Órgãos sociais da Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal reeleitos para mais três anos

Órgãos sociais da Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal reeleitos para mais três anos

image_pdfimage_print

Foram eleitos, na passada sexta-feira, os órgãos sociais da Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal (ARPTC)  para o triénio 2019-21.

Recorde-se que a ARPTC é uma entidade público-privada, sem fins lucrativos, que se destina à promoção externa do território do Centro de Portugal. As eleições decorreram no Viseu Welcome Center, tendo concorrido apenas uma lista, liderada pelo anterior presidente, Pedro Machado, que foi assim reeleito no cargo para mais três anos. Como vice-presidente continua igualmente Jorge Loureiro. Paulo Fernandes foi reconduzido como presidente da Assembleia-Geral.

“É com renovado sentido de missão que esta lista recebe o voto de confiança dos nossos parceiros na Assembleia Geral da ARPTC para mais um triénio. Vão ser três anos de trabalho intenso, em que queremos dar a conhecer o Centro de Portugal a cada vez mais viajantes, em todos os cantos do mundo”, considerou Pedro Machado, após a tomada de posse.

“O Centro de Portugal, como o país, enfrenta novos desafios, provocados pela conjuntura internacional. Encaramo-los como um estímulo e uma oportunidade para fazer crescer a notoriedade da região. Estamos certos de que os bons resultados vão continuar e agradecemos a quem confia em nós para essa tarefa”, acrescentou Pedro Machado que, recorde-se, é igualmente presidente do Turismo Centro de Portugal.

A estratégia para 2019-2021 apresentada pela lista candidata foi validada pelo universo eleitoral, constituído pelos membros da assembleia geral da ARPCT. Os princípios em que assenta a estratégia têm como eixo fundamental impulsionar a região Centro de Portugal como um território em afirmação turística. Nesse sentido, um dos objetivos expressos consiste em “alavancar o desenvolvimento turístico da região, de forma a aumentar o número de hóspedes e a estada média”.

A ARPCT sublinha que a procura turística da região Centro de Portugal “está, em grande medida, relacionada com o mar, o touring e as atividades relacionadas com o bem-estar e a natureza”. Na oferta associada ao touring, a ARPCT considera ser de particular relevância a melhoria da experiência turística no património edificado, em particular dos quatro sítios/monumentos Património Mundial, bem como a valorização do património associado a contextos paisagísticos. “A oferta de surf é muito relevante e agrega valor a toda a região, pelo que se justifica que seja uma âncora”, sustenta também a ARPCT.

São três as principais Linhas de Orientação Estratégicas e Operacionais apresentadas pela candidatura. A primeira incide no “desenvolvimento de produto relacionado com as atividades de natureza, como walking, cycling e atividades náuticas, designadamente as que se realizam em albufeiras e rios, que têm uma grande procura internacional e que permitem disseminar fluxos turísticos para o interior da região”. A segunda Linha de Orientação destaca o Turismo Religioso, com “a consolidação dos eixos Fátima e Caminhos de Santiago, bem como a valorização e promoção do património judaico”. A terceira pretende “propiciar a inclusão de ações de captação de turismo M&I (reuniões, conferências e grandes eventos internacionais) para a região. Neste âmbito a constituição de um Convention Bureau com uma participação ativa da ARPCT é determinante”.

É a seguinte a composição dos órgãos sociais da Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal para o triénio 2019-21.

Direção
Presidente
Pedro Manuel Monteiro Machado – Entidade Regional de Turismo Centro de Portugal
Vice-presidente
Jorge Manuel da Silva Almeida “Loureiro” – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal
Vogais
José Eduardo Arimateia Antunes – Empreendimentos Turísticos Montebelo – Sociedade de Turismo e Recreio SA
António Luís Vaz da Veiga Camões – NATURA IMB HOTELS
Alexandre Marto Pereira – Fátima Hotels Group
Cristina Maria de Jesus Durães – Hotel Moliceiro
João Manuel Pinto Pereira Tomás – Casas da Senhora da Estrela – Turismo Rural Lda.
Luís Miguel Rodrigo Sousinha – Hotel Maré – António Carepa Sousinha & Filhos Lda.
Maria Salomé dos Santos Costa – Aveiro City Lodge / The Bohemian Place – Sonetos d’Avenida – Actividades Hoteleiras, Lda
Vítor Jorge Paiva Leal – Termalistur – Termas de S. Pedro do Sul
Vítor Manuel Osório Gonçalves – Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo

Suplentes
Nuno Manuel Gouveia Alegre – Alegre Hotel – Alegre Hotel Bussaco – Nuno Manuel Alegre
Rui Fernando Anastácio Henriques – Letras e Borboletas – Ecoturismo Lda.

