“Valerá a nossa vontade e nossa perseverança para lutar e fazer com que a J.Guerra continue”
13 Abril, 2018 1120 Views

“Valerá a nossa vontade e nossa perseverança para lutar e fazer com que a J.Guerra continue”

Prestes assinalar 50 anos de atividade, a empresa J.Guerra tem pela frente a árdua tarefa da recuperação. Há seis meses, o grande incêndio de 15 de outubro provocou a destruição total da unidade de sirgaria e passamanaria,…

… localizada na zona industrial de Oliveira do Hospital, num prejuízo estimado em 15 milhões de Euros.

Paulo e Cláudio Guerra são os rostos da “luta” diária que a empresa tem vindo a travar desde o dia 15 de outubro. “Todos os dias andamos a tentar reabilitar a empresa. Não tem sido fácil”, desabafa Paulo Guerra que, com o irmão, juntam “as peças para poder começar o processo de produção”. A tal obriga o historial da empresa que, neste ano, assinala meio século de existência e que é sinónimo da perseverança do seu fundador, Joaquim Guerra. Em causa está, como lembra Paulo Guerra, uma empresa que “era líder de mercado em passamanaria e sirgaria”. “Tínhamos cerca de 200 artigos diferentes repartidos por 20 ou 30 cores. Agora, nalguns artigos, não estamos a fazer nada. Noutros estamos a fazer um produto. O que é isso? Não podemos ir para a rua”, refere Paulo Guerra, aludindo para aquilo que é a nova realidade da J.Guerra.

As instalações da empresa, cerca de 12 mil metros quadrados, maquinaria, matéria prima e produto acabado ficaram reduzidas a uma amálgama de ferro, chapa e uma imensidão de cinza. Escaparam as viaturas e um edifício de apoio, localizado junto ao portão de entrada.

A “garra” de continuar o projeto de uma vida, levou a administração a adquirir as instalações de uma empresa desativada na Zona Industrial e a começar a laborar. “Ainda continuamos parados. Temos um setor de três ou quatro pessoas a produzir. O que é isto? Tínhamos um leque muito grande de artigos. Agora, ter só um artigo…para nós não é nada”, afirma Cláudio Guerra.

Após o incêndio, a empresa conseguiu segurar, com o apoio do IEFP e Segurança Social, a mão de obra qualificada, num total de quase 50 trabalhadores. “Mas espaço não temos. Não há em Oliveira do Hospital um espaço com 12 mil metros quadrados e também não há máquinas”, refere o jovem empresário. O irmão, Paulo, lembra que as máquinas que a empresa possuía “foram adaptadas e encomendadas por nós”. “Ontem, chegou uma máquina que foi encomendada há cinco meses”, contou, observando o irmão Cláudio que “há máquinas que nunca vamos conseguir comprar”.

Seis meses após o fogo, “a quebra é de 100 por cento”. “Estamos a recomeçar agora, mas não conseguimos fazer face às despesas que temos”, conta Paulo Guerra.

O objetivo, garante Cláudio, é recuperar as instalações ardidas. “Os nosso clientes conhecem a J.Guerra onde ela deixou de existir”, refere, notando porém que o apoio de 85 por cento do Estado é positivo, mas insuficiente já que apenas abrange instalações e maquinaria, mas deixa de fora a matéria prima e não contempla as perdas tidas com o produto acabado. “Estamos com garra. Mas quem perdeu 100 por cento, não vai recuperar 100 por cento” refere.

O prejuízo, após o fogo, é na ordem dos 15 milhões de Euros. A empresa ultima a candidatura destinada à recuperação, com um investimento associado de 10 mil milhões. Desde o dia 15 de outubro, tem valido “ a nossa vontade e nossa perseverança para lutar e fazer com que a J.Guerra continue”, refere Paulo Guerra, certo que tal como até aqui, valerá daqui por diante “o fundador, o nosso pai, que nos tem ajudado demais”.

No fatídico dia, Cláudio Guerra ainda tentou, mas não conseguiu, chegar próximo da empresa já tomada pelo incêndio. Paulo Guerra ficou preso no IP3 e só chegou a Oliveira do Hospital na manhã seguinte. Já nada havia a fazer. Recordam que o último trabalho realizado pela empresa foi para um projeto de decoração na embaixada do Qatar na Alemanha. Outros projetos ficaram em carteira. “Esperamos recuperar esses nichos de mercado”, rematam Paulo e Cláudio Guerra.

image_pdfimage_print
Previous Penacova aposta na gestão de combustível no âmbito da Prevenção e Defesa da Floresta Contra Incêndios
Next Seis meses após o grande incêndio: “Acho que é um luto que eu tenho de fazer, que ainda não fiz, e não sei se algum dia o vou fazer”

Artigos Relacionados

Educação

Alunos de Oliveira do Hospital de visita ao Zoológico

Mais de 700 alunos dos jardins de infância e 1º Ciclo de Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital estão hoje de visita ao Jardim Zoológico, em Lisboa.

