Seis meses após o grande incêndio: Alexandrino considera que “há aqui um tempo de esperança”

Seis meses após o grande incêndio: Alexandrino considera que “há aqui um tempo de esperança”

Há seis meses, o grande incêndio de 15 de outubro tirou-lhe o “sonho de poder transformar Oliveira do Hospital”, mas o presidente do Município não se deixa desarmar pela tragédia, considerando que “há aqui um tempo de esperança”.


Passaram seis meses, mas para José Carlos Alexandrino parece que passaram seis dias. “Foi tudo demasiado rápido com muitos desafios permanentes”, entende o autarca, que também acredita que para as pessoas que perderam as suas casas e os seus bens, os seis meses corresponderão a “seis anos”. Admite que “as coisas têm andado de forma lenta”. José Carlos Alexandrino “gostaria que houvesse resoluções e respostas mais rápidas” no apoio às empresas e à recuperação das habitações, mas também dos próprios bens públicos cujos prejuízos, são na ordem de um milhão e meio de Euros. “Os problemas que se apresentam são de grande complexidade ao nível empresarial. Nas primeiras habitações tem havido grande burocracia”, refere o autarca.

Após seis meses, José Carlos Alexandrino garante que as casas com prejuízos até 25 mil Euros têm vindo a ser adjudicas. A maior demora reside na recuperação das cerca de 50 casas totalmente afetadas pelo fogo e cujo concurso promovido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) “ficou deserto”, não havendo interesse por parte de empresas construtoras, fosse pelo preço a praticar, fosse pelo tempo de conclusão das obras (até 31 de dezembro de 2018). Adiantou que a CCDRC está agora a convidar empresas para adjudicação direta. Esta é uma matéria que para o autarca deve ser célere para dar novo ânimo às famílias. “Tirando as famílias, ninguém mais do que o presidente da Câmara quer ver estas famílias felizes”, refere.

O momento é de “luta”, a exemplo do que vem sendo feito pelos empresários do concelho. “O governo fez bem ao aumentar os apoios até 85 por cento”, disse à Rádio Boa Nova, considerando que “há aqui um tempo de esperança”. “Temos alguma confiança”, reforçou, notando que no caso da Agricultura mantém pressão junto do governo para que torne possíveis as candidaturas aos agricultores que por desconhecimento não finalizaram o pedido de apoio, e que serão cerca de 20.

O incêndio de 15 de outubro tirou a vida a 12 pessoas no concelho. “Este é um processo altamente doloroso. Todos sentimos isto na carne e muito mais quem perdeu os seus entes queridos”, refere, verificando porém que o apoio às famílias “correu bem”. Mas, nota, “não há dinheiro que pague as vidas humanas”. Seis meses após o incêndio há ainda “quatro pessoas internadas. Entre elas a “princesa Leonor” que “tem reagido bem”.

Sobre aquele fatídico dia, José Carlos Alexandrino volta a reforçar a sua ideia, comprovada em relatório, de que o aconteceu não foi um incêndio, mas o que chama de “ciclone de fogo”. E atendendo à devastação e “não querendo ser pessimista”, o autarca sabe que a recuperação da floresta “vai demorar bastante tempo”. Entende que “este não é o tempo das pressas”, mas sabe que “é preciso projetar o concelho em termos futuros”. Confidencia: “este incêndio tirou-me o sonho de poder transformar Oliveira do Hospital”. “Tinha a ideia de um mandato ligeiramente diferente”, refere o autarca que perspetivava melhorias na Zona Industrial, Zona Histórica, acessos à Estrada da Beira, entre outros… “Ninguém estava preparado para isto. Ainda hoje não estou preparado para aquilo que nos aconteceu”, confessa.

image_pdfimage_print
Previous Grande incêndio foi há seis meses. “O nosso principal objetivo é que isto nunca mais volte a acontecer”
Next Semana com sol e subida das temperaturas

Artigos Relacionados

Última Hora

GNR recuperou cinco aves em Tábua

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Lousã, apreendeu ontem, dia 28 de março, em Espariz – Tábua, cinco aves que se

Informação

Ação de reflorestação e limpeza em Avô assinalou Dia da Floresta

O Município de Oliveira do Hospital assinalou o Dia Internacional da Floresta com uma ação de reflorestação e de limpeza, em Avô, que contou com o envolvimento de crianças e

Destaque

Oliveira do Hospital assinalou dia da tolerância com “Cassador de Muros” e críticas a Donald Trump

Oliveira do Hospital assinalou ontem o Dia Internacional da Tolerância com a apresentação do livro “O Cassador de Muros” de Ana Filomena Amaral.

Sociedade

Paulo Marques tem mais de 150 animais a seu cargo. Já cuidou de muitos mais…

Neste dia Mundial do Animal, a Rádio Boa Nova foi falar com Paulo Marques, um oliveirense que não esconde a enorme paixão pelos seus amigos de duas e quatro patas.

