Processo de mulher arrastada pelo mar está no Ministério Público

Processo de mulher arrastada pelo mar está no Ministério Público

image_pdfimage_print

O processo relativo ao desaparecimento de uma mulher de 34 anos que foi arrastada pelo mar em Ílhavo, quando alegadamente participava num ritual espiritual, foi entregue ao Ministério Público, informou hoje o comandante da Capitania do Porto de Aveiro.

Carlos Isabel, comandante da Capitania do porto de Aveiro adiantou à agência Lusa que “foram identificadas as pessoas e foram recolhidas as provas”. “O processo foi concluído na sexta-feira e foi entregue ao Ministério Público de Aveiro e agora segue os trâmites legais. Julgo que vai haver uma investigação deste processo porque há uma morte”, referiu o responsável.

O comandante adiantou também que as buscas para encontrar a mulher, que foi arrastada quinta-feira pelo mar, na praia da Costa Nova, em Ílhavo, foram retomadas esta manhã, apenas com os meios motorizados da Polícia Marítima.

Desde as 19:45 de quinta-feira, dezenas de elementos da Polícia Marítima, Capitania e Bombeiros de Ílhavo, têm procurado ao longo de vários quilómetros da praia a mulher, mas sem sucesso. A operação contou ainda com o apoio de um helicóptero da Força Aérea e da Corveta NRP António Lemos. O incidente ocorreu junto ao segundo esporão da praia da Costa Nova, em Ílhavo.

A mulher desaparecida fazia parte de um grupo de dez pessoas oriundas de Tondela (Viseu) que se encontravam no areal, alegadamente a participar num ritual à deusa Iemanjá, quando foram apanhadas por uma onda. Quatro delas foram arrastadas para o mar, mas só três conseguiram sair da água pelo próprio pé.

Previous ASAE  apreendeu equipamentos de diagnóstico automóvel contrafeito
Next Coimbra: PJ deteve recluso que esteve três anos fugido no Brasil

Artigos Relacionados

Última Hora

Exposição Coletiva “Pintura Solidária” reverte a favor das vítimas dos incêndios

Vai ser hoje inaugurada, pelas 17h30m, a Exposição Coletiva “Pintura Solidária”, na Biblioteca Pública Municipal João Brandão, em Tábua.

Última Hora

Temperaturas sobem aos 34ºC. Há seis concelhos em risco máximo de incêndio

Os concelhos de Aljezur, Lagos, Loulé, São Brás de Alportel, Tavira e Alcoutim, no distrito de Faro, …

Informação

Procura Turística do Centro de Portugal cresce três vezes mais que a média nacional

O mês de julho voltou a ser “extremamente positivo” para a atividade turística no Centro de Portugal. De acordo com os resultados preliminares, …

Informação

“Nós as Mulheres” com Salvador e Odete Nunes

A locutora da Rádio Boa Nova, Natália Novais, esteve hoje à conversa com Salvador e Odete Nunes.  

Informação

Catorze concelhos do continente em risco máximo de incêndio

Catorze concelhos dos distritos de Beja, Faro, Leiria, Castelo Branco, Portalegre, Coimbra e Santarém apresentam hoje risco máximo de incêndio.

Informação

Jovem morreu afogado em praia fluvial de Coimbra

Um jovem de 24 anos morreu afogado, este domingo, no rio Mondego junto à Praia Fluvial de Palheiros e Zorro, na freguesia de Torres do Mondego, em Coimbra.

Última Hora

CCDRC premiou 82 “empresas gazela”

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) premiou, na passada sexta-feira, na 4ª Gala das Empresas Gazela 2017, em Viseu, 82 “empresas gazela”,…

Cultura

Arganil recebe Festival Literário Internacional do Interior “Palavras de Fogo”

Arganil prepara-se para receber o Festival Literário Internacional do Interior “Palavras de Fogo”, uma iniciativa da ARTE-VIA Cooperativa Artística e Editorial, que reúne, no período de 15 a 19 de

Região

Associação de vítimas do incêndio de outubro reúne com António Costa em janeiro

A Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP)deverá reunir com o primeiro Ministro no próximo mês de janeiro. A garantia foi dada, ontem, por António Costa…

Destaque

Oliveira do Hospital: 1,12 hectares de área ardida em 2018

Terminada a época de incêndios, é altura fazer o balanço. Este ano, no concelho de Oliveira do Hospital, a área total ardida registada é de 1,12 hectares.

Última Hora

Seia: Câmara promoveu sessões de esclarecimento sobre limpeza de terrenos e uso do fogo

A Câmara Municipal de Seia, através do Serviço Municipal de Proteção Civil, realizou durante a semana passada, nas freguesias prioritárias devido ao risco elevado de incêndio,…

Região

Incêndio em habitação desalojou família em Santa Comba Dão

Um incêndio, ocorrido ontem à tarde, em Treixedo, Santa Comba Dão, no distrito de Viseu, deixou desalojado um casal com uma filha de 16 anos.