Oliveira do Hospital está fora do mapa das mais de mil freguesias com risco elevado de fogo

Oliveira do Hospital está fora do mapa das mais de mil freguesias com risco elevado de fogo

O Governo divulgou esta quinta-feira em Diário da República o mapa das mais de mil freguesias com risco elevado de incêndio florestal e que são prioritárias para limpeza de combustível.

O concelho de Oliveira do Hospital não é visado no mapa das 1.142 freguesias de primeira e segunda prioridade para ações de limpeza, que se situam em 190 municípios localizados sobretudo no Interior Norte e Centro.

Segundo o despacho conjunto dos secretários de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, e das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, a fiscalização da limpeza de terrenos confinantes a edificações (numa faixa 50 metros), aglomerados populacionais e áreas industriais (numa faixa de 100 metros) tem de ser efetuada entre 01 de abril e 31 de maio.

O despacho determina igualmente que a fiscalização da limpeza das faixas de proteção das redes viária e ferroviária e das linhas de transporte e distribuição de energia elétrica seja efetuada entre 01 e 30 de junho.

“Considerando que as alterações climáticas e os fenómenos atmosféricos extremos obrigam ao cumprimento firme das normas do SNDFCI [Sistema Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios], o despacho define orientações no domínio da fiscalização, respondendo, em especial, aos prazos mais exigentes para a execução da limpeza dos terrenos previstos na Lei do Orçamento de Estado para 2019”, refere um comunicado conjunto dos ministérios da Administração Interna da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

O despacho sustenta também que a definição das prioridades “não isenta os agentes fiscalizadores do cumprimento de todas as disposições previstas no SNDFCI, não limitando a fiscalização às áreas e períodos referidos”.

O diploma considera como áreas prioritárias para efeitos de fiscalização de gestão de combustível as freguesias de primeira e segunda prioridade, de acordo com a classificação feita pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, as áreas confinantes a edificações, os aglomerados populacionais, as áreas industriais, as redes viária e ferroviária e as linhas de transporte e distribuição de energia elétrica.

A identificação das áreas de risco prioritário foi feita com base nas ocorrências de incêndio registadas em 2018.

Previous Homem detido em Mangualde por suspeita de violação
Next Postais ilustrados estão em exposição no Museu Municipal Dr. Antº Simões Saraiva

Artigos Relacionados

Última Hora

Um homem e uma mulher são suspeitos de 25 furtos na Covilhã

A GNR identificou e constituiu como arguidos um homem e uma mulher de 40 e 45 anos, por suspeita de 25 crimes de furto no concelho da Covilhã.

Informação

Ciência ao Rubro na BLC3

Nos dias 27 e 29 de junho, a BLC3 assinalou o términus do ano letivo e da atividade “Ciência sobre Rodas” que decorreu durante o ano, nos Jardins de Infância

Informação

Oliveira do Hospital apela à solidariedade para com as vítimas de Pedrógrão

O Município de Oliveira do Hospital tem em curso uma campanha de recolha de bens para as vítimas do incêndio de Pedrógrão Grande.

Última Hora

Politécnico de Castelo Branco aboliu a praxe e optou por integração solidária

A Associação Académica do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) aboliu a praxe nas seis escolas da instituição, substituindo-a por ações culturais e solidárias de integração.

Informação

Piruka presenteou oliveirenses com “boa energia e bom ambiente” (com vídeo)

Ontem à noite foi a vez de Piruka pisar o palco do Parque do Mandanelho, na EXPOH- Feira Regional de Oliveira do Hospital, onde não faltou “boa energia e bom

Desporto

André Gaspar estreia-se ao volante em Vila Nova de Poiares

André Gaspar é o habitual navegador do piloto da ActionRacing, Vítor Matias no interior do BMW com as cores da ActionLive e vai passar para os comandos do BMW no

Informação

Góis em festa com as Marchas Populares

A Câmara Municipal de Góis organiza, uma vez mais, as Marchas Populares que, no sábado, dia 16 de junho, prometem animar a vila.

Informação

Derrocada na Serra da Estrela condicionou trânsito. Situação já está resolvida

As fortes chuvas que se fazem sentir no distrito da Guarda provocaram uma derrocada no acesso a Manteigas, na Serra da Estrela.

Última Hora

Concurso “A Maior Abóbora” promovido na Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital

   No âmbito da Festa do Queijo Serra da Estrela e outros Produtos Locais de Qualidade 2017, o Município de Oliveira do Hospital promove, pelo terceiro ano consecutivo, o concurso

Informação

GNR dá conselhos à população por causa dos incêndios

Numa altura em que as chamas estão a fustigar a ilha da Madeira e a zona norte do país, a GNR deixa alguns conselhos úteis à população.

Última Hora

Acesso ao maciço central da Serra da Estrela encerrado devido à neve

O acesso ao maciço central da Serra da Estrela está hoje de manhã encerrado devido à queda de neve e às condições meteorológicas adversas.