Projeto de execução do IP3 estará concluído no final de 2021

O vice presidente da Infraestruturas de Portugal (IP) disse, ontem, no Conselho Intermunicipal da Região de Coimbra, perante os autarcas dos 19 municípios, que o projeto de execução do IP3 estará concluído no terceiro trimestre de 2021.

No final desse ano estará terminada a verificação do Relatório de Conformidade Ambiental (RECAPE) pela Agência Portuguesa de Ambiente, revelou José Serrano Gordo, na reunião que considerou ser a primeira interação com os municípios neste processo.

Para o presidente do Conselho Intermunicipal Região de Coimbra, José Carlos Alexandrino, as datas apresentadas são longínquas tendo revelado que gostaria que o processo fosse mais célere. Ficou agendada uma reunião para resolução do atravessamento da Ecovia do Mondego, no nó rodoviário de Oliveira do Mondego, sendo assumido pela IP que está recetiva à integração de alterações ao projeto ou posteriormente ao mesmo, assumindo ser um processo de “uma delicadeza enorme”, nomeadamente no que toca às exigências do Tribunal de Contas.

Para a execução do projeto, a Infraestruturas de Portugal solicitou os contributos fundamentais dos municípios da Região de Coimbra através da disponibilização à IP dos Planos Diretores Municipais (PDM), Planos de Pormenor ou outros de interesse para o corredor atravessado, informação sobre Zonas urbanas, comerciais ou industriais e processos de expansão em fase de desenvolvimento ou de licenciamento, disponibilização de cadastros das redes existentes e previstas, compatibilizar a rede de restabelecimentos e caminhos paralelos com as novas características da infraestrutura, informação sobre localizações de áreas de empréstimo e de vazadouro licenciados.