Oliveira do Hospital quer que seja o Estado a requalificar o Castelo de Avô
1 Abril, 2019 717 Views

Oliveira do Hospital quer que seja o Estado a requalificar o Castelo de Avô

image_pdfimage_print

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital (AMOH), que reuniu em sessão extraordinária, ao final da tarde de sexta-feira deliberou pela não aceitação da competência da Cultura, …

… de que faz parte o Castelo de Avô e  as ruínas da Ermida de São Miguel em seu perímetro,, defendendo que deve ser o Estado a recuperar aquele edifício classificado como imóvel de interesse público.

O executivo municipal liderado por José Carlos Alexandrino já tinha deliberado pela não aceitação daquela competência, no âmbito do processo de transferência de competências do Estado para as autarquias. Na opinião do presidente da Câmara Municipal a requalificação daquele património deve ser levada a cabo pelo Governo, que tem ainda a possibilidade de aceder a verbas do quadro comunitário para o efeito. José Carlos Alexandrino disse já ter dado conhecimento ao Governo da posição da autarquia sobre esta matéria, e adiantou que após a reunião da AMOH irá pedir “uma reunião com a senhora Ministra da Cultura para fazermos um acordo”, referiu. Para o presidente do município, seria um “orgulho” que o Estado requalificasse o espaço e depois  entregasse a gestão do mesmo ao município, “tal como aconteceu com alguns castelos”.

José Carlos Martins, presidente da Junta de Freguesia de Avô disse concordar com a decisão anunciada pelo presidente, mas questionou se a resposta do município “é definitiva” ou “se em 2021 é obrigatório que (o castelo) venha para a Câmara Municipal”.


Alexandrino entende que “agora” é preciso que se inicie um “processo negocial”. “Nós, para o ano, poderemos estar outra vez a deliberar isto nas Assembleias Municipais”, referiu o autarca.

Na ocasião, a presidente da AMOH, Dulce Pássaro também considerou acertada a posição do executivo. Lembrou que está em causa um “património arquitetónico classificado”, e que “não poder ser requalificado apenas mediante a orientação da Câmara Municipal. “A verdade é que há sempre uma forte orientação do IPAR (Instituto Português do Património Arquitetónico) ”, informou.

Luciano Figueiredo, deputado municipal (PS) manifestou-se “de acordo com esta situação” apelando que “hoje se faça aquilo que não se fez anteriormente”. Deu o exemplo da “Casa de Cima”, local onde está instalado o Tribunal e que era um ex-líbris da cidade, que hoje poderia ser mais um monumento que nós tínhamos e teria muitos visitantes e que se tornou num mamarracho que é o palácio da justiça”, referiu.

A recusa da competência da “Cultura” por parte da autarquia oliveirense mereceu o aval favorável da Assembleia Municipal que votou por unanimidade.

Foto: DR

Previous Chuva está de volta, com granizo e trovoadas. Oito distritos sob aviso
Next GNR deteve 20 pessoas e identificou 114 pelo crime de incêndio florestal

Artigos Relacionados

Informação

Oliveira do Hospital agradece “esforço de renascimento” em almoço com mil pessoas na Festa do Queijo

A Festa do Queijo de Oliveira do Hospital, que se realiza nos próximos dias 10 e 11 de março, foi hoje apresentada na Bolsa de Turismo de Lisboa,…

Nacional

Campanha ‘Portugal sem fogos depende de todos’ sensibiliza para a importância da limpeza dos terrenos

A primeira fase da campanha ‘Portugal sem fogos depende de todos’, promovido pelas empresas associadas ao Movimento ECO, já arrancou e pretende sensibilizar…

Informação

Cáritas inicia hoje peditório de quatro dias em todo o país

A Cáritas Portuguesa inicia hoje o seu Peditório Público Nacional de quatro dias, que visa angariar fundos para apoiar milhares de famílias carenciadas.

Informação

Retomadas as operações na pedreira de Borba. GNR confirma três desaparecidos e PJ investiga causas

As operações na pedreira atingida pelo deslizamento de terras e pelo colapso do troço da estrada que liga Borba a Vila Viçosa estão a ser retomadas hoje de manhã depois

Informação

Câmara de Oliveira do Hospital aprovou voto de louvor e reconhecimento à BLC3 por projeto premiado em Bruxelas (Com vídeo)

No rescaldo da conquista do prémio RegioStars em Bruxelas, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital aprovou esta manhã, por unanimidade, …

Última Hora

Região: Suspeitos de roubo na via pública ficaram em prisão preventiva

Dois jovens, de 17 e 21 anos, ficaram em prisão preventiva depois de terem sido detidos pela PSP de Pombal por suspeita da prática de roubos na via pública, com

Cultura

“Stormbringer” foi o grande vencedor do Concurso Soltem Talentos de Oliveira do Hospital

O grupo Stormbringer convenceu ontem à noite o júri do concurso Soltem Talentos, conquistando o primeiro lugar. Em segundo lugar ficou o grupo “Overlay” e em terceiro o grupo “Quatro

Sociedade

Festival de Tunas Académicas em Oliveira do Hospital

A Junta de Freguesia de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços, promove no dia 29 de abril, pelas 21h30, “VI fesTA.coh – Festival de Tunas Académicas cidade Oliveira

Informação

16 detenções, 777 infrações e 65 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta, a fiscalização rodoviária,…

Última Hora

Vinte e três concelhos de sete distritos em risco máximo de incêndio

Vinte e três concelhos dos distritos de Faro, Braga, Porto, Viseu, Aveiro, Coimbra e Guarda estão hoje em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da

Última Hora

Aveiro: Jovens detidos por tráfico de estupefacientes

A PSP deteve, ontem, dia 24 de janeiro, um homem e uma mulher, no distrito de Aveiro, por suspeitas de tráfico de estupefacientes.

Última Hora

Vereador do PSD alerta para autocarro escolar em ‘fim de vida’

João Brito, vereador do PSD, alertou o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital para a utilização de um transporte escolar em alegada situação irregular, por ter ultrapassado o período