Semana vai terminar com descida das temperaturas

Semana vai terminar com descida das temperaturas

image_pdfimage_print

Esta sexta-feira vai ficar marcada pela descida das temperaturas, situação que se vai verificar durante o fim de semana. As previsões do Instituto Português do Mar …

… e da Atmosfera apontam para céu nublado em praticamente todo o País.

Na capital portuguesa, Lisboa, as temperaturas vão variar entre os 7 e os 15 graus, ao passo que no Porto a temperatura mínima desce até aos 4 graus e a máxima atinge os 13 graus.

O distrito mais frio esta sexta-feira é Bragança, que tem como temperatura mínima os 0 graus. Na cidade da Guarda, as previsões são de céu parcialmente nublado, com a máxima a atingir os 15 graus e a mínima a chegar aos 8 graus.

Na região Sul, tanto Faro como Sagres apresentam céu pouco nublado, com os termómetros a chegarem bem perto dos 20 graus. As previsões indicam ainda precipitação fraca no litoral a norte do Cabo Mondego, em especial no Minho.

No concelho de Oliveira Hospital, hoje, as temperaturas vão oscilar entre os dois graus de mínima e os 11 graus de temperatura máxima

Previous Pousada do Convento do Desagravo vai reabrir com Flagworld Group
Next 5º circuito Municipal de Escolas de Natação em Arganil

Artigos Relacionados

Informação

Criança ficou ferida após atropelamento em Tábua

Uma criança de cinco anos ficou ferida, ontem à tarde, na sequência de um atropelamento na localidade de Pinheiro de Coja, em Tábua.

Informação

FCOH e Condeixa não dão tréguas na luta pela subida de divisão

A luta pela subida no Campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra continua ao rubro. A faltarem apenas duas jornadas para o término da época, o

Informação

Guarda: Despiste de um motociclo provoca um morto e um ferido grave

O despiste de um motociclo na localidade de Corujeira, no concelho da Guarda, provocou um morto e um ferido grave.

Última Hora

Extinto incêndio em fábrica de artigos religiosos perto de Fátima

Um incêndio que deflagrou hoje de manhã numa fábrica de artigos religiosos perto de Fátima foi extinto às 09h10 e não causou vítimas, disse à Lusa uma fonte do Comando

Última Hora

Deputados do PS reuniram com  autarcas afetados pelos incêndios

Pedro Coimbra, Elza País e João Gouveia, deputados do Partido Socialista eleitos pelo Círculo Eleitoral de Coimbra, reuniram com Autarcas, …

Informação

Incêndios: Festival de música ajuda Oliveira do Hospital a recuperar dos fogos

Um festival de música eletrónica vai decorrer em São Gião, Oliveira do Hospital, de 21 a 24 de junho, e inclui trabalhos de reflorestação e ajuda financeira à reconstrução de

Última Hora

Autarca de Oliveira do Hospital acusa o governo de discriminação na ajuda pós-incêndios

O presidente da câmara de Oliveira do Hospital acusa o Governo de estar a discriminar o concelho, comparando com a ajuda dada a Pedrogão Grande, por causa dos incêndios.

Informação

Seia: Orçamento Participativo Escolar recebeu sete propostas

O Município de Seia voltou a dar voz aos alunos e, nesta que já é a 3ª edição do Orçamento Participativo Escolar, recebeu sete propostas,…

Politica

Eduardo Cabrita encara solução para IP3 “absoluta prioridade” nacional

O ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, defendeu ontem que é de absoluta prioridade nacional encontrar uma solução para o Itinerário Principal 3 (IP3), …

Informação

Oliveira do Hospital celebra Dia Mundial da Água e anuncia construção de novas Estações de Tratamento de Águas Residuais.

O Município de Oliveira do Hospital comemora o Dia Mundial da Água, que se celebra a 22 de março, com a abertura de uma exposição intitulada “O Valor da Água”,

Informação

Orquestra Clássica do Centro dá concerto na Mealhada com Bandas Filarmónicas da Região de Coimbra

Amanhã, dia 2, às 21h30, a Orquestra Clássica do Centro (OCC) convida músicos de várias Bandas Filarmónicas dos municípios de Coimbra, Mealhada e Oliveira do Hospital…

Última Hora

Associação de apoio às vítimas acusa governo de qualificar empresários como “portugueses de terceira”

A Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) está contra as primeiras ajudas regulamentadas pelo Governo destinadas às empresas afetadas pelo incêndios de 15 e 16