Região: Unidade de Ação Fiscal da GNR desmantelou rede de contrafação

Região: Unidade de Ação Fiscal da GNR desmantelou rede de contrafação

image_pdfimage_print

A Unidade de Acção Fiscal, através do Destacamento de Acção Fiscal de Coimbra, desmantelou nos dia 19 e 20 de fevereiro, “uma rede organizada que se dedicava ao fabrico e comercialização …

… de artigos contrafeitos, em feiras e mercados ou através das redes sociais e sites de venda eletrónica, com ocultação à administração tributária dos proveitos obtidos com a atividade criminosa desenvolvida”.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR refere que a operação é resultado  de uma investigação que decorre há cerca de dezoito meses, dirigida pelo “Departamento de Investigação e Ação Penal de Coimbra, e que levou à realização de  114 buscas, em localidades dos distritos de Castelo Branco, Setúbal, Lisboa, Aveiro, Braga, Viseu e Porto, das quais 41 a locais de fabrico, armazenagem, distribuição e de intermediação de venda de produtos contrafeitos, 38 a domicílios e 35 buscas a veículos automóveis”.

A GNR adianta que em resultado das diligências realizadas foram apreendidos 30 veículos automóveis de gama média-alta e de transporte de mercadorias, mais de 1 milhão de etiquetas, logótipos e outras matérias-primas utilizadas no fabrico de artigos contrafeitos,   48 900 peças de vestuário e calçado contrafeitos, 73 507 euros em numerário,  418 quadros de estampagem,  290 misonetes,  20 máquinas de costura,  49 telemóveis,  10 peças em ouro (valor aproximado de 6.000 euros),  quatro armas de fogo (uma pistola, um taser e duas caçadeiras),  um colete balístico, um carregador e  99 munições.

“A atividade criminosa desmantelada consistia no fabrico de vestuário e calçado em garagens, anexos de residências e zonas industriais, com utilização fraudulenta e não autorizada de marcas e patentes registadas no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e sem o cumprimento de quaisquer obrigações declarativas em sede dos impostos sobre os rendimentos e do IVA”, refere e comunicado.

Adianta a GNR que o valor do vestuário contrafeito apreendido durante a operação ascende a mais de 2 milhões de euros, estimando-se uma fraude ao Estado num montante na ordem dos 500 mil euros. No decurso da investigação tinham sido já apreendidas 52 900 peças de vestuário contrafeito, no valor estimado de cerca de 1,4 milhões euros.

Foram constituídos 25 arguidos, com idades compreendidas entre os 18 anos e os 63 anos, sendo que os principais suspeitos se encontram indiciados na prática dos ilícitos criminais de associação criminosa, fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais, contrafação e fraude sobre mercadorias.

Nesta operação foram empenhados 115 militares da Unidade de Ação Fiscal, apoiados por efetivo dos Comandos Territoriais de Viseu, Aveiro e Setúbal e por forças da Polícia de Segurança Pública.

Previous Limpeza de terrenos tem de estar concluída até 15 de março
Next Termómetros vão atingir valores anormais para a época este fim-de-semana

Artigos Relacionados

Região

Homem morre atropelado por comboio em Aveiro

Um homem de cerca de 40 anos morreu na manhã desta terça-feira ao ser atropelado por um comboio de mercadorias na linha do Norte, em Aveiro.

Informação

Colisão entre carro e camião provoca um morto em Aveiro

Uma colisão entre um camião de mercadorias e um reboque de assistência em viagem, ao quilómetro 217 da A1, sentido Porto/Lisboa, provocou um morto, um ferido grave e um ligeiro, na

Informação

Restaurantes e bares de Oliveira do Hospital com horário alargado na época da Páscoa

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) vai conceder um alargamento do horário de funcionamento, no período da Páscoa, aos estabelecimentos de restauração e bebidas, licenciados no município.

Informação

Reconstrução de casas é a prioridade em São Gião, Oliveira do Hospital

A recuperação das quase 30 habitações que arderam na freguesia de São Gião, Oliveira do Hospital, é a prioridade da Junta de Freguesia,…

Região

GNR realiza operação “Residência Segura”

A Guarda Nacional de Republicana (GNR), entre os dias 11 e 15 de março, irá reforçar o patrulhamento junto das zonas residenciais e sensibilizar os cidadãos para que…

Última Hora

CCDRC aprovou 2372 projetos na região

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) informou, ontem, que o Programa Operacional Regional (POR)…

Informação

GNR fez 21 detenções e detetou 317 infrações no distrito na última semana

O Comando Territorial Coimbra da GNR, realizou no período entre 17 e 23 de maio, um conjunto de operações, no distrito de Coimbra, que visaram a prevenção e combate à

Última Hora

Rúben Fernandes venceu o concurso “Postal de Natal Digital” lançado pelo Município oliveirense

Já é conhecido o trabalho vencedor do concurso “Postal de Natal Digital” promovido pelo Município de Oliveira do Hospital.

Região

Meio aéreo apoia bombeiros no combate a incêndio em Castelo Branco

Um incêndio deflagrou, na manhã desta terça-feira, nas localidade de Águas e Aldeia de João Pires no concelho de Penamacor, em Castelo Branco.

Última Hora

Praia Fluvial de Avô eleita como “Praia + Acessível” de Portugal

A praia fluvial de Avô, no concelho de Oliveira do Hospital, acaba de ser classificada como a  “Praia + Acessível 2016” de Portugal pelo Instituto Nacional para a Reabilitação.

Informação

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 21 de abril, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 25.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Informação

Turismo Centro de Portugal quer atrair produções de cinema à região

O Turismo Centro de Portugal apresenta no dia 16 de outubro, pelas 12h00 no Seminário Maior de Coimbra, o “Centro Portugal Film Commission”,…