Serra da Estrela é candidata a Património Agrícola Mundial

Serra da Estrela é candidata a Património Agrícola Mundial

A Organização das Nações Unidas Para a Alimentação e Agricultura (FAO) considera a Serra da Estrela como “um ponto onde Portugal se encontra” e, por isso, é candidata ao programa de Sistemas Importantes do Património Agrícola Mundial (SIPAM).

A FAO, que se fez acompanhar por uma delegação chinesa de Zhagana, no passado fim-de-semana ao concelho de Oliveira do Hospital, procedeu à assinatura de um acordo de cooperação com a CIM Região de Coimbra que é candidata à Capital Europeia da Gastronomia 2021.

Os SIPAM, aos quais a região da Serra da Estrela se candidata, pretendem contribuir para a sua preservação dinâmica e a sua valorização.

Na cerimónia de assinatura deste acordo, que decorreu no passado sábado, no Stroganov Hotel, em Fiais da Beira, Francisco Sarmento, representante da FAO em Portugal, afirmou que “hoje estamos particularmente mais ocupados para saber como é que alimentamos este planeta de forma saudável” e considera que este “é o grande desafio”.

 

“Iniciativas como esta de Coimbra, ou até a classificação de sistemas agrícolas, dá-nos uma oportunidade de começar a construir o futuro”, referiu. Para Francisco Sarmento, o facto de “o Ministério da Saúde gastar entre 60 a 70 por cento dos seus orçamentos a tratar de doenças derivadas do padrão alimentar, põe em causa o próprio sistema de saúde pública”. O responsável afirmou que é impensável “voltar ao passado” e, para isso, “temos de valorizar o conhecimento tradicional associado a estes a estes sistemas agrícolas”.

Quanto à candidatura da Serra da Estrela, o representante da FAO em Portugal considera que esta é o “ponto onde Portugal se encontra” e, por isso, “tudo será feito para apoiar este projeto para que chegue a bom porto”.

Por sua vez, João Ataíde, presidente da CIM Região de Coimbra, fez questão de adiantar que “a CIM Região de Coimbra apresenta-se como colaboradora da Organização das Nações Unidas Para a Alimentação e Agricultura”. “A FAO escolheu e elegeu este local e toda a orla da Serra da Estrela como sítio de eleição para o plano da sustentabilidade da alimentação, o que quer dizer que a gastronomia e a alimentação vêm diretamente da terra de uma forma saudável e numa relação muito direta entre o Homem e o seu enquadramento geográfico. Vamos colaborar com a FAO para aquilo que for necessário em termos de apresentação do território. O que o júri elegeu como sendo um grande fator de majoração foi precisamente o plano de sustentabilidade e a relação entre a nossa alimentação tradicional e os locais”, concluiu.

Para José Francisco Rolo, vice-presidente do Município de Oliveira do Hospital, foi uma “honra receber esta iniciativa porque marca o início de um processo e dá um novo fôlego a um projeto que participámos desde a primeira hora que é o Coimbra- Região Europeia da Gastronomia 2021, onde temos envolvidos vários operadores na área da restauração”. “Este projeto permite valorizar a gastronomia local e elevar os patamares de qualidade de segurança alimentar”, adiantou.

Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Previous Cristina Costa, investigadora na área da micologia, é convidada do Espaço BLC3- Ciência no Interior
Next “SOS ARGANIL” promove nova ação de reflorestação

Artigos Relacionados

Informação

Rendimento Desportivo em debate no Ciclo de Conferências de Desporto

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH), em parceria com a Eptoliva,  retoma no próximo dia 20 de abril, a partir das 21h00, no auditório da Caixa de Crédito

Região

Associação de vítimas do incêndio de outubro reúne amanhã com o Presidente da República

A Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) vai reunir amanhã, dia 17 de fevereiro, com o Presidente da República, pelas 18h00, no Palácio de Belém.

Região

Músico desaparecido tem ligações familiares a Oliveira do Hospital (com vídeo)

O baixista da banda Sean Riley & The Slowriders, Bruno Simões, continua desaparecido desde a madrugada de quinta-feira passada….

Região

Fernando Tavares Pereira apresentou candidatura à Câmara Municipal de Tábua

Fernando Tavares Pereira entrou oficialmente na corrida à Câmara Municipal de Tábua. Ao final de tarde sábado apresentou a sua candidatura pelo PSD à autarquia com críticas à atuação do

Sociedade

Oliveira do Hospital é 21º município mais transparente do país

O Município de Oliveira do Hospital ocupa o lugar 21 no índice da Associação Cívica Transparência e Integridade, que mede a disponibilização de informação de interesse público nos sites dos

Educação

I Torneiro de Educação Gamificada no Agrupamento de Escolas de Gouveia

O Agrupamento de Escolas de Gouveia realiza o I Torneio de Educação Gamificada na próxima sexta- feira, dia 15 de junho, pelas 14h00, no pavilhão gimnodesportivo da Escola Secundária de

Informação

“Record” destaca golo de jogador do Nogueirense como candidato ao prémio “Puskas”

O jornal Record destaca na sua edição online o golo de Samuel Garrido, jogador da AD Nogueirense, no último fim de semana em Anadia, que…

Informação

Homem morreu em Penela após queda numa lareira

Um homem de 90 anos morreu esta terça-feira, em Penela, na sequência de uma queda sobre a lareira da sua casa.

Última Hora

Ordem de Malta apoia FAAD com equipamento hospitalar

O presidente da Ordem de Malta, Guido Stoeckli, visitou esta manhã a Fundação Aurélio Amaro Diniz (FAAD), onde comprovou a boa utilização do equipamento hospitalar de que a instituição tem

Informação

Médicos dão consultas grátis em Lagares da Beira para vítimas dos incêndios

Mais de uma dezena de médicos realiza, nos dias 9 e 10 de dezembro, consultas grátis no quartel de bombeiros de Lagares da Beira,…

Informação

Família faz apelo para encontrar homem desaparecido desde os fogos de outubro

Rui Costa, de 49 anos, está dado como desaparecido desde os incêndios de outubro em Folgosinho, no concelho de Gouveia. A família lançou um apelo no Facebook.

Última Hora

Colisão entre dois veículos na EN1 faz um ferido grave

Uma pessoa ficou ferida com gravidade, ontem ao final da tarde, na sequência de uma colisão entre dois veículos ligeiros na EN1, em Avelãs de Caminho, Anadia.