Saúde Mental: Em Oliveira do Hospital são acompanhadas “cerca de 400 pessoas” após o grande incêndio

Saúde Mental: Em Oliveira do Hospital são acompanhadas “cerca de 400 pessoas” após o grande incêndio

O auditório do Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital foi palco das comemorações do Dia Mundial da Saúde Mental que este ano se relaciona, inevitavelmente, com os incêndios de outubro do ano passado.

Na iniciativa, organizada pela Administração Regional de Saúde do Centro, José Francisco Rolo, vice-presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, agradeceu à organização por ter escolhido o Município oliveirense para ser protagonista deste evento de saúde, numa altura em que Oliveira do Hospital está a “renascer”.

“Fizeram bem em escolher Oliveira do Hospital. Somos terra de bom acolhimento, uma terra que há um ano foi fustigada por um violento incêndio que, para além de ter queimado a nossa floresta, empresas e empregos, também queimou a resistência de muitas pessoas. Todos nós ficámos afetados”, afirmou José Francisco Rolo, adiantando que “há um sentimento de perda na comunidade, da qual se está a renascer e a recuperar”.

O vice-presidente dirigiu ainda uma palavra especial à Equipa de Saúde Mental Comunitária Pinhal Interior Norte pelo “trabalho inexcedível”, no apoio às vítimas dos incêndios de 15 de outubro de 2017.

A Equipa, coordenada por Célia Franco, acompanha, neste momento, “cerca de 400 utentes que serão monitorizados durante pelo menos três anos”. Composta por um psiquiatra, uma psicóloga clínica, duas enfermeiras especialistas e duas assistentes sociais, a Equipa, o Serviço Nacional de Saúde e o Centro de Saúde de Oliveira do Hospital “ficaram valorizados no serviço de proximidade nas populações”.

“Não valeu a pena. Valeu a decisão. Porque isto não é sobre pena, é sobre cuidados”, afirmou o responsável, dando conta de que, até 31 de dezembro de 2017 a Equipa realizou 589 consultas.

Na ocasião, o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, referiu que foi importante a resposta das equipas, uma vez que ninguém estava preparado para estes acontecimentos, salientando que são necessárias estratégias para ultrapassar “os trágicos acontecimentos ocorridos no concelho, que muitos enfrentaram com resiliência”.

“Foi indispensável o papel das equipas que estiveram no terreno naqueles dias, semanas e meses que se seguiram. Sei que estamos no caminho certo”, rematou Fernando Araújo.

A sessão contou com um vasto painel de especialistas, nomeadamente representantes do Conselho Nacional de Saúde Mental, da Coordenação da Reforma do SNS para a área dos Cuidados Continuados Integrados, da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção de Crianças e Jovens e especialistas na área da Saúde Mental e da Segurança Social.

Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Previous Museu da Vista Alegre e Centro de Negócios do Fundão venceram nos RegioStars 2018
Next Coimbra: Motociclista de 16 anos morre em despiste e colisão com camião

Artigos Relacionados

Região

PJ deteve suspeito de pornografia de menores em Fornos de Algodres

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, procedeu à detenção de um homem de 27 anos,…

Última Hora

Município de Góis aposta em ações de sensibilização na prevenção de incêndios e limpeza da floresta

O Município de Góis tem em curso a limpeza de todos os espaços sob sua administração, inseridos em áreas de faixas de gestão de combustíveis dos aglomerados populacionais bem como

Última Hora

Suspeito de tentativa de homicídio há oito anos foi detido pela PJ

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 41 anos suspeito da tentativa de homicídio de dois homens há cerca de oito anos, em Coimbra,..

Última Hora

Maratona de Seia XCM vai apurar atleta para Red Bull

A Maratona de Seia XCM Aldeias de Montanha (2016), que acontece durante este fim-de-semana, com as competições a decorrer no dia 19 de junho, irá ser palco …

Última Hora

Incêndios: Autarca de Arganil rejeita “medidas em cima da tragédia”

O presidente da Câmara de Arganil, Ricardo Alves, rejeita que novas medidas nas áreas da proteção civil e do ordenamento florestal sejam tomadas pelo Governo “em cima da tragédia”.

Informação

Município de Arganil aposta na intervenção em infraestruturas hidráulicas na EN342

A Câmara Municipal de Arganil deu início à substituição e execução de um conjunto de infraestruturas hidráulicas existentes junto à Estrada Nacional 324, no troço entre Arganil e Côja.

Última Hora

mOHve-te no Verão 2018 contou com mais de mil participantes

O programa mOHve-te no Verão 2018 encerra hoje, pelas 21h00, no Largo Ribeiro do Amaral, com a dinamização das atividades praticados nos últimos dois meses.

Região

Colisão no IP3 causou a morte a jovem de 17 anos

Uma adolescente de 17 anos, morreu no sábado à noite, numa colisão com um veículo ligeiro no IP3, em Cunhedo, no concelho de Penacova.

Última Hora

Campanha do Turismo Centro de Portugal conquistou Prémios Internacionais de Viagem e Turismo

A campanha promocional “Turismo Centro Portugal – Visitar e Ficar é Ajudar”, do Turismo Centro de Portugal, foi uma das grandes vencedoras dos prestigiados Prémios Internacionais de Viagem e Turismo “International

Informação

Governo sugere eventos de empresas no Interior para relançar turismo

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, apelou ontem às empresas para realizarem reuniões e outras iniciativas nos concelhos mais afetados…

Informação

Oliveira do Hospital acolhe exposição e debate sobre Violência Doméstica

Até ao final do mês de junho encontra-se patente, em Oliveira do Hospital, a exposição “Aqui morreu uma Mulher” que reúne um conjunto de fotografias recolhidas…

Última Hora

Oliveira do Hospital e vila de Avô galardoadas com a Bandeira “Cidades de Excelência” (com áudio)

Oliveira do Hospital e a vila de Avô foram, esta manhã, galardoadas com a Bandeira “Cidades de Excelência – Nível II”, como reconhecimento público do trabalho…