Biblioteca e Arquivo e de quatro cantoneiros por tempo indeterminado.

Logo a informar do seu voto contra as novas contratações, o único vereador do PSD no executivo oliveirense, elencou um conjunto de “perdas” a que se assiste no concelho, esperando até que “não haja já seis fatos com a medida para alguém”. “Sendo um concelho em constante perda como se justifica a admissão de tanto pessoal?”, questionou, considerando que “o pior para quem trabalha é ter a seu lado alguém que nada faz”.

José Carlos Alexandrino, presidente do Município de Oliveira do Hospital, rejeitou o retrato feito pelo vereador da oposição, verificando que, pelo contrário, Oliveira do Hospital é um concelho “com grande pujança, com uma taxa de desemprego baixíssima de 4,5 por cento e que atravessa as vicissitudes do despovoamento do interior, nomeadamente a baixa natalidade” e que esse é um problema nacional.

O autarca considerou que o concelho e as estruturas da autarquia “ainda não são suficientes” e, verificou que a necessidade de contratações resulta das aposentações que estão em curso. Destacou a necessidade de admissão de uma bibliotecária e centrou-se na contratação dos quatro assistentes operacionais, cantoneiros, para acusar Albuquerque de estar a ser “injusto” já que se tratam de pessoas que iniciaram funções na autarquia no âmbito do Rendimento Social de Inserção (RSI), “e que não puderam ser admitidas por falta de habilitação”. “Não sei se o fato está talhado ou não”, comentou ainda o autarca, garantindo que a decisão final é tomada por um “júri que tem os seus métodos”. “Aquilo que eu quero é que a massa salarial da Câmara esteja controlada”, assegurou José Carlos Alexandrino.


Recorde-se que o eleito pelo PSD sugeriu, na mesma reunião de trabalho, que os beneficiários do Rendimento Social de Inserção pudessem ser requisitados para a limpeza de terrenos e erradicação de eucaliptos.

 

Previous Confira os resultados desportivos de fim-de-semana
Next Câmara de Nelas propõe à Assembleia para que delibere contra a transferência de competências para o município

Artigos Relacionados

Informação

ExpoSocial decorre de 28 de setembro a 1 de outubro em Seia

O Município e a Rede Social de Seia, com a colaboração de todos os parceiros do Conselho Local de Ação Social (CLAS) de Seia, vão promover, de 28 de setembro

Região

CIM investe um milhão de Euros para afirmar região de Coimbra como destino turístico

A Comunidade Intermunicipal da Região (CIM) de Coimbra vai avançar com um plano de afirmação turística da região. A medida foi anunciada ontem,…

Última Hora

“Escola e o Meio” transmite último programa do ano letivo

Este sábado, dia 17 de junho, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 34.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Última Hora

Condeixa: Jovem de 25 anos morre após colisão frontal com camião

Uma colisão frontal entre um ligeiro e um pesado provocou a morte a um condutor de 25 anos no IC2, na zona de Arrifana, Condeixa.

Destaque

Rádio Boa Nova entrevista os candidatos à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. Candidato do PSD recusa participar

A Rádio Boa Nova inicia amanhã, dia 19 de setembro, o conjunto de entrevistas aos candidatos à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital …

Última Hora

Município de Arganil distinguido por pagar a tempo e horas aos seus fornecedores

O Município de Arganil foi reconhecido com o Diploma Compromisso Pagamento Pontual pelo quinto ano consecutivo, pela ACEGE (Associação Cristã de Empresários e Gestores),…

Última Hora

António Costa desloca-se hoje a Nelas para assinar contrato de investimento na Luso Finsa

O Primeiro-Ministro António Costa, acompanhado pelo Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e pelo Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Catarino,…

Região

“Mesa da Beira Serra” é pré-finalista das 7 Maravilhas de Portugal

A candidatura da “Mesa da Beira Serra” ao Concurso 7 Maravilhas à Mesa, promovida pela ADIBER foi eleita pelo júri como uma das 49 pré-finalistas desta iniciativa que, agora, entrará

Informação

“O Teatro” é tema das V Jornadas Culturais de Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital organiza esta quinta-feira, dia 29 de março, pelas 21 horas, na Casa da Cultura César Oliveira, a quinta edição das Jornadas Culturais de

Última Hora

Município de Penacova em combate contra “vespas invasoras”

O Município de Penacova, no âmbito do protocolo estabelecido com a RefCast e, em linha com o determinado no Plano de Ação Nacional para controlo do inseto Dryocosmus kuriphilus,…

Última Hora

Sismo de magnitude 2,8 registado na Mealhada

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera detetou, pelas 12h30 de ontem, um sismo de magnitude 2,8 na escala de Richter na Mealhada, distrito de Aveiro.

Última Hora

Ricardo Pereira Alves é cabeça de lista à Assembleia Municipal de Arganil pelo PSD

A candidatura Confiança no Futuro, pelo PSD, à Câmara Municipal de Arganil confirma o nome de Ricardo Pereira Alves, atual presidente do Município, como cabeça de lista à Assembleia Municipal.