Santuário de Nossa Senhora das Preces convida para secular romaria (com vídeo)
25 Junho, 2018 2636 Views

Santuário de Nossa Senhora das Preces convida para secular romaria (com vídeo)

image_pdfimage_print

É já no próximo fim de semana, 30 de junho e 1 de julho, que se realiza a secular romaria de Nossa Senhora das Preces, em Vale de Maceira, no concelho de Oliveira do Hospital.

Ponto de encontro de fiéis do concelho e de toda a região, a romaria vai ser presidida (no domingo) pelo Vigário Geral da Diocese de Coimbra, o padre Pedro Miranda.

A Irmandade de Nossa Senhora das Preces ultima, por estes dias, os preparativos para a romaria que, ano após ano, continua a atrair muitos fieis e peregrinos ao Santuário localizado em Vale Maceira, no concelho de Oliveira do Hospital. Abel Gouveia, presidente da Irmandade, ainda lembra e tem guardados registos dos tempos áureos da romaria, que atraía excursões provenientes de toda a região e vários pontos do país. “Toda a região das beiras e interior Norte e Centro, desde Cinfães do Douro até Cernache do Bonjardim, tudo recorria à Senhora das Preces, naquele tempo”.  A romaria tem perdido dimensão. “Atualmente vai tudo para Fátima. Queremos inverter a situação, mas está um bocado difícil”. Tem, contudo, valido as visitas ao Santuário ao longo do ano e que situaram nas “28 mil pessoas em visitas guiadas em 2016”.

É vontade da Irmandade conferir novo fôlego à Romaria. A participação do Vigário Geral que vai presidir à missa campal (no domingo, pelas 11h30) é motivo de satisfação para Abel Gouveia. É uma situação que engrandece os festejos”. No sábado, dia 30 de junho à noite, terá também lugar a procissão de velas, com via sacra e arraial. Já no domingo, a missa campal vai ser precedida de primeira missa às 09h30 na igreja do Santuário. E à tarde, pelas 16h00, acontece a habitual e muito sentida procissão do Adeus.

O Santuário de Nª Srª das Preces remonta ao ano de 1371. “Merecia outra atenção. Temos fracos recursos, vamos tentando proteger com as receitas que os peregrinos nos deixam. A Câmara Municipal tem ajudado, mas é sempre pouco. A diocese também não pode ajudar”. No imediato impõe-se a substituição do telhado da igreja, que representa uma despesa de mais de 30 mil Euros, que vai contar com o apoio da Câmara Municipal. O santuário conta com 13 capelas, com imagens em tamanho real. Do conjunto faz parte a capela de Nª Srª das Necessidades, no Monte do Colcurinho. “Estão ao natural. Quando não há ordens, nem dinheiro, deixamos como está”. Num passado recente mereceu polémica a intervenção que foi feita em algumas imagens.

No passado dia 15 de outubro, o Santuário foi cercado pelo grande incêndio, com registo de prejuízos na casa de apoio ao peregrino e perda de espécies no jardim botânico. A Fundação Calouste Gulbenkian premiou o Santuário com prémio Vilalva (50 mil Euros) para a recuperação do jardim botânico. “Foi uma grande satisfação para todos nós”.

Rodolfo Albuquerque, jovem sacerdote, capelão do Santuário, deposita grandes expectativas na romaria. “Estes festejos são extremamente importantes. Têm sabor especial porque é a primeira vez que vou presidir às festas do santuário”. O jovem sacerdote tem noção de que as romarias estão a diminuir de um modo geral. Mas, no Santuário de Nª Srª das Preces há “sinais positivos”. “Há muita gente que procura o Santuário. Isso é motivo de júbilo e de alegria para a população e para o concelho de Oliveira do Hospital”.

O jovem padre não tem dúvidas de que esta é das romarias “mais importantes “ do nordeste do distrito de Coimbra. “Com a boa vontade e ajuda de todos, emigrantes, pessoas que residem fora é possível fazer com que o Santuário chegue mais longe”.

Este ano, a expectativa é de que “mais gente” participe na romaria que conta com a celebração do Vigário Geral da Diocese de Coimbra, que “é sinal” de que o Santuário tem papel importante na diocese.

“O programa da festa tem uma grande componente religiosa (…) e o espaço é convidativo para um dia agradável em família. Tem todas as condições para ser uma romaria bela em que manifestamos a nossa fé. Permite o reencontro das pessoas. Aqui, as pessoas gostam muito de bem receber”.

               

Previous PJ deteve homem de 60 anos e jovem de 18 por abuso sexual de crianças
Next Bispo de Coimbra ordenou três sacerdotes e um diácono

Artigos Relacionados

Destaque

Sinistralidade: 20 detenções, 689 infrações e 50 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 19 a 25 de fevereiro, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a

Última Hora

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 11 de fevereiro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 18.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Informação

Fogo de Monchique com 95% do perímetro dominado

O fogo rural que deflagra em Monchique desde sexta-feira já consumiu entre 15 000 e 20 000 hectares, mas já foi considerado dominado em 95% do seu perímetro.

Informação

Exposição coletiva “Coroas de Natal” em Oliveira do Hospital

O Município de Oliveira do Hospital, através do Pelouro da Cultura, está a promover a realização de uma exposição temática coletiva dedicada ao tema ‘Coroas de Natal’.

Desporto

“Sonho” da Taça de Portugal terminou para FCOH

O “sonho” da Taça de Portugal terminou, ontem, para o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH), depois de ter sido derrotado nas grandes penalidades pelo Lusitano Futebol Clube Vildemoinhos.

Informação

Previsão de chuva, frio e neve para os próximos dias em Portugal

Nove distritos do continente estão, esta quarta-feira, sob aviso laranja devido à previsão de agitação marítima forte e queda de neve.

Última Hora

Incêndios: Provedora já recebeu mais de 60 requerimentos de indemnização

Mais de 60 familiares das vítimas mortais dos incêndios florestais de junho e outubro já entregaram à Provedora de Justiça requerimentos para os pagamentos de indemnização.

Última Hora

Governo continua a proibir a caça nas zonas afetadas pelos incêndios até 2019

O Governo decidiu manter até 2019 a proibição de caçar nas zonas florestais mais afetadas pelos incêndios de junho e outubro do ano passado. A proibição entra em vigor a

Destaque

Município de Oliveira do Hospital entregou mais 13 casas recuperadas após o grande incêndio

O vice-presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo anunciou, hoje, que esta semana, a autarquia procedeu à entrega de 13 casas recuperadas …

Sociedade

Proteção Civil: Temperatura desce, mas aumenta o risco de incêndio devido ao vento

Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) avisa hoje a população para o aumento do risco de incêndio, em especial na região de Lisboa e Vale do Tejo, …

Sociedade

BLC3 inaugurou pólo em Macedo de Cavaleiros

Foi inaugurado, na sexta-feira, em Macedo de Cavaleiros, um polo que servirá como uma incubadora de empresas, desenvolvendo ideias e estimulando…

Informação

Federação do Folclore Português prestou homenagem a Manuel Mendes

Manuel Mendes, presidente da direção do Rancho Folclórico Sampaense, de S. Paio de Gramaços, no concelho de Oliveira do Hospital, foi homenageado no domingo, dia 27 de maio,…