Oliveira do Hospital vai investir um milhão de euros para eliminar eucaliptos

Oliveira do Hospital vai investir um milhão de euros para eliminar eucaliptos

image_pdfimage_print

A Câmara de Oliveira do Hospital anunciou que vai investir um milhão de euros na compra de árvores autóctones como incentivo aos proprietários para arrancarem os eucaliptos que nasceram após os incêndios.

Com este  “esforço financeiro enorme”, o presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino. pretende que os donos dos terrenos, infestados por milhões de eucaliptos nascidos espontaneamente na sequência dos fogos de 15 de outubro de 2017, “se sintam motivados” a remover esta espécie exótica.

Numa “tentativa para combater esta nova desgraça do concelho”, no distrito de Coimbra, a autarquia vai doar aos interessados castanheiros, medronheiros, carvalhos, pinheiros-mansos e outras espécies da flora primitiva.

De acordo com o autarca, a Câmara “vai investir 500 mil euros numa primeira fase” com esse objetivo, disponibilizando a restante verba em momento posterior.

Refira-se que o município de Oliveira do Hospital está a promover “várias ações de sensibilização junto dos proprietários”, incentivando-os a procederem “rapidamente ao arranque dos pequenos eucaliptos”, com “especial enfoque” nos terrenos junto aos aglomerados populacionais”.

Em declarações à Rádio Boa Nova, José Francisco Rolo, vice-presidente da autarquia lembrou que “a partir de Oliveira do Hospital” o presidente do Município desencadeou este processo de alerta relativamente à regeneração natural do eucalipto após o incêndio. “Fizemos a denúncia pública do problema”, referiu o vice-presidente, notando que da própria Assembleia da República já saíram recomendações tendo em vista o arranque da espécie. À Rádio Boa Nova, José Francisco Rolo disse que o município está a sensibilizar e a preparar programas para o arranque de eucaliptos, para convencer as pessoas a fazer o mesmo nas suas propriedades. “Apela-se ao voluntariado para o arranque no domínio público e que os privados indiquem áreas que querem ver livres desta espécie infestante”, referiu, avisando que se tal não se verificar o concelho pode estar “à beira de um novo paradigma (florestal) com consequente erosão dos solos, perda de água e de vegetação”. “Obriga a uma ação conjunta”, reforça José Francisco Rolo.

Previous A hora muda já este fim de semana
Next GNR intensifica patrulhamento em áreas florestais e agrícolas até 31 de janeiro de 2019

Artigos Relacionados

Última Hora

Região: GNR apreendeu 400 quilos de folha de tabaco

A Unidade de Ação Fiscal, através do Destacamento de Ação Fiscal de Coimbra, preendeu 400 quilos de folha de tabaco, na autoestrada A1, perto da Mealhada.

Sociedade

Dois jovens detidos por suspeitas de tráfico de droga em escola

A PSP de Viseu anunciou ter detido, hoje de manhã, dois jovens de 18 anos suspeitos de traficarem droga num estabelecimento de ensino do centro da cidade.

Região

Médicos do Centro acusam ministério de criar “uma selva” na contratação

O presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes, considerou hoje que o Ministério da Saúde está a criar “uma selva, sem regras e sem critérios”

Região

Cirurgião Manuel Antunes vai ser homenageado

O diretor do Centro de Cirurgia Cardiotorácica (CTT) do Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra (CHUC), Manuel Antunes, vai ser homenageado no próximo dia 16 de junho, …

Última Hora

Call Center abre no dia 3 de outubro e cria mais de 200 postos de trabalho em Oliveira do Hospital

O novo Call Center da Altice vai ser instalado em Oliveira do Hospital. A abertura da nova unidade da Multinacional francesa está marcada para o dia 3 de outubro.

Região

Nova campanha alerta condutores para respeitarem quem trabalha na estrada

Uma campanha de segurança rodoviária para alertar os condutores para os riscos que correm as equipas de intervenção…

Última Hora

Ciclista morre em colisão com automóvel em Cantanhede

Um homem de cerca de 40 anos morreu, ontem à tarde, numa colisão entre a bicicleta em que seguia e um carro, na localidade da Póvoa da Lomba, em Cantanhede.

Sociedade

GNR e EDP distribuem calendários a idosos alertando para a prevenção de burlas

A Guarda Nacional Republicana  (GNR), em parceria com a EDP Distribuição, vai distribuir, em todo o território nacional, 50 mil calendários no sentido de reforçar a proximidade à população mais

Programas

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 9 de dezembro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 9.º e programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do

Região

Arganil debateu o plano estratégico para a recuperação pós-incêndio

O Município de Arganil realizou, no 24 de fevereiro, uma reunião com diversas entidades do concelho no âmbito do Plano Estratégico para a recuperação pós-incêndio que está em preparação.

Região

Marcelo Rebelo de Sousa considerou Festa do Queijo um “certame nacional”

O presidente da República que, no sábado esteve de visita a Oliveira do Hospital, disse que a Festa do Queijo Serra da Estrela “já é um certame nacional”.

Informação

Eptoliva promoveu “Sports Manegement”

A Escola profissional Eptoliva promoveu, no dia 16 de março, uma palestra alusiva ao tema “Sports Manegement” no âmbito da disciplina…