Seia: Pista de atletismo vai ser renovada. Prazo de recuperação da rede hidrográfica alargado. Assinatura revisão do ACEP com a STAL

Seia: Pista de atletismo vai ser renovada. Prazo de recuperação da rede hidrográfica alargado. Assinatura revisão do ACEP com a STAL

image_pdfimage_print

A Câmara Municipal viu aprovada a candidatura ao Programa “BEM – Beneficiação de Equipamentos Municipais”, na ordem dos 190 mil euros, referente à renovação da pista de Atletismo do Estádio Municipal de Seia.

O contrato-programa para a recuperação da pista de atletismo estabelece uma comparticipação financeira de 113.594,40€ e foi rubricado no passado dia 20 de dezembro, numa cerimónia que contou com a presença do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, o Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, e da Presidente da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro, Ana Abrunhosa.

Para além de Seia, o programa abrange outras cinco autarquias da Região Centro (Almeida, Alvaiázere, Gouveia, Manteigas e Trancoso), que também receberão apoio financeiro para remodelar ou requalificar equipamentos municipais, em territórios de baixa densidade, no valor de 813 mil euros.

Para o edil, a viabilização da proposta da recuperação da pista, intervenções necessárias e urgentes, permitirá qualificar a nossa pista de atletismo para a realização de provas oficiais, voltando a cumprir os requisitos da Associação Internacional das Federações de Atletismo, e garantirá neste concelho de interior a existência de uma infraestrutura desportiva digna e relevante para a afirmação de Seia no campo desportivo.

As intervenções a realizar dotarão igualmente a pista das condições ideais para o treino do atletismo e outras modalidades associadas, nomeadamente para os dois clubes do concelho que disputam o Campeonato Nacional da 1ª Divisão (facto apenas igualado por Lisboa), beneficiando também a prática de atividade física dos munícipes, com mais de 10.000 utilizadores anuais.

Inaugurada em 2003, a pista de atletismo de Seia está inserida no Complexo Desportivo da Quinta da Nogueira, em conjunto com os campos de ténis e estádio municipal com relvado natural, e esteve homologada pela Federação Portuguesa de Atletismo até 2011, tendo durante este período sido utilizada constantemente para a realização de competições e treino.

As condições de utilização, mas em especial a exposição aos fatores climáticos da região, com temperaturas baixas (com gelo) no inverno e as temperaturas elevadas e exposição solar intensa do verão, levaram à degradação acelerada do pavimento, condicionando a utilização da infraestrutura para as várias modalidades, impedindo a sua utilização para a realização de provas desportivas oficiais.

Além dos problemas visíveis de degradação de marcações e alguns danos superficiais, a pista apresenta problemas estruturais do pavimento que implicam a renovação parcial da camada superficial (tartan), acompanhando a candidatura a substituição de equipamentos da modalidade.

Recuperação da rede hidrográfica com prazo alargado até julho

Filipe Camelo falou ainda da adenda ao protocolo de colaboração ao Fundo Ambiental para Financiamento das Intervenções Urgentes e Inadiáveis de Regularização Fluvial, assinado no passado dia 20 de dezembro com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), que estabelece um novo prazo (até julho de 2019) para a conclusão dos trabalhos de recuperação fluvial nas zonas afetadas pelo incêndio de outubro de 2017.

A adenda ao protocolo resulta da impossibilidade do Município, à semelhança de outros 48 protocolos estabelecidos a nível nacional, de concluir os trabalhos até ao final deste ano, justificado por atrasos no procedimento de contratação, condições atmosféricas adversas, que originaram a impossibilidade de executar as intervenções previstas numa época de caudal elevado.

Recorde-se que o protocolo de colaboração estabelece financiamento no valor global de 430 mil euros para a execução de obras de engenharia natural em áreas afetadas pelos incêndios, com incidência nos rios Alva, Mondego, Seia e ribeira de Alvoco, por forma a garantir o escoamento dinâmico nas linhas de água, minimizar a erosão e o arrastamento dos solos e, por sua vez, o efeito das cheias e inundações, assegurando as condições necessárias para o uso geral das linhas de água.

Os trabalhos a realizar no rio Alva e ribeira de Alvoco consistem na realização da limpeza marginal, consolidação e reperfilamento do leito e taludes marginais, construção de travessões para correção torrencial e reparação de açudes existentes.

