Proteção Civil emite aviso à população pelo agravamento do estado do tempo

Proteção Civil emite aviso à população pelo agravamento do estado do tempo

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) emitiu um aviso à população devido ao agravamento das condições meteorológicas no norte e centro do país, prevendo-se o período crítico entre o meio-dia de hoje e as 6h00 de sábado.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a ANPC refere que, no seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e de acordo com a informação meteorológica apurada, “prevê-se para as próximas horas um agravamento das condições meteorológicas”, sendo que o “período mais crítico” começa às 12h00 de hoje e termina às 6h00 de sábado.

Segundo a ANPC, é expectável precipitação persistente, localmente intensa a partir do meio da manhã, “mais provável nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Aveiro e Viseu”.

Já o vento, do quadrante sul, poderá ser “moderado a forte no litoral a partir da tarde”, com rajadas na ordem dos 85 quilómetros por hora (km/h), em especial no Minho e Douro Litoral”, enquanto que nas terras altas o vento soprará moderado a forte, intensificando-se a partir da tarde “com rajadas até 100 km/h em especial na região do Minho”.

A ANPC adianta que a agitação marítima na costa ocidental e na costa sul deverá ter “ondas de noroeste entre quatro a cinco metros de altura”.

Entretanto, o IPMA colocou sob aviso laranja os distritos de Viana do Castelo e Braga devido à previsão de chuva persistente, por vezes forte, entre as 12h00 de hoje e as 6h00 de sábado, indicando que as condições meteorológicas vão agravar-se a partir das 12h00 desta sexta-feira nas regiões do Norte e Centro do continente, voltando depois a piorar no domingo com chuva persistente e vento forte.

Sob aviso amarelo também devido à precipitação estão Viseu, Porto, Vila Real e Aveiro.

O IPMA emitiu igualmente aviso amarelo devido à agitação marítima no Porto, Faro, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga.

O vento está na origem também da emissão de aviso amarelo para Porto, Guarda, Vila Real, Viana do Castelo e Braga.

A Proteção Civil alerta que face a estas previsões meteorológicas poderão ocorrer determinados efeitos, como piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água, e possibilidade de cheias rápidas em meio urbano.

Por outro lado, há possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água, inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem e danos em estruturas montadas ou suspensas.

A ANPC aponta ainda a eventualidade de ocorrerem dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, queda de ramos ou árvores, acidentes na orla costeira, fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes e obstrução de vias de circulação.

Previous Oliveira do Hospital: De 127 casas, 55 estão concluídas e seis ainda não estão recomeçadas
Next Pastores de Loriga mantêm tradição secular das chocalhadas de São Martinho

Artigos Relacionados

Última Hora

Incêndio industrial destruiu 10 viaturas e armazéns em Ortigosa, Leiria

Um incêndio industrial, que deflagrou na madrugada de hoje em Lameira, na freguesia de Ortigosa, no concelho de Leiria, destruiu dez veículos e parte dos armazéns de uma empresa, disse

Destaque

Stroganov é o hotel de charme “sem paralelo” em Portugal

Na localidade de Fiais da Beira, em Oliveira do Hospital, está prestes a abrir um hotel de “charme”, com classificação de cinco estrelas, que é espaço único na região e no país.

Última Hora

Oliveira do Hospital quer enviar bens para povo de Moçambique

Em consequência da tragédia que assolou Moçambique na passada quinta-feira, o Município de Oliveira do Hospital quer “fazer chegar alguns bens” que foram doados à população oliveirense após o grande

Última Hora

Alexandre Amado reeleito presidente da Associação Académica de Coimbra

Alexandre Amado foi reeleito presidente da Associação Académica de Coimbra, com 59,3% dos votos, numas eleições que registaram uma abstenção de cerca de 60%.

Informação

Arderam quase 28 mil hectares no Algarve

O incêndio que deflagrou em Monchique, no passado dia 3 de agosto, destruiu perto de 28 mil hectares no Algarve, segundo a última atualização disponibilizada pelo Sistema Europeu de Informação

Informação

Domingo é dia de ir votar. Esteja preparado

As eleições autárquicas realizam-se já no domingo, dia 1 de outubro. Se não sabe o seu número de eleitor, nem o local onde votar,…

Última Hora

Balanço: Distrito de Coimbra registou 4 683 acidentes, 25 mortos e 72 feridos graves

Os acidentes rodoviários aumentaram nos primeiros dez meses do ano e provocaram a morte a 422 pessoas. No distrito de Coimbra há registo de 4 683 acidentes, 25 mortos e 72

Nacional

Fim-de-semana com previsão de chuva, vento e agitação marítima

O estado do tempo no fim-de-semana vai sofrer um agravamento devido à aproximação de um sistema frontal ao território do continente, prevendo-se chuva, vento forte e agitação marítima.

Nacional

Operação Fermento no Pão: ASAE instaurou 51 processos no setor da Panificação

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, realizou uma operação de fiscalização, a nível nacional, no âmbito da Segurança Alimentar, direcionada para a verificação das condições e requisitos obrigatórios no

Última Hora

“Rapada” lança nova cerveja e aposta no formato 33 cl

“Lager” é a mais recente aposta da “Rapada”, a cerveja de produção artesanal criada em 2014 por três jovens do concelho de Oliveira do Hospital. Depois da “preta” e da

Sociedade

Luis Cruz, uma nova voz no panorama musical nacional

Luís Cruz este na Boa Nova e falou dos seus trabalhos,dos espectáculos e concertos e as expectativas que tem para o futuro Tudo para ouvir em entrevista com Albino José,