Projeto Limpa+: Jovens de Oliveira do Hospital recolhem lixo em defesa do ambiente

Projeto Limpa+: Jovens de Oliveira do Hospital recolhem lixo em defesa do ambiente

image_pdfimage_print

O Projeto Limpa+, criado por jovens de Oliveira do Hospital, tem sido implementado em várias zonas do concelho, em forma de voluntariado, com o objetivo de defender o meio ambiente.

Depois de Avô, Alvoco das Várzeas e S. Sebastião da Beira, hoje o local de recolha do lixo foi em S. Gião. Apesar de terem iniciado as recolhas nas praias fluviais do concelho, Tiago Amaral, um dos responsáveis, adiantou que o objetivo é o projeto “não ter fim e continuar ao longo do ano”. Referiu que percorreram as praias fluviais pelo facto de, nesta altura do ano, serem alvo de visita de muita gente e “pela facilidade de o lixo ir para o rio”.

Tiago Amaral referiu que, depois de um dia de recolha, enchem vários sacos com lixo, nomeadamente plástico, contudo, o que mais encontram são beatas.

Esta manhã, enquanto observava o lixo recolhido, José Carlos Alexandrino, presidente do Município de Oliveira do Hospital, elogiou o trabalho do grupo de jovens que demonstram ter “uma consciência cívica enorme”. “Tenho orgulho de ter jovens destes no nosso concelho”, afirmou.

Chocado com a quantidade de resíduos apanhados, o autarca reforçou que é “preciso mudar mentalidades para defender a paisagem e o património natural”. “Uma das coisas mais bonitas que o concelho de Oliveira do Hospital pode ter é as suas aldeias limpas”, defendeu.

No que diz respeito a números, o autarca adiantou que “a Câmara Municipal tem um prejuízo à volta de 150 mil euros na recolha e tratamento dos resíduos”.

Questionado sobre a hipótese de aumentar a tarifa, José Carlos Alexandrino defende que, em primeiro lugar, pretende “alertar consciências para que as pessoas façam a separação do lixo”. “Se nós conseguirmos fazer isso não precisamos de aumentar a tarifa”, justificou.

Recentemente o concelho recebeu novas ilhas ecológicas e, em vista, estão ações se sensibilização nas escolas e junto à população nas localidades.

O autarca relembrou que “o lixo separado gera receita” e, por isso, “a Câmara Municipal não precisa de pagar absolutamente nada”. Revelou, ainda, que no mês de agosto “a diferença entre a receita de resíduos é de 25 mil euros”.

“O tratamento e a recolha fica perto de 75 Euros por tonelada”, deu conta, afirmando que “ainda há um longo caminho a percorrer”.

Previous FCOH recebe o Praiense. Treinador antevê jogo difícil mas garante que a sua equipa "está preparada"
Next FCOH 1 - Praiense 1 - Transmissão em direto (Parceria com o FCOH)

Artigos Relacionados

Informação

Centro Hospitalar de Coimbra com nova técnica cirúrgica

O serviço de Ortopedia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) iniciou um novo programa de artroplastias totais da anca através da utilização de uma técnica cirúrgica inovadora, desenvolvida

Informação

Incêndio em Tábua mobiliza 288 operacionais e sete meios aéreos

O incêndio que, às 13h49 desta terça feira, deflagrou no concelho de Tábua está a assumir contornos de maior gravidade, envolvendo já 288 operacionais, 66 viaturas  e sete meios aéreos

Informação

Unidade de Saúde da Guarda instala sistema de informação para melhorar serviços

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda iniciou o processo de implementação de um sistema de informação, que custa 1,2 milhões de Euros.

Informação

Bruno Magalhães preparado para o Rali da República Checa

A dupla vice-campeã europeia de ralis, Bruno e Hugo Magalhães, enfrenta no próximo fim-de-semana, de 24 a 26 de agosto, a sexta prova do Campeonato da Europa de Ralis,…

Informação

Resultados desportivos de fim-de-semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) empatou, ontem, por uma bola frente ao Eirense. O empate, que marcou a décima sétima jornada do Campeonato da Divisão de Honra

Região

Seia promove festividades de Natal

Durante o mês de dezembro são muitos os motivos para visitar o concelho de Seia, seja em lazer ou para efetuar compras de Natal.

Região

Há 17 projetos candidatos ao 4º Orçamento Participativo em Seia

Do total de 20 propostas submetidas ao Orçamento Participativo (OP) de Seia 2019/2020 são finalistas 17 projetos, que agora são colocados …

Região

Município de Arganil entregou chaves de 10 habitações reconstruídas após os incêndios 

Dez famílias do concelho de Arganil receberam, esta quarta-feira, dia 17 de outubro, a chave das suas habitações, reconstruídas no âmbito do Programa de Apoio à Recuperação de Habitações Permanentes

Informação

Bombeiros de Loriga realizam caminhada para “Ajudar o Martim”

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Loriga realiza no domingo, 10 de julho, a habitual Descida Pedestre Serra da Estrela, este ano, dedicada a “Ajudar o Martim”.

Informação

Eduardo Cabrita encara solução para IP3 “absoluta prioridade” nacional

O ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, defendeu ontem que é de absoluta prioridade nacional encontrar uma solução para o Itinerário Principal 3 (IP3), …

Região

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra estuda saúde das populações atingidas pelos incêndios

A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC), em conjunto com a Administração Regional de Saúde do Centro e o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, está

Última Hora

AD Lagares da Beira perdeu na última jornada da Divisão de Honra da AFC

Em jogo da última jornada da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra (AFC), a Associação Desportiva de Lagares da Beira perdeu, ontem ,no reduto do Sourense por