Já no rio Seia, estão previstas ações de corte e remoção de material vegetal arbóreo e arbustivo ardido, a remoção de sedimentos e outros materiais nos leitos, a consolidação e recuperação de taludes (de forma a minimizar a erosão e o arrastamento dos solos), a reposição / reabilitação da galeria ripícola (plantação e/ou sementeira de espécies autóctones) e a reabilitação de açudes existentes, com objetivos de correção torrencial.

No rio Mondego serão executadas ações de limpeza marginal.

Câmara assinou revisão do ACEP com a STAL

O autarca senense deu igualmente conhecimento do novo ACEP (Acordo Coletivo de Empregador Público) estabelecido com os membros da Direção Regional da Guarda do STAL (Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local, Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins).

O documento prevê a reposição de alguns direitos que haviam sido, injustamente, retirados aos trabalhadores pela administração central, durante o período em que o País esteve sob assistência financeira.

Este ACEP restabelece o direito aos 25 dias úteis de férias, em função da avaliação de desempenho, a consolidação das tolerâncias de ponto no dia do aniversário do trabalhador, bem como algumas alterações no que diz respeito à Segurança e Higiene no trabalho, entre outras.

O presidente do Município destaca a importância destes acordos, na medida em que não só permitem a reposição de direitos dos trabalhadores, como também constituem um fator de motivação para o futuro, elogiando o excelente espírito de diálogo mantido entre ambas as partes durante as negociações, que permitiu alcançar este resultado.

Previous Quase mil pessoas apanhadas a conduzir com álcool. 300 ficaram detidas
Next Operação “DRUGS” da GNR: 24 detenções e 174 indivíduos identificados por tráfico de droga

Artigos Relacionados

Destaque

Carnaval volta a animar a freguesia de Nogueira do Cravo

É já a partir de sexta-feira, dia 24 de fevereiro, que a freguesia de Nogueira do Cravo reedita a tradição Carnavalesca. Recuperado em 2010, depois de vários anos de interregno,…

Última Hora

Turismo Centro de Portugal apresentou mapa conjunto com a Extremadura Espanhola na BTL

O Centro de Portugal e a Extremadura espanhola são “regiões irmãs” e têm tudo a ganhar se elaborarem estratégias comuns na área do turismo. Este foi o mote …

Informação

Ervedal da Beira recupera tradição perdida há mais de 70 anos. Solene Procissão do Senhor dos Passos acontece domingo à tarde

No próximo domingo, dia 13, realiza-se em Ervedal da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, a Solene Procissão do Senhor dos Passos. Própria deste período quaresmal, a iniciativa acontece

Sociedade

Turismo de Portugal e SFORI realizam 1ª Edição do 12h Turismo em Oliveira do Hospital

A cidade de Oliveira do Hospital vai ser anfitriã da 1ª edição do “12H de Turismo”, desenvolvido pela SFORI, consultora que atua nas áreas de desenvolvimento organizacional …

Última Hora

“Ca$h Resto Z€ro” na Rádio Boa Nova

À sexta feira o “Ca$h Resto Z€ro” traz a opinião à Rádio Boa Nova. Um olhar sobre a política, a economia e as pessoas com a assinatura de Vítor Neves.

Desporto

Ténis de Mesa solidário com as vítimas do grande incêndio de outubro

A equipa de ténis de mesa do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) iniciou, na sexta-feira, a participação no campeonato distrital…

Região

Homem morre na sequência de queda num aqueduto em Coimbra

Um homem de 51 anos morreu hoje na sequência de uma queda de um aqueduto na estrada nacional que liga Souselas a Botão (N 336), próximo de um viaduto no

Programas

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 9 de fevereiro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 15.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Sociedade

Casimiro Santos chega à cidade de Oliveira do Hospital com L’Artista Colcurinho

Abriu hoje em Oliveira do Hospital um novo espaço com a marca L’Artista. Trata-se do L’Artista Colcurinho que, a partir da recuperação de uma emblemática sala da cidade, …

Informação

Municípios assinam protocolos para recuperação de casas ardidas  até final do ano

O município de Tondela assinou, ontem, o protocolo para a recuperação das 219 casas afetadas pelos incêndios de 15 e 16 de outubro,…

Região

ANPC, Município de Góis e Bombeiros de Góis assinam protocolo para constituição da Equipa de Intervenção Permanente

A Câmara Municipal de Góis, a Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Góis assinaram, no passado dia 4 de maio,…

Sociedade

Músico desaparecido tem ligações familiares a Oliveira do Hospital (com vídeo)

O baixista da banda Sean Riley & The Slowriders, Bruno Simões, continua desaparecido desde a madrugada de quinta-feira passada….