Região: Unidade de Ação Fiscal da GNR desmantelou rede de contrafação

Região: Unidade de Ação Fiscal da GNR desmantelou rede de contrafação

A Unidade de Acção Fiscal, através do Destacamento de Acção Fiscal de Coimbra, desmantelou nos dia 19 e 20 de fevereiro, “uma rede organizada que se dedicava ao fabrico e comercialização …

… de artigos contrafeitos, em feiras e mercados ou através das redes sociais e sites de venda eletrónica, com ocultação à administração tributária dos proveitos obtidos com a atividade criminosa desenvolvida”.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR refere que a operação é resultado  de uma investigação que decorre há cerca de dezoito meses, dirigida pelo “Departamento de Investigação e Ação Penal de Coimbra, e que levou à realização de  114 buscas, em localidades dos distritos de Castelo Branco, Setúbal, Lisboa, Aveiro, Braga, Viseu e Porto, das quais 41 a locais de fabrico, armazenagem, distribuição e de intermediação de venda de produtos contrafeitos, 38 a domicílios e 35 buscas a veículos automóveis”.

A GNR adianta que em resultado das diligências realizadas foram apreendidos 30 veículos automóveis de gama média-alta e de transporte de mercadorias, mais de 1 milhão de etiquetas, logótipos e outras matérias-primas utilizadas no fabrico de artigos contrafeitos,   48 900 peças de vestuário e calçado contrafeitos, 73 507 euros em numerário,  418 quadros de estampagem,  290 misonetes,  20 máquinas de costura,  49 telemóveis,  10 peças em ouro (valor aproximado de 6.000 euros),  quatro armas de fogo (uma pistola, um taser e duas caçadeiras),  um colete balístico, um carregador e  99 munições.

“A atividade criminosa desmantelada consistia no fabrico de vestuário e calçado em garagens, anexos de residências e zonas industriais, com utilização fraudulenta e não autorizada de marcas e patentes registadas no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e sem o cumprimento de quaisquer obrigações declarativas em sede dos impostos sobre os rendimentos e do IVA”, refere e comunicado.

Adianta a GNR que o valor do vestuário contrafeito apreendido durante a operação ascende a mais de 2 milhões de euros, estimando-se uma fraude ao Estado num montante na ordem dos 500 mil euros. No decurso da investigação tinham sido já apreendidas 52 900 peças de vestuário contrafeito, no valor estimado de cerca de 1,4 milhões euros.

Foram constituídos 25 arguidos, com idades compreendidas entre os 18 anos e os 63 anos, sendo que os principais suspeitos se encontram indiciados na prática dos ilícitos criminais de associação criminosa, fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais, contrafação e fraude sobre mercadorias.

Nesta operação foram empenhados 115 militares da Unidade de Ação Fiscal, apoiados por efetivo dos Comandos Territoriais de Viseu, Aveiro e Setúbal e por forças da Polícia de Segurança Pública.

Previous Limpeza de terrenos tem de estar concluída até 15 de março
Next Termómetros vão atingir valores anormais para a época este fim-de-semana

Artigos Relacionados

Informação

GNR da Guarda vai distribuir vestuário e calçado a instituições

À semelhança de anos anteriores, o Comando Territorial da GNR da Guarda vai proceder à entrega de roupa e calçado por várias instituições do distrito.

Sociedade

Câmara de Oliveira do Hospital lança concurso para resolver problema na praia fluvial de Avô

José Carlos Alexandrino anunciou, hoje, que o Município de Oliveira do Hospital vai avançar com concurso público para a execução imediata da requalificação da praia fluvial de Avô.

Cultura

Encontro de Janeiras em São Paio de Gramaços

No próximo domingo, 13 de janeiro, pelas 15h30, realiza-se um Encontro de Janeiras, na Igreja Matriz de São Paio de Gramaços, no concelho de Oliveira do Hospital.

Informação

Lousã acolhe debate sobre o tratamento da diabetes na região Centro

No próximo dia 22 de junho, a Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD) e o Programa Regional da Diabetes da Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro organizam, entre as 8h45

Informação

Tiago Cerveira leva “o Meio e a Gente” à urbanidade de Coimbra

As imagens com que, diariamente, o jovem Tiago Ceveira nos tem habituado e que refletem o “Meio e Gente” desta região da Beira Serra e da Serra da Estrela estão

Informação

Onze meios aéreos combatem fogo na Figueira da Foz

Mais de duas centenas de operacionais, apoiados por 11 meios aéreos, combatem um incêndio que deflagrou pelas 15h15, num povoamento florestal em Quiaios, no concelho da Figueira da Foz, distrito

Sociedade

Incêndio alerta para lixeira dentro de casa

Um alerta para incêndio numa casa da Vila Ferreira, no Loreto, em Coimbra, revelou a existência de uma lixeira no interior da habitação.

Região

Amílcar Falcão eleito novo reitor da Universidade de Coimbra

O professor da Faculdade de Farmácia, Amílcar Falcão, foi eleito esta tarde reitor da Universidade de Coimbra.

Última Hora

Acidentes nas estradas provocaram 378 mortos, mais 56 do que em 2016

O número de mortos nas estradas portuguesas aumentou este ano cerca de 17%, tendo os acidentes rodoviários provocado 378 vítimas mortais, indicou hoje a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

Informação

“Primavera Sénior – Encontro Concelhio de Idosos” junta cerca de 450 idosos no Parque do Mandanelho

O Parque do Mandanelho, na cidade de Oliveira do Hospital, acolhe hoje o “Primavera Sénior – Encontro Concelhio de Idosos”.

Informação

Câmara de Lamego decreta três dias de luto municipal

A Câmara de Lamego anunciou hoje ter decretado três dias de luto municipal pela morte de seis pessoas em explosões que ocorreram ma terça-feira numa fábrica de pirotecnia, em Avões,

Última Hora

Curso de Artes do Espetáculo da Eptoliva encantou em Góis

Prestes a finalizar o curso em Julho próximo, os finalistas do Curso de Artes do Espetáculo/Interpretação, estrearam na Casa da Cultura de Góis, …