Tábua recebe um espetáculo que celebra a vida

Tábua recebe um espetáculo que celebra a vida

image_pdfimage_print

A Rede Artéria e a Câmara Municipal de Tábua apresentam “Brisa ou Tufão”, uma criação de Mafalda Saloio/Circolando, no dia 16 de março, sábado, pelas 21h30.

O espetáculo, que terá lugar no Centro Cultural de Tábua, tem entrada livre.

“Brisa ou Tufão” é um espetáculo de teatro, para maiores de 12 anos, sobre a força e a leveza do ar que nos rodeia, sobre a importância de como resistir celebrando a vida, através de uma “técnica de leveza e bem-estar” que torna tudo mais simples.

A criação de Mafalda Salio fala-nos sobre a beleza das coisas simples, de uma mulher que viaja entre terras, medindo o ar e arejando lugares, para com o seu kit de soluções caseiras prevenir catástrofes. Aborda a importância de conviver com o invisível suave e rebelde da vida, em que tudo depende da sorte geográfica, emocional e humana, em que esse ar pode fazer-nos brisa ou tufão.

O acolhimento de “Brisa ou Tufão” em Tábua acontece no âmbito da participação da Câmara Municipal de Tábua e Circolando na Rede Artéria, um projeto de intervenção socio-cultural, com coordenação do Teatrão e académica do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, que combina produção de conhecimento científico, participação da comunidade e criação artística.

Um dos objetivos desta rede, cofinanciada pelo Centro 2020 – Programa Operacional Regional do Centro, é criar e fazer circular espetáculos em oito concelhos da Região Centro: Belmonte, Coimbra, Figueira da Foz, Fundão, Guarda, Ourém, Tábua e Viseu. Até ao momento já foram criados cinco espetáculos no âmbito da Rede Artéria: “Sofia, Meu Amor!”, uma criação da Trincheira Teatro, em Coimbra; “Vagar”, dirigido por Marina Nabais, em Ourém; “A Rua Esquecida”, produzido pela Astro Fingido, no Fundão; “saal”, com direção de Filipa Francisco, na Figueira da Foz, e “Labirinto”, com encenação de Graeme Pulleyn, na Guarda. Já em 2019 (e com apresentação em Tábua no dia 23 de março), o espetáculo “Borralho – Festival de Inverno para Pequenas Peças à Beira do Fogo”, com encenação de Gonçalo Amorim, estreou em Viseu.

Para lá desses espetáculos, criados propositadamente para a Rede Artéria, e que depois da estreia fazem itinerância por três localidades, está previsto o acolhimento de uma produção de cada um dos criadores convidados. Esta é uma forma do público de cada uma das localidades conhecer previamente o trabalho dos criadores que vai acolher.

E é nesse contexto que acontece a apresentação de “Brisa ou Tufão”, um espetáculo sobre a beleza das coisas simples com que Tábua vai conhecer o trabalho do Circolando, que vai estrear naquela cidade uma criação original, intitulada “Luto”, no dia 19 de julho.

Previous Feira do Queijo de Oliveira do Hospital tem impacto económico superior a 2,5 milhões de Euros
Next “Coimbra Região Europeia da Gastronomia 2021” em destaque na BTL (com vídeos)

Artigos Relacionados

Informação

Seia: Raposeira abriga plantação de sequóias gigantes

Volvidos quatro anos, e depois de ultrapassadas algumas dificuldades, a Câmara Municipal de Seia e a Casa de Santa Isabel adaptaram e colocaram em prática o projeto …

Última Hora

Hóquei em Patins – no derbi a AAC vence o FCOH por 4-1

Hóquei em Patins – Campeonato Nacional da III Divisão -zona B Final: FCOH 1 – AAC 4 Partida muito disputada num derbi já antigo. A equipa da AAC mais eficaz

Informação

Bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, vai ser cardeal

O Papa Francisco anunciou ontem, em Roma, que o bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, vai ser nomeado cardeal. O consistório (reunião de Cardeais que aconselham o Papa)…

Informação

Pampilhosa da Serra aplica meio milhão de euros nas segundas habitações

A Câmara da Pampilhosa da Serra vai aplicar quase 500 mil euros na reconstrução das segundas habitações destruídas pelo fogo em 2017, aguardando….

Informação

Sinistralidade: 18 detenções, 872 infrações e 62 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 8 a 14 de janeiro, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a

Região

Região: Mulher de 35 anos morreu em acidente de trabalho

Um acidente de trabalho na Cinca – Companhia Industrial de Cerâmica SA, no Travasso, no concelho da Mealhada, provocou ontem a morte a uma funcionária.

Informação

CIM da Região de Coimbra afirma território na BTL

A Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra está a apostar numa afirmação forte dos 19 municípios que a integram na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL).

Informação

Nelo Silva é o candidato do CDS à Junta de Freguesia da Bobadela

Em apresentação que decorreu, ontem, na Bobadela, a coligação “Construir o Futuro”, liderada pelo CDS e que integra o MPT e o PPM, apresentou o seu candidato à freguesia da

Informação

 “Convidámos mil e outros poderiam cá estar. O meu coração e o coração de Oliveira do Hospital está com todos aqueles que nos ajudaram a renascer”

A Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital ficou marcada, este fim de semana, pela realização do almoço solidário com mil pessoas organizado pela Câmara Municipal, …

Última Hora

Homem de 80 anos morreu afogado em vala junto ao rio Mondego

Um homem com cerca de 80 anos morreu, ontem, afogado numa vala adjacente ao rio Mondego, junto à Mata Nacional do Choupal, em Coimbra.

Última Hora

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 11 de maio, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 24.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.