Oliveira do Hospital: Concurso para reconstrução de 52 casas ardidas deverá ser lançado em junho
15 Maio, 2018 1114 Views

Oliveira do Hospital: Concurso para reconstrução de 52 casas ardidas deverá ser lançado em junho

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) deverá lançar o concurso para reconstrução das primeiras 52 casas ardidas, no concelho de Oliveira do Hospital, na primeira semana de junho.

A informação foi avançada hoje à Rádio Boa Nova pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que te acompanhado o processo destinado à recuperação das habitações ardidas no concelho junto da CCDRC. “Os projetos de 52 casas estarão concluídos em maio e, na primeira semana de junho, será lançado o concurso e teremos obra ainda no mês de junho”, afirmou José Carlos Alexandrino no dia em que se assinalam sete meses após o grande incêndio, ocorrido no passado dia 15 de outubro de 2017.

O autarca lembra que concelho foi dos mais afetados no que respeita à destruição das primeiras habitações, a par do município de Tondela. “São processos mais complicados”, refere Alexandrino, lamentando que no caso de Oliveira do Hospital esteja atrasado “ligeiramente”, devido a procedimentos concursos que foram abertos pela CCDRC, numa primeira fase, e que “ficaram vazios”, por discordância com os valores inicialmente estimados para a realização das reconstruções (650 Euros o metro quadrado).

Às 52 habitações em fase de projeto, num trabalho que está a ser desenvolvido pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa, deverão juntar-se mais 21 casas de primeira habitação, sinalizadas como de “difícil resolução” devido a “um conjunto de burocracias”, mas para as quais já foram encontradas soluções jurídicas. “Na sexta feira houve uma reunião com os lesados das primeiras habitações e foram encontradas soluções. De um universo de 22 habitações, só há um caso por resolver”, referiu José Carlos Alexandrino.

Depois de um primeiro levantamento junto das habitações ardidas, os técnicos da Faculdade de Arquitetura preparam-se para voltar ao concelho, para obter parecer final dos proprietários das habitações. “Isto está com alguma velocidade”, assegura o autarca.

O prazo para a reconstrução das primeiras 52 habitações, num valor estimado de 12 milhões de Euros, é de 31 de dezembro de 2018. “Será muito difícil esse limite. Mas, acredito que algumas delas estarão prontas até 31 de dezembro”, referiu.

À Rádio Boa Nova, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital referiu ainda que, no que respeita a reconstruções até 25 mil Euros, já se encontram recuperadas cerca de meia centena de casas.

Previous 14 detenções, 639 infrações e 56 acidentes no distrito de Coimbra
Next Páscoa foi muito positiva para o Turismo no Centro de Portugal

Artigos Relacionados

Região

18 detenções e 59 acidentes na última semana no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra da GNR procedeu, na semana de 2 a 8 de maio, a 18 detenções em flagrante delito. No âmbito de um conjunto de operações de

Informação

Fixada em 70 mil euros indemnização mínima para vítimas mortais

O Conselho para a atribuição de indemnizações às vítimas dos incêndios entregou hoje o relatório ao primeiro-ministro, fixando em 70 mil euros o valor mínimo para privação de vida,…

Última Hora

Cadeia de Coimbra já dispõe de espaço para visitas íntimas

Foi ontem inaugurado, no Estabelecimento Prisional de Coimbra, o espçao de visitas íntimas. A medida deverá ser seguida em todo o território nacional,…

Última Hora

GNR apreende 106 artigos contrafeitos em Carregal do Sal

O Comando Territorial de Viseu, através do Posto Territorial de Carregal do Sal, identificou ontem, dia 3 de dezembro, um homem de 47 anos, pela prática do crime de contrafação,

Última Hora

Condutora gravemente ferida em despiste no IP3

O despiste de uma viatura ligeira, no IP3, na zona de Almaça, Mortágua, provocou, ontem à tarde, ferimentos graves à condutora com 40 anos de idade, …

Nacional

País: Morreu a jovem internada com sarampo

A jovem de 17 anos que estava internada com sarampo no Hospital D. Estefânia acabou por morrer “na sequência de uma situação clínica infecciosa com pneumonia bilateral”. A rapariga não

Região

Covilhã: Homem detido por 17 furtos em residências

O Comando Territorial de Castelo Branco, através do Núcleo de Investigação Criminal da Covilhã, deteve, no passado dia 12 de fevereiro, um homem, de 50 anos, por furto em residência,

Informação

Rancho Folclórico Sampaense organiza 37º Festival da Beira Serra

O Folclore volta a ser motivo de atração a São Paio de Gramaços, no concelho de Oliveira do Hospital. Nos dias 7 e 8 de julho decorre o 37º Festival

Última Hora

Pastores de Loriga mantêm tradição secular das chocalhadas de São Martinho

O outono na Serra da Estrela traz novas paisagens e sabores, mas também tradições que vale a pena reviver, existindo assim excelentes motivos para visitar as Aldeias de Montanha.

Destaque

Rádio Boa Nova comemora 32º aniversário com emissão especial de “porta aberta”

No próximo dia 19 de março, a Rádio Boa Nova comemora o 32º aniversário com uma emissão especial de “porta aberta”.

Informação

Quase uma centena de concelhos do continente em risco máximo de incêndios

Quase uma centena de concelhos de 14 distritos de Portugal continental apresentam hoje risco ‘máximo’ de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).