Tondela: 51 das 125 casas destruídas pelos incêndios já foram reconstruídas

Tondela: 51 das 125 casas destruídas pelos incêndios já foram reconstruídas

Cinquenta e uma das 125 casas afetadas pelos incêndios de outubro de 2017 no concelho de Tondela já foram reconstruídas.

Os dados foram revelados por Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro, e José António Jesus, presidente da Câmara de Tondela, depois de realizaram visitas a habitações danificadas pelos incêndios, esta quinta-feira.

Em declarações aos jornalistas, Ana Abrunhosa negou a existência de irregularidades no processo em Tondela e no resto do país.

“Burlas, não há. Se há, quem declara não são os meios de comunicação ou a CCDR, mas são os tribunais”, afirmou, reiterando que nunca enviou qualquer processo para o Ministério Público.

Ainda assim, Ana Abrunhosa reconheceu que a CCDR Centro já teve de intervir em situações que foram relatadas à instituição.

“Recebemos três denúncias relativas a quatro casas no nosso site. Dessas, anulámos um apoio porque verificámos que a pessoa vivia na casa do filho há algum tempo. Este caso não é em Tondela. Mantivemos os outros dois apoios e ainda estamos a averiguar a outra denúncia”, contou.

A dirigente admitiu que a CCDR já anulou cerca de meia centena de processos porque não estavam de acordo com alguns dos requisitos exigidos para a reconstrução das habitações.

“Havia algumas pessoas que se candidataram aos apoios que estavam em lares e outras pessoas que descobriram que os seus seguros não cobriam os danos e comunicaram-nos a situação. Descobrimos que mais algumas pessoas estavam a viver há um ou dois anos em casa dos filhos, mas estamos a falar de situações em que elas tinham domicílio fiscal nas casas”, disse.

Denúncias à parte, durante a visita da presidente da CCDR Centro, o presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus, não escondeu a satisfação com a evolução das reconstruções. “Neste momento estão nesta empreitada um número muito significativo de reconstruções, sensivelmente 70 habitações mais as 32, 34 que tiveram apoio até 25 mil euros”, revelou.

Das residências que receberam apoios diretos, adiantou o autarca, estão concluídas mais de duas dezenas. Relativamente às casas que receberam reconstrução total, José António Jesus disse que três estão concluídas, havendo “outras que estão a aproximar-se, a uma velocidade muito rápida, do seu acabamento”.

No total, das 800 casas que arderam nos incêndios de há mais de um ano na região Centro do país, 400 já foram concluídas e entregues aos proprietários.

Fonte: Jornal do Centro

Foto: Diário de Leiria

Previous Proteção Civil registou 255 ocorrências no país devido ao mau tempo
Next Região: Detidos por tráfico de estupefacientes

Artigos Relacionados

Desporto

4ª Corrida do Alva à espera de mais de 200 participantes no próximo domingo

É já no próximo domingo, dia 4 de março, que se realiza a 4ª Corrida do Alva entre Penalva de Alva e Sandomil, nos concelhos de Oliveira do Hospital e

Sociedade

Cáritas Diocesana de Coimbra ofereceu tratores a agricultores de Tábua

A Cáritas Diocesana de Coimbra entregou ontem, dia 13 de dezembro, cinco tratores a agricultores do concelho de Tábua, vítimas dos incêndios de 15 de outubro,…

Informação

Município de Arganil apresentou ferramenta digital

A Câmara Municipal de Arganil prepara-se para implementar o E-Paper, a aplicação informática de modernização administrativa aplicada ao processo de Licenciamento de Obras Particulares.

Informação

Resultados desportivos do fim-de-semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) venceu, ontem, o Fátima por 2-0, em jogo antecipado da 16ª jornada da Série C do Campeonato Nacional.

Última Hora

MAAVIM diz que Governo cedeu às suas exigências nos prazos

O Movimento Associativo de Apoio às Vítimas do Incêndio de Midões (MAAVIM), em Tábua, disse que o Governo acolheu os seus pedidos para alargamento dos prazos de limpeza das florestas…

Informação

Proteção Civil alerta para risco “muito elevado e máximo” de incêndio

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou hoje para o risco de incêndio “muito elevado e máximo” na generalidade dos municípios das regiões do interior Norte e Centro, Alentejo

Destaque

Turma de restauração leva gastronomia portuguesa ao colégio Gerrit Komrij, na Holanda

Um grupo de 14 alunos, do curso de restauração do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital participa entre 1 e 6 de outubro, num intercâmbio gastronómico,…

Região

Viseu: Dois homens detidos por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Viseu, deteve ontem, dia 28 de novembro, dois homens, com 33 e 40 anos, por tráfico de produtos

Última Hora

Neve corta estradas em Viseu

O mau tempo no norte do país obrigou ao corte de trânsito em diversas estradas municipais e, além do IP4 (Amarante/Vila Real), cortado desde terça-feira, também a A24 está interrompida

Última Hora

Universidade Senior de Nelas estreia web rádio

O dia 30 de junho vai ficar na história da Universidade Sénior de Nelas com o início de emissão da Web Rádio deste projecto educativo e social…

Região

Assembleia Municipal de Arganil aprova apoio à reconstrução das segundas habitações

O regulamento de atribuição de apoio à reconstrução de habitações não permanentes afetadas pelos incêndios de 2017, no concelho de Arganil, foi aprovado, por unanimidade,…

Última Hora

Góis promove Orçamento Participativo pela primeira vez

O Município de Góis avanÇAa este ano, pela primeira vez, com o Orçamento Participativo de Góis. Como forma de potenciar os valores de democracia, incentivando a comunidade à participação na