Proteção Civil registou mais de 3.010 ocorrências até às 07h30

Proteção Civil registou mais de 3.010 ocorrências até às 07h30

A Proteção Civil registou durante a madrugada de hoje mais de 3.010 ocorrências relacionadas com o mau tempo, que provocou mais de 1.900 quedas de árvores, …

… 346 inundações e 34 deslizamentos de terras.

De acordo com o comandante Paulo Santos, da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o mau tempo atingiu o país de Norte a Sul, mas afetou mais os distritos de Lisboa, Porto, Braga, Aveiro, Coimbra e Viseu.

“Esta tempestade que afetou país de Norte a Sul provocou mais de 1.900 quedas de árvores, 34 movimento de massa [deslizamento de terras], 346 inundações, 551 quedas de estruturas e mais de 150 limpezas de via”, disse o oficial de operações da ANPC, num ponto de situação até às 07:30 de hoje.

Quanto ao trânsito, a Proteção Civil não tem conhecimento de qualquer corte de circulação nos itinerários principais, estradas nacionais ou nas principais autoestradas, apenas informação relativa à interdição de acesso ao maciço central da Serra da Estrela.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) tinha previsto que a partir das 03:00 a tempestade Ana começasse a perder intensidade e a dissipar-se.

Hoje, o Instituto disse que a tempestade já deixou o território português, estando agora prevista uma descida das temperaturas, aguaceiros, diminuindo de frequência e intensidade, possibilidade de trovoada e granizo e queda de neve acima de 800 metros.

Mais de 9.300 operacionais da Proteção Civil, incluindo bombeiros, elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica de Portugal (INEM) e Guarda Nacional Republicana (GNR), estão destacados desde o início do dia de domingo por causa da passagem pelo continente da tempestade Ana.

Mais de 9.300 operacionais da Proteção Civil, incluindo bombeiros, elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica de Portugal (INEM) e Guarda Nacional Republicana (GNR), estão destacados desde domingo por causa do mau tempo.

Previous Estradas do maciço central da Serra da Estrela encerradas devido à neve
Next “Ana” provocou dezenas de deslizamentos de terras e quedas de árvores em Oliveira do Hospital

Artigos Relacionados

Região

Incêndio em habitação de aldeia do Sabugal origina dois feridos

Um incêndio destruiu, hoje, parcialmente uma casa de habitação e provocou dois feridos ligeiros em Vale das Éguas, no concelho do Sabugal, …

Última Hora

Bombeiros de Oliveira do Hospital promovem desmancha do porco e caminhada solidária

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital promove, no próximo domingo, dia 3 de junho, a habitual desmancha do porco.

Cultura

Grupo completa sete anos de “Melodias e Tradições da Beira Serra”

O Grupo de Melodias e Tradições da Beira Serra comemora no dia 10 de junho, pelas 19h00, sete anos de atividade marcados pela recolha e divulgação de sonoridades tradicionais.

Informação

Nova campanha do Banco Alimentar acontece este fim-de-semana

O Banco Alimentar realiza, este fim-de-semana, 2 e 3 de junho, uma nova campanha de recolha de alimentos, pelos 21 Bancos Alimentares Contra a Fome de Portugal.

Última Hora

Oliveira do Hospital acolhe exposição e debate sobre Violência Doméstica

Até ao final do mês de junho encontra-se patente, em Oliveira do Hospital, a exposição “Aqui morreu uma Mulher” que reúne um conjunto de fotografias recolhidas…

Educação

Coberturas de amianto deverão ser retiradas da Escola de Oliveira do Hospital nas férias de Verão

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital assegurou que a substituição das coberturas com amianto na sede do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital vai acontecer nas