Operação Páscoa da GNR começa na quinta-feira e decorre até 22 de abril

Operação Páscoa da GNR começa na quinta-feira e decorre até 22 de abril

image_pdfimage_print

A Guarda Nacional Republicana vai intensificar a partir de amanhã, dia 18 e até ao dia 22 o patrulhamento nas principais vias,…

… para reduzir a sinistralidade e apoiar os automobilistas na época da Páscoa.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR adianta que nesta época festiva há sempre um aumento significativo de tráfego rodoviário e os militares estarão atentos às manobras perigosas, utilização indevida de telemóvel, excesso de velocidade e à falta de cintos de segurança, entre outros comportamentos de risco.

As autoridades lembram que, além da deslocação de famílias por todo o país, o aumento do tráfego, particularmente nos itinerários principais de ligação a Espanha, deve-se ao grande número de cidadãos espanhóis que visitam Portugal.

A GNR aconselha que os automobilistas descansem pelo menos de duas em duas horas, adequem a velocidade às condições climatéricas, ao estado da via e ao volume de tráfego e mantenham a calma em situações de elevada intensidade de tráfego, que possam obrigar à circulação a baixa velocidade.

Na operação Páscoa do ano passado a GNR registou 1.010 acidentes, dos quais resultaram seis mortos, 19 feridos graves e 299 feridos ligeiros. Detetou também 6.665 contraordenações, menos 1.537 que as registadas em 2017.

Previous Já faltam combustíveis. Proteção civil apela aos postos para que guardem reservas para situações de urgência
Next “Dou Mais Tempo à Vida” anima Mercado Noturno no próximo sábado em Oliveira do Hospital

Artigos Relacionados

Última Hora

Proteção Civil registou mais de 3.010 ocorrências até às 07h30

A Proteção Civil registou durante a madrugada de hoje mais de 3.010 ocorrências relacionadas com o mau tempo, que provocou mais de 1.900 quedas de árvores, …

Última Hora

Festival do Secundário realiza-se em Quiaios

Decorre entre os dias 25 e 29 de março, em Quiaios, na Figueira da Foz, a 15º edição do MOCHE Festival Secundário promovido pela empresa UrbanFun Lda. Depois das 14

Opinião

Ca$h Resto Z€ro com olhar sobre a importância de “discutir Fátima”

Em mais um Ca$h Resto Z€ro na Rádio Boa Nova, Vítor Neves olha esta sexta-feira para as pessoas e para a fé.

Informação

Pelo menos três arguidos na investigação às mortes nos incêndios de Pedrógão

Pelo menos três pessoas foram constituídas como arguidos na investigação aos incêndios de Pedrógão Grande, que causaram pelo menos 66 mortos, avança o JN.

Região

ASAE apreende 1,5 toneladas de alimentos estragados em operação

A ASAE apreendeu uma tonelada e meia de alimentos estragados, entre os quais 700 quilos de carne, na operação nacional de fiscalização de transporte que terminou hoje de madrugada.

Informação

Atleta oliveirense sagra-se campeão nacional de atletismo

O jovem atleta José Carlos Pinto, de Lagares da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, venceu o Campeonato de Portugal de Atletismo 2018, na distância de 800 metros,…

Desporto

II Ultra Trail do Colcurinho realiza-se a 30 de outubro

No dia 30 de outubro, realiza-se o II Ultra Trail do Colcurinho no âmbito da Festa da Castranha de Aldeia das Dez. O evento desportivo…

Última Hora

Candidata do PSD derrotada em 2013 diz-se de “alma lavada”

Cristina Oliveira, a candidata pelo PSD à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, que em 2013 reduziu a apenas um vereador a presença do partido no executivo diz sentir-se de

Informação

Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande recebe prémio

A Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande e a sua presidente, Nádia Piazza, recebem hoje o Prémio Cidadania 2017 …

Região

Bispo de Coimbra preside a missa pelas vítimas dos incêndios

D. Virgílio Antunes, Bispo de Coimbra, celebra hoje, pelas 19h00, a missa de sétimo dia pelas 12 vítimas dos incêndios que assolaram o concelho na tarde …

Última Hora

Viseu: Homem morre após cair em pedreira

Um homem de 37 anos morreu, na tarde desta quarta-feira, depois de a viatura que conduzia ter caído numa pedreira em Cinfães, no distrito de Viseu.

Nacional

Acidentes rodoviários mataram 513 pessoas em 2018. No distrito de Coimbra morreram 29

Um total de 513 pessoas morreu em acidentes rodoviários no ano passado, mais três do que em 2017, registando-se uma subida pelo segundo ano consecutivo do número de mortos. No