Tábua recebe um espetáculo que celebra a vida

Tábua recebe um espetáculo que celebra a vida

image_pdfimage_print

A Rede Artéria e a Câmara Municipal de Tábua apresentam “Brisa ou Tufão”, uma criação de Mafalda Saloio/Circolando, no dia 16 de março, sábado, pelas 21h30.

O espetáculo, que terá lugar no Centro Cultural de Tábua, tem entrada livre.

“Brisa ou Tufão” é um espetáculo de teatro, para maiores de 12 anos, sobre a força e a leveza do ar que nos rodeia, sobre a importância de como resistir celebrando a vida, através de uma “técnica de leveza e bem-estar” que torna tudo mais simples.

A criação de Mafalda Salio fala-nos sobre a beleza das coisas simples, de uma mulher que viaja entre terras, medindo o ar e arejando lugares, para com o seu kit de soluções caseiras prevenir catástrofes. Aborda a importância de conviver com o invisível suave e rebelde da vida, em que tudo depende da sorte geográfica, emocional e humana, em que esse ar pode fazer-nos brisa ou tufão.

O acolhimento de “Brisa ou Tufão” em Tábua acontece no âmbito da participação da Câmara Municipal de Tábua e Circolando na Rede Artéria, um projeto de intervenção socio-cultural, com coordenação do Teatrão e académica do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, que combina produção de conhecimento científico, participação da comunidade e criação artística.

Um dos objetivos desta rede, cofinanciada pelo Centro 2020 – Programa Operacional Regional do Centro, é criar e fazer circular espetáculos em oito concelhos da Região Centro: Belmonte, Coimbra, Figueira da Foz, Fundão, Guarda, Ourém, Tábua e Viseu. Até ao momento já foram criados cinco espetáculos no âmbito da Rede Artéria: “Sofia, Meu Amor!”, uma criação da Trincheira Teatro, em Coimbra; “Vagar”, dirigido por Marina Nabais, em Ourém; “A Rua Esquecida”, produzido pela Astro Fingido, no Fundão; “saal”, com direção de Filipa Francisco, na Figueira da Foz, e “Labirinto”, com encenação de Graeme Pulleyn, na Guarda. Já em 2019 (e com apresentação em Tábua no dia 23 de março), o espetáculo “Borralho – Festival de Inverno para Pequenas Peças à Beira do Fogo”, com encenação de Gonçalo Amorim, estreou em Viseu.

Para lá desses espetáculos, criados propositadamente para a Rede Artéria, e que depois da estreia fazem itinerância por três localidades, está previsto o acolhimento de uma produção de cada um dos criadores convidados. Esta é uma forma do público de cada uma das localidades conhecer previamente o trabalho dos criadores que vai acolher.

E é nesse contexto que acontece a apresentação de “Brisa ou Tufão”, um espetáculo sobre a beleza das coisas simples com que Tábua vai conhecer o trabalho do Circolando, que vai estrear naquela cidade uma criação original, intitulada “Luto”, no dia 19 de julho.

Previous Feira do Queijo de Oliveira do Hospital tem impacto económico superior a 2,5 milhões de Euros
Next “Coimbra Região Europeia da Gastronomia 2021” em destaque na BTL (com vídeos)

Artigos Relacionados

Última Hora

Homem morreu em capotamento de trator em Vila Nova de Poiares

Um homem morreu ontem, em Vila Nova de Poiares, na sequência do capotamento do trator onde seguia.

Informação

EPTOLIVA entre as três melhores PAP nacionais

No âmbito do Concurso Nacional “As melhores PAP”, a Escola Profissional EPTOLIVA logrou o prémio nacional, pelo contributo na promoção da excelência do Ensino Profissional, …

Informação

Prisão preventiva para suposto homicida de segurança em Coimbra

O suspeito da morte de um segurança de uma discoteca em Coimbra, com nove tiros, ficou, ontem, em silêncio diante da juíza de instrução criminal e foi-lhe aplicada a medida

Última Hora

BLC3 recebeu visita do secretário de Estado da Agricultura e Alimentação

A BLC3- Campus de Tecnologia e Inovação, localizada em Lagares da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital recebeu ontem a visita do secretário de Estado da Agricultura e Alimentação,

Região

Autarcas e governo aplaudem projeto de infraestruturação em fibra ótica da Altice no Maciço Central da Serra da Estrela

O projeto de infraestruturação em fibra ótica, pela Altice Portugal, em seis concelhos do Maciço Central da Serra da Estrela (Seia, Covilhã, Manteigas, Gouveia, Fundão e Oliveira do Hospital) …

Informação

“Os Amigos de Lagos da Beira” comemoram VI aniversário com tarde musical

“Os Amigos de Lagos da Beira – Grupo Musical” comemoram o seu VI aniversário no próximo dia 28 de abril, a partir das 21 horas, na sede da Associação Desportiva

Última Hora

Projetos “FULLphone” e “Bioquente” venceram Concurso Municipal de Ideias de Negócio

“FULLphone” e “Bioquente” foram os projetos vencedores na final do Concurso Municipal de Ideias de Negócio, no ensino básico e secundário/profissional, respetivamente, realizada em Oliveira do Hospital. A iniciativa foi

Nacional

Chuva e neve regressam a Portugal Continental

Depois de um longo período de frio, eis que está de regresso a prometida chuva e, com ela, chega também uma subida das temperaturas mínimas.

Região

PJ deteve homem de 60 anos e jovem de 18 por abuso sexual de crianças

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, identificou e deteve dois homens pela presumível prática, reiterada, de crimes de abuso sexual de crianças, de que foram vítimas duas meninas,

Destaque

CDS-PP lamenta renúncia de Luís Lagos na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital

A Comissão Política Concelhia do CDS-PP lamentou hoje a renúncia de Luís Lagos na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital.

Informação

Portugal é o país com mais área ardida na Europa. Inexistência de mortes é “vitória” em Monchique

Este ano já arderam 28 500 hectares em Portugal, um valor superior aos 21 mil hectares que arderam na Suécia e aos 18 mil no Reino Unido. Só em Monchique

Última Hora

“Espaço Blc3 – Ciência no Interior” com José Monteiro na Rádio Boa Nova

A Rádio Boa Nova retoma, hoje, o“Espaço BlC3- Ciência no Interior”. A partir das 19h00, a conversa acontece com José Monteiro.