Última Hora

“Ca$h Resto Z€ro” com olhar sobre a Festa do Queijo de Oliveira do Hospital

Em mais um “Ca$h Resto Z€ro” na Rádio Boa Nova, Vítor Neves antecipa o fim de semana “gigante”, de 11 e 12 de março, e que é “talvez” aquele que

Última Hora

Oliveira do Hospital promove formação “Oficina do território”

Durante o mês de julho, o Município de Oliveira do Hospital vai promover a formação “Oficina do território: um programa educativo para Oliveira do Hospital” …

Última Hora

Maratona de Seia XCM vai apurar atleta para Red Bull

A Maratona de Seia XCM Aldeias de Montanha (2016), que acontece durante este fim-de-semana, com as competições a decorrer no dia 19 de junho, irá ser palco …

Informação

Dia do Emigrante e do Ouvinte acontece no último dia da EXPOH

A EXPOH- Feira Regional de Oliveira do Hospital dedica o último dia, 7 de agosto, à comunidade emigrante e ouvintes da Rádio Boa Nova.

Opinião

Ca$h Resto Z€ro” com olhar sobre a dívida nacional

Em mais um “Ca$h Resto Z€ro” na Rádio Boa Nova, Vítor Neves convida a um olhar pela dívida nacional.

Última Hora

Indemnizações às vítimas dos incêndios não vão ser pagas até ao Natal

As vítimas dos incêndios não vão receber as indemnizações a que têm direito até ao Natal. Segundo notícia avança pela Rádio Renascença, …

Destaque

AD Nogueirense parte para nova época com o objetivo da “manutenção”

A Associação Desportiva Nogueirense apresentou, esta semana, a equipa com que vai disputar a próxima época desportiva no Campeonato de Portugal Prio.

Região

Centenas de pessoas despediram-se, ontem, de Agostinho Almeida de Santos

Agostinho Almeida Santos, professor catedrático de Coimbra pioneiro da procriação medicamente assistida em Portugal, morreu no sábado, com 77 anos.

Última Hora

Sampaense ganha ao FC Porto com 4ª vitória consecutiva

O Sampaense Basket ganhou ao FC Porto por 72-66, ontem,…

Sociedade

EPTOLIVA galardoada com Bandeira Verde Eco-Escolas

Pelo terceiro ano consecutivo, a EPTOLIVA – Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil, foi galardoada com a “Bandeira Verde Eco-Escolas”,…

Sociedade

Viatura dos bombeiros de Oliveira do Hospital ardeu em incêndio em Alvôco de Várzeas

Uma viatura de combate a fogos florestais da corporação de bombeiros de Oliveira do Hospital, ardeu ao início da tarde de hoje no incêndio que consumiu mato e pinhal numa

Programas

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 13 de outubro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 2.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Última Hora

Hóquei em Patins – no derbi a AAC vence o FCOH por 4-1

Hóquei em Patins – Campeonato Nacional da III Divisão -zona B Final: FCOH 1 – AAC 4 Partida muito disputada num derbi já antigo. A equipa da AAC mais eficaz

Última Hora

Projeto “Eco-Côdea” conquistou 3º lugar na Expo Empresas da CIM da Região de Coimbra

O projeto Eco Côdea do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, 9º O – Curso CEF Restaurante/ Bar, garantiu o terceiro lugar … … na primeira edição da Expo

Informação

Ténis de Mesa: Jovens do CCPOH brilham no III Circuito Municipal de Tábua

No último sábado, 22 de outubro, a jovem equipa de ténis de mesa do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) deslocou-se ao vizinho concelho de Tábua,

Informação

“A Voz” é tema das IV Jornadas Culturais de Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital organiza esta sexta-feira, 31 de março, às 21H00 na Casa da Cultura César Oliveira, a quarta edição das Jornadas Culturais…

Destaque

“Largo Encantado” anima quadra natalícia em Oliveira do Hospital (com vídeo)

Até dia 24 de dezembro, o “Largo Encantando” proporciona a “magia do Natal” às crianças e suas famílias na cidade de Oliveira do Hospital. A iniciativa é do município de

Sociedade

Calor coloca nove distritos em aviso vermelho

Nove distritos do país vão estar em aviso vermelho, o mais grave, a partir de quinta-feira, devido ao calor, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Destaque

21 detenções, 725 infrações e 80 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 19 a 25 de junho, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a

Última Hora

Luís Lagos quer “dar voz” às vítimas do incêndio e nega aproveitamento político

Luís Lagos, porta voz da Associação de Apoio às Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal afirmou, hoje, na Rádio Boa Nova que…

Última Hora

Lousã acolhe debate sobre o tratamento da diabetes na região Centro

No próximo dia 22 de junho, a Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD) e o Programa Regional da Diabetes da Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro organizam, entre as 8h45

Informação

PCP apresenta projeto de requalificação do IP3 na Assembleia da República

O Partido Comunista Português (PCP) apresentou na Assembleia da República um Projeto de Resolução que “Recomenda a requalificação do IP3, a sua manutenção sem portagens e em condições de segurança”.

Região

Secção Regional da Ordem dos Médicos contra a contratação de médicos através de empresas

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) repudia a gestão de recursos humanos protagonizada pelo atual Ministério da Saúde e lamenta o aumento da despesa do Serviço