Oliveira do Hospital aprova o Plano de Ação do CLDS 4G
29 Maio, 2019 737 Views

Oliveira do Hospital aprova o Plano de Ação do CLDS 4G

image_pdfimage_print

Oliveira do Hospital, em sede de reunião do Conselho Local de Ação Social (CLAS), aprovou o Plano de Ação do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS-4G) com que o Município de Oliveira do Hospital foi contemplado. Este programa, do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, será desenvolvido no triénio 2019/2021 e tem como entidade coordenadora local a Associação para o Desenvolvimento Social e Cultural Vale do Cobral, cuja escolha coube ao Município.

Tendo-lhe sido atribuído um financiamento no montante de 540 mil euros, o CLDS4G será desenvolvido durante 36 meses por uma equipa constituída por quatro técnicos. Refira-se que para além do Plano de Ação deste programa, também a entidade coordenadora local e o respetivo coordenador da equipa foram aprovados, por unanimidade, em sede do CLAS.

O concelho de Oliveira do Hospital foi dotado com dois dos quatro eixos de intervenção contemplados por esta nova edição do programa, a saber: promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa (eixo 3); e auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou capacitação e desenvolvimento comunitários (eixo 4).

Com base nestes eixos foi então elaborado o Plano de Ação, de acordo com a legislação que suporta o programa CLDSC4G, e ainda alicerçado no Diagnóstico Social e no Plano de Desenvolvimento Social da Rede Social para 2019-2022. O instrumento de trabalho, que será agora apreciado pela tutela ministerial, aponta entre outros aspetos, os eixos de intervenção e as ações a desenvolver bem como a caraterização dos destinatários a abranger por ação.

Tendo uma entidade coordenadora local e ainda entidades locais executoras, as ações a dinamizar, tendo por base aquelas que são as diretrizes do programa, passarão por ações socioculturais que promovam o envelhecimento ativo e a autonomia das pessoas idosas; que combatam a solidão e isolamento ou até de desenvolvimento de projetos de voluntariado vocacionados para a população envelhecida. No eixo 4 têm particular relevo, entre outras, ações de promoção da auto-organização dos habitantes do território; e o desenvolvimento de instrumentos facilitadores do acesso das pessoas a serviços de utilidade pública, a  nível local, reduzindo isolamento e exclusão social.

José Francisco Rolo, vice-presidente e vereador da Solidariedade e Ação Social, refere “o concelho vai ficar dotado de uma equipa multifacetada que permitirá desenvolver uma intervenção que queremos inovadora, próxima das pessoas, e mobilizadora de toda a rede – o CLCS de Oliveira do Hospital presente ser marcante”.

O Programa CLDS-4G é um instrumento de intervenção social e de combate à exclusão, promovido pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, com vista à promoção da coesão social dos concelhos objeto de intervenção, nas áreas do desemprego, da pobreza, do envelhecimento e calamidades. É um programa financiado no âmbito do POISE – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego.

Previous Tempo vai manter-se quente. Governo vai prolongar o estado de alerta
Next Francisco Ferreira participa em conferência "Mobilidade com Ambiente" na Eptoliva

Artigos Relacionados

Desporto

Cláudio Garcia é o novo técnico do FCOH

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital anunciou o novo técnico da equipa. Cláudio Garcia foi o escolhido para comandar a equipa despromovida ao campeonato distrital.

Informação

Tuna Cantares de Avô assinala oito anos de “música tradicional portuguesa”

A Tuna Cantares de Avô prepara-se para comemorar o seu 8º aniversário no próximo domingo, 29 de abril, no Centro Cultural Dr. Vasco de Campos, em Avô, numa tarde onde

Informação

Eptoliva: Curso de “Técnico de Turismo” regista elevados índices empregabilidade

A Eptoliva conta com um curso “com enorme saída” e que é “motivo de orgulho” para a direção da Escola Profissional que, hoje chamou a si promotores turísticos, …

Informação

Bispo de Coimbra ordenou três sacerdotes e um diácono

O bispo de Coimbra, Virgílio Antunes, presidiu, no domingo , à ordenação de três sacerdotes e um diácono, momento que disse ser um “novo alento” para a diocese, …

Nacional

Quase 40 concelhos de nove distritos em risco máximo de incêndio

Quase 40 concelhos dos distritos de Faro, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Guarda, Viseu, Coimbra, Leiria e Bragança apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e

Última Hora

Calendário Desportivo de fim-de-semana

Este domingo, 18 de novembro, pelas 15h00, as equipas do concelho oliveirense, a jogar na Série C do Campeonato Nacional, disputam a 12ª jornada.

Informação

Homem internado com legionella nos Covões

Um homem está internado nos cuidados intensivos do Hospital dos Covões do CHUC com legionella, adianta o Diário As Beiras citando fonte da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC).

Última Hora

ASAE apreendeu seis toneladas de queijo com água oxigenada na zona Centro do país

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica apreendeu seis toneladas de queijo amanteigado por suspeitas de adição de água oxigenada,…

Nacional

Associação quer apoiar vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal

Chama-se Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal e foi oficialmente apresentada, na tarde do último sábado, naquela que foi um das áreas mais afetadas pelo fogo

Destaque

Banho de multidão na receção a Marcelo Rebelo de Sousa em Oliveira do Hospital

O presidente da República está, nesta tarde de sábado, de visita à Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital, onde está a ser brindado por um verdadeiro

Cultura

Rodrigues Gonçalves apresenta “Gomes Freire de Andrade. Um Mártir da Pátria” (com vídeo)

A.J. Rodrigues Gonçalves esteve, hoje, em direto no noticiário das 12h00 da Rádio Boa Nova para apresentar o novo livro “Gomes Freire de Andrade. Um Mártir da Pátria”.

Destaque

Assembleia Municipal aprovou voto de pesar pelos 12 mortos no incêndio de outubro

Deputados e presidentes de junta de freguesia foram unânimes, na hora de aprovar um voto de pesar pelas 12 vítimas mortais no incêndio de outubro, no concelho de Oliveira do