Sociedade

Oliveira do Hospital regista meio milhão de prejuízos no turismo. 64 quilómetros de percursos pedestres foram afetados

O incêndio de 15 de outubro afetou fortemente o potencial turístico do concelho de Oliveira do Hospital, com registo de meio milhão de euros de prejuízos.

Região

Seia comemora Dia Municipal do Bombeiro

O Município de Seia presta homenagem aos bombeiros do concelho no próximo sábado, 19 de maio. O Dia do Municipal do Bombeiro, institucionalizado no ano passado, …

Informação

GNR fez 21 detenções e detetou 317 infrações no distrito na última semana

O Comando Territorial Coimbra da GNR, realizou no período entre 17 e 23 de maio, um conjunto de operações, no distrito de Coimbra, que visaram a prevenção e combate à

Informação

Proteção Civil emite aviso à população devido ao frio

O tempo frio que se vai acentuar a partir desta segunda-feira, de acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), levou a Autoridade Nacional de

Última Hora

PJ deteve homem suspeito de atear incêndio em Mangualde

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, deteve um homem de 41 anos, solteiro, copeiro, pela presumível prática …

Informação

País: GNR deteve 157 pessoas em flagrante delito no fim de semana

A Guarda Nacional Republicana deteve 157 pessoas em flagrante delito durante o fim de semana e apreendeu 546 doses de haxixe e 195 doses de heroína. Em comunicado sobre o

Última Hora

 “Convidámos mil e outros poderiam cá estar. O meu coração e o coração de Oliveira do Hospital está com todos aqueles que nos ajudaram a renascer”

A Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital ficou marcada, este fim de semana, pela realização do almoço solidário com mil pessoas organizado pela Câmara Municipal, …

Última Hora

Incêndio em Góis está dominado

O incêndio em Góis, no distrito de Coimbra, foi dado como dominado hoje às 07h41, informou aos jornalistas no local o comandante operacional, Carlos Tavares.

Última Hora

Deputados do PS reuniram com  autarcas afetados pelos incêndios

Pedro Coimbra, Elza País e João Gouveia, deputados do Partido Socialista eleitos pelo Círculo Eleitoral de Coimbra, reuniram com Autarcas, …

Última Hora

GNR identificou suspeito de burla em Tondela

  A GNR anunciou hoje ter identificado um homem, de 20 anos, suspeito de burlar empresas através de compras na Internet, em Tondela.

Destaque

“Hoje, Oliveira do Hospital é mais cidade, do que era há 25 anos”

O Município oliveirense assinalou, ontem,  dia 2 de julho, os 25 anos de elevação da vila de Oliveira do Hospital a cidade, com o descerramento de uma placa no edifício

Informação

“Comboios na Beira Alta” em exposição no Museu Natural da Electricidade

O Museu Natural da Eletricidade assinala amanhã, dia 11, o seu 6º aniversário com a abertura, pelas 15h, de uma nova exposição temporária alusiva ao mundo ferroviário.

Informação

Agricultores lesados dos incêndios exigem “ajudas justas” ao Governo

Vários agricultores atingidos pelos incêndios de 2017 manifestaram-se, hoje, em Góis e entregaram ao ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, e ministro-adjunto, Pedro Siza Viera,…

Região

Temperaturas descem um pouco e até pode chover

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, …

Região

ADIBER assinou protocolo que beneficia a Beira Serra em mais de 2,1 milhões de Euros

A ADIBER  assinou, em Mangualde, o Protocolo de Articulação Funcional com a Autoridade de Gestão do PDR2020, que permite à região da Beira Serra …

Última Hora

ESTGOH capta 41 alunos na 2ª fase de acesso ao ensino superior

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital conseguiu a colocação de 41 novos alunos. Engenharia Informática foi o curso com mais alunos colocados.

Sociedade

Novo modelo da Peugeot Citröen vai criar 400 novos postos de trabalho em Mangualde

A produção do novo modelo automóvel na fábrica da Peugeot-Citroen de Mangualde, a partir do próximo ano, poderá criar mais 300 postos de trabalho na linha de produção.

Desporto

Sampaense Basket perde no Maia Basket por 79-68

O Sampaense teve “quase tudo” para sair do pavilhão da Maia, com a sua primeira vitória . Com uma entrada muito forte, a equipa de Cláudio Figueiredo foi crescendo na

Informação

Estudantes de Oliveira do Hospital insistem na remoção de amianto

A Associação de Estudantes do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital insiste na necessidade de remover os materiais com amianto da sede do agrupamento, pedindo a intervenção do primeiro-ministro,

Última Hora

“Estou a movimentar-me para continuar. Mas, para me reerguer preciso de ajuda”

A Carpintaria Brito, na Zona Industrial de Oliveira do Hospital, foi uma das 85 empresas afetadas pelo incêndio de 15 de outubro no concelho.