Mesa da Assembleia-Geral
Presidente
Paulo Alexandre de Faria Fernandes – Grupo NOV Turismo, E.H. Hotéis e Turismo SGPS, S.A.
Secretário
João Paulo Romão de Faria e Sampaio – Marialvamed Turismo Histórico e Lazer Lda – Casas do Coro TER
Vogal
Alexandre Pereira de Almeida – Hotéis Alexandre d’ Almeida, Lda

Conselho Fiscal
Presidente
Margarida Ferreira dos Santos – Hotel Grão Vasco
1.º Vogal
Victor Fernando Oliveira Claro – Sociedade Marialvotel, Lda.
2.º Vogal
Hélder Edgar Almeida – Restaurante Muralha da Sé – Hélder Edgar Almeida, Unipessoal Lda.
Suplente
Pedro José de Sousa Brilhante Pedrosa – Y Travel Lda. – Empresa de Animação Turística e Agência de Viagens e Turismo

Previous Secretário de Estado da Energia visitou o Município de Nelas e perspetivou futuro das Minas da Urgeiriça
Next Coimbra entre os distritos sob aviso amarelo devido à agitação marítima e vento forte

Artigos Relacionados

Sociedade

Chuva coloca amanhã oito distritos sob aviso amarelo

Oito distritos de Portugal continental vão estar na quarta-feira sob aviso amarelo devido à previsão períodos de chuva, por vezes forte.

Destaque

Carlos Maia reeleito presidente da Concelhia do PS de Oliveira do Hospital

Carlos Maia foi reeleito, no sábado, para a presidência da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista. O socialista foi único candidato à liderança da estrutura.

Última Hora

Campanha “Vales de Natal” termina a 8 de janeiro

A campanha de Natal – promovida pela ADI – Agência para o Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital com a parceria dos Municípios de Tábua e de Oliveira

Última Hora

Bombeiros de Oliveira do Hospital comemoram 97º aniversário com sentimento de “dever cumprido”

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital (AHBVOH) comemora domingo, 24 de março, o 97º aniversário.

Informação

EXPOH anima Oliveira do Hospital após os incêndios (com vídeo)

Em Oliveira do Hospital está tudo a postos para mais uma realização da EXPOH- Feira Regional de Oliveira do Hospital, no Parque do Mandanelho

Última Hora

Município de Arganil distinguido por pagar a tempo e horas aos seus fornecedores

O Município de Arganil foi reconhecido com o Diploma Compromisso Pagamento Pontual pelo quinto ano consecutivo, pela ACEGE (Associação Cristã de Empresários e Gestores),…

Região

Criança ficou ferida após atropelamento em Tábua

Uma criança de cinco anos ficou ferida, ontem à tarde, na sequência de um atropelamento na localidade de Pinheiro de Coja, em Tábua.

Região

Novo caso de idoso encontrado carbonizado após perder controlo de queimada

Um idoso de 81 anos de idade foi encontrado carbonizado pelos bombeiros numa queimada, na freguesia de Lobão, em Santa Maria da Feira.

Informação

Tribunal: Carlos Marta disse que acusações são “completamente falsas”

O ex-presidente da Câmara de Tondela, Carlos Marta, começou esta manhã de terça-feira (29 de janeiro) a ser ouvido no Tribunal da cidade.

Região

Beiras e Serra da Estrela instalam videovigilância para detetar incêndios

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) anunciou hoje que deu início à instalação de um sistema de videovigilância para deteção de incêndios rurais.

Última Hora

Polícia detém oito suspeitos de sequestrar e agredir jovem

A Polícia Judiciária (PJ) deteve cinco homens e três mulheres “fortemente indiciados pela prática de crimes de sequestro, …

Informação

Incêndios: Associação de Vítimas diz que extensão de medidas não altera desigualdades

A extensão das medidas de apoio às vítimas dos incêndios de junho ao território devastado pelos fogos de outubro “não altera as desigualdades”, …