Risco de incêndio vai aumentar nos próximos dias em Portugal continental

Risco de incêndio vai aumentar nos próximos dias em Portugal continental

image_pdfimage_print

O risco de incêndio vai aumentar nos próximos dias em vários distritos de Portugal continental, acompanhando a subida das temperaturas máximas que em algumas regiões …

… podem chegar perto dos 30 graus Celsius, segundo o IPMA.

De acordo com informação disponível hoje no ‘site’ do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para hoje está previsto risco de incêndio elevado e muito elevado em seis concelhos do distrito de Faro.

No sábado o risco aumenta, prevendo-se que seja muito elevado para quatro concelhos do distrito de Faro e elevado em 11 concelhos de Faro, Beja, Santarém e Portalegre.

O IPMA prevê para domingo um risco muito elevado de incêndio para três concelhos de Portalegre e Faro e elevado em 22 concelhos de Faro, Beja, Castelo Branco, Santarém e Portalegre.

Na segunda-feira volta a subir e na terça-feira já são mais de 70 os concelhos em risco elevado de incêndio, 16 em muito elevado e um em risco máximo (Mação, no distrito de Santarém).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o “reduzido” e o “máximo”.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para os próximos dias um aumento dos valores da temperatura máxima em Portugal continental.

A previsão aponta para céu geralmente limpo, vento em geral fraco do quadrante leste, soprando moderado no Algarve, acentuado arrefecimento noturno e subida da temperatura máxima.

No sábado os termómetros vão chegar aos 28 graus em Setúbal e 27 em Santarém. Em Lisboa vão estar 25 graus, Faro 21 e Porto 23. Para domingo prevê-se 27 graus para Setúbal e Santarém, 26 em Leiria e Braga, em Lisboa 25, Faro 21 e no Porto 24.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou entre 01 de janeiro e 17 de março 1.344 incêndios, que provocaram 1.608 hectares de área ardida.

Segundo a ANPC, a maior parte da área ardida provocada por estes incêndios de inverno foi em matos, 1.192 hectares, seguido de povoamentos (382) e de agricultura (34).

A Proteção Civil indica também que, até 17 de março, se registaram mais fogos nos distritos de Vila Real (201), Viseu (190) e Porto (185), mas “em qualquer um dos casos, os incêndios são maioritariamente de reduzida dimensão”, não ultrapassando um hectare.

Os 1.344 incêndios que deflagram em pleno inverno foram combatidos por 13.056 operacionais e envolveram 3.873 veículos e 212 meios aéreos.

Previous Temperaturas podem chegar aos 28º C no primeiro fim de semana de Primavera
Next Bombeiros de Oliveira do Hospital comemoram 97º aniversário com sentimento de “dever cumprido”

Artigos Relacionados

Nacional

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), na época natalícia, desenvolveu várias ações de fiscalização no âmbito da garantia da Segurança Alimentar

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), na época natalícia, desenvolveu várias ações de fiscalização no âmbito da garantia da Segurança Alimentar, tendo fiscalizado 296 operadores económicos que comercializam

Informação

Tábua de Queijos e Sabores espera 15 mil visitantes

O Município de Tábua procedeu ontem à apresentação da feira de queijos, que neste ano, assinala 30 anos e ganha novo nome: Tábua de Queijos e Sabores da Beira.

Última Hora

Conheça o calendário desportivo de fim de semana

No próximo domingo, dia 10 de fevereiro, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) desloca-se a Alverca. A Associação Desportiva Nogueirense (ADN) recebe a ARC Oleiros.

Destaque

Ministro da Agricultura veio à ANCOSE entregar borregas a produtores lesados pelo incêndio de 15 de outubro (com vídeo)

O Ministro  da Agricultura, Capoulas Santos, participou esta tarde, nas instalações da Ancose – Associação Nacional…

Informação

Rádio Boa Nova transmite “15 Memórias do Fogo” de 1 a 15 de outubro

A websérie “15 Memórias do Fogo”, realizada pelo oliveirense Tiago Cerveira e pelo arganilense Rodrigo Oliveira, vai ser transmitida na Rádio Boa Nova, na primeira quinzena do mês de outubro,

Última Hora

“Ca$h Resto Z€ro” destaca Fernando Santos e João Nunes como figuras do ano 2016

No último “Cash Resto Zero” de 2016, Vítor Neves destaca as figuras que marcaram o ano de 2016 no país e na região.

Região

GNR apreendeu duas armas e constituiu um arguido por suspeita de maus tratos a animais

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Investigação de Crimes e Contraordenações Ambientais, constituiu ontem como arguido um homem de 58 anos, …

Sociedade

Oliveira do Hospital “Mostra o Cartão Vermelho à Violência Doméstica”

O Município de Oliveira do Hospital, através da equipa Igualdade Local: Cidadania Responsável, com o apoio da Rede Social e dos pelouros da Ação Social e do Desporto, vai dinamizar

Politica

João Brito quer um “PSD maior” em Oliveira do Hospital

João Brito, tomou posse, no sábado, na liderança da Comissão Política de Secção do PSD de Oliveira do Hospital de olhos postos num “PSD maior”, …

Informação

Demonstração dos programas “Aldeia Segura” e “Pessoas Seguras” em Góis

O Município de Góis recebe quarta-feira, dia 9 de maio, pelas 10h30, um exercício de demonstração dos programas “Aldeia Segura” e “Pessoas Seguras”.

Última Hora

Ca$h Resto Z€ro com olhar sobre “uma das maiores desgraças de sempre”

No habitual Ca$h Resto Z€ro na Rádio Boa Nova, Vítor Neves olha esta sexta-feira para “uma das maiores desgraças de sempre” que se abateu sobre o país.

Região

Detido por tráfico de droga em Arganil

Militares do Núcleo de Investigação Criminal da Lousã detiveram, em Arganil, um indivíduo de 26 anos, por suspeita de tráfico de estupefacientes.