Praia Fluvial de Avô vai estar recuperada “o mais rapidamente possível”
11 Julho, 2018 1796 Views

Praia Fluvial de Avô vai estar recuperada “o mais rapidamente possível”

O arranque da época balnear está a ser marcado, no concelho de Oliveira do Hospital, pela falta de condições para banhos na conhecida praia fluvial de Avô,…

… que por indicação da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) se encontra “interdita”.

A situação decorre dos efeitos causados pelo grande incêndio de 15 de outubro e, muito em particular, da “enxurrada” ocorrida no mês de junho e que provocou o arrastamento de cinzas e outros inertes para a zona da praia fluvial.

A interdição de frequência daquele espaço está, por isso, a gerar polémica entre os avoenses e gentes da região, habituais utilizadores daquele complexo balnear, de que faz parte a Ilha do Picoto. José Francisco Rolo, vice-presidente do Município de Oliveira do Hospital, em declarações à Rádio Boa Nova, considerou que é preciso que as pessoas percebam o que aconteceu em Avô: “há um mês estávamos a preparar o processo para o início do processo balnear, mas veio uma enxurrada e a praia foi inundada de cinza, terra, lodo e cascalho”. O estado em que ficou a zona da praia fluvial, constitui uma situação de “perigo” para os banhistas, que se “podem enterrar” no leito do rio. José Francisco Rolo dá conta da preocupação do município em encontrar “uma solução” para a praia fluvial de Avô que, ano após ano e fruto das intempéries, obriga a um investimento de “50, 60 ou 70 mil Euros” em trabalhos de recuperação. “O Município já investiu mais de um milhão de Euros”, adiantou.

À Rádio Boa Nova, o vice-presidente adiantou que a ilha do Picoto e equipamentos de apoio estão utilizáveis, e que a interdição a banhos foi aplicada pela própria Agência Portuguesa do Ambiente, “por motivo de segurança dos banhistas”. José Francisco Rolo informou que está em curso “um procedimento administrativo urgente” para reabilitação da praia fluvial, financiada pelo Fundo Ambiental, por intermédio da APA. Esta era uma intervenção que já estava prevista no âmbito de protocolo assinado pelo Município oliveirense para investimento na rede hidrográfica do concelho (450 mil Euros financiados a 100 por cento), mas que no caso de Avô se revelou mais premente, pela enxurrada de há um mês. O vice-presidente adiantou que a intervenção na praia fluvial deverá “iniciar o mais brevemente possível”, estimando que tal aconteça no decorrer deste mês de julho. O objetivo é devolver a praia, que é “um ex-libris de Avô e do concelho” ao “uso dos banhistas”.

Fotos: Amigos da Vila de Avô (facebook)

Previous S. Gião é a nova praia fluvial classificada no concelho de Oliveira do Hospital
Next Coimbra entre os distritos sob aviso amarelo devido à chuva

Artigos Relacionados

Informação

Eptoradio na Boa Nova

Nesta sexta-feira, a partir das 14h00, o programa Eptoradio é dedicado aos Benefícios e Malefícios da Internet. Na primeira parte será dado destaque às principais notícias …

Informação

Presidente da Câmara Municipal partilha palavra de “esperança” em mensagem de Natal e Ano Novo

Na habitual mensagem de Natal e Ano Novo dirigida a todos os oliveirenses, o presidente do Município de Oliveira do Hospital deixa, este ano, “uma palavra de esperança”…

Última Hora

Centro de Portugal presente na Feira de Lyon

O Centro de Portugal está representado, pela primeira vez, na Feira de Lyon – Foire de Lyon, que decorre entre os dias 23 de março e 2 de abril.

Última Hora

“Mini repórteres” da Rádio Boa Nova à descoberta do “Festival das Sopas”

Aproveitando a realização do “Festival das Sopas” em Santa Ovaia, as crianças voltaram a ser “Mini Repórteres” na Rádio Boa Nova numa parceria com o Município de Oliveira do Hospital

Sociedade

Grupo do Senhor das Almas cuida há 12 anos dos peregrinos de Fátima

No mês da habitual peregrinação a Fátima, ressurge na localidade do Senhor das Almas, junto à EN17 no concelho de Oliveira do Hospital, o “Stop Solidário” que, a partir de

Última Hora

Termómetros podem descer aos -5ºC e o frio vai continuar

As temperaturas mínimas vão continuar muito baixas em Portugal continental pelo menos até ao final da semana podendo chegar aos 5 graus negativos em algumas regiões do território.

Informação

Câmara de Seia abre conta solidária para apoiar famílias após incêndios

A Câmara Municipal de Seia anunciou hoje que abriu uma conta bancária para apoiar as vítimas dos incêndios, nomeadamente …

Informação

Benfica 5 – AA Coimbra 1 | Benfica vence a Taça de Portugal – Seniores Feminino em Hóquei em Patins

Benfica e AA Coimbra defrontaram-se na final da Taça de Portugal em Hóquei em Patins – Seniores  Femininos SL BENFICA  –  5 AA COIMBRA – 1 Uma partida disputada com

Informação

Empresa NN Motos retoma laboração depois do grande incêndio do ano passado

A empresa NN Motos, destruída pelo grande incêndio de outubro de 2017, retomou a laboração um ano após a catástrofe.

Última Hora

Jaime Soares critica estilo “autista” do INEM e desafia bombeiros a fazer “o verdadeiro 25 de abril”

O presidente da Liga de Bombeiros Portugueses, Jaime Soares, lamentou em Lagares da Beira que ainda não tenha havido “o verdadeiro 25 de abril nos bombeiros portugueses” …

Politica

Nelo Silva é o candidato do CDS à Junta de Freguesia da Bobadela

Em apresentação que decorreu, ontem, na Bobadela, a coligação “Construir o Futuro”, liderada pelo CDS e que integra o MPT e o PPM, apresentou o seu candidato à freguesia da

Última Hora

Centro de Portugal foi a região de Turismo que mais cresceu em abril

O Centro de Portugal foi a região de turismo do país que mais cresceu em abril deste ano, relativamente ao mesmo mês de 2016,…