Oliveira do Hospital acolheu debate sobre a floresta “num momento de viragem” após os incêndios

Oliveira do Hospital acolheu debate sobre a floresta “num momento de viragem” após os incêndios

image_pdfimage_print

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital foi hoje palco de um debate sobre a floresta portuguesa, agora que o concelho atravessa um “momento de viragem”, após o grande incêndio de outubro do ano passado.

Na sessão de abertura do evento, organizado pelo Instituto Jurídico da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, José Francisco Rolo, vice-presidente do Município oliveirense, salientou a importância da concretização do debate. “Em territórios como Oliveira do Hospital, mas na generalidade dos territórios afetados pelos incêndios, nunca foi tão intenso o debate sobre a floresta que queremos, o uso sustentável dos recursos, a ocupação do solo e sobre que medidas legislativas têm de ser tomadas para evitar o despovoamento, o abandono das terras, a perda da atividade produtiva e o envelhecimento da população”, referiu, defendendo que “é preciso uma nova política de ordenamento florestal”.

Na ocasião, José Francisco Rolo, fez questão de evidenciar as medidas adotadas pelo Município em prol do ordenamento do território. O responsável adiantou que Oliveira do Hospital “está organizado em zonas de intervenção florestal, tem o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios e foi um dos concelhos que entrou nos sete municípios piloto, objeto do cadastro da propriedade”. “Foram cadastrados cerca de 35 mil propriedades em Oliveira do Hospital, que dá uma taxa de cobertura de 63 por cento. Ou seja, há trabalho feito mas estamos num momento de viragem, em que o paradigma do nosso coberto florestal pode definitivamente alterar-se. Estamos num momento em que a paisagem que sempre conhecemos pode mudar infelizmente para pior”, garantiu, considerando que “é preciso mudar atitudes, políticas e práticas”. A propósito, José Francisco Rolo deu conta de que o Município oliveirense “lançou uma medida no Orçamento Municipal”, nomeadamente “o programa Reflorestar, com alocação de 750 mil euros”.

Segundo o vice-presidente, as medidas implementadas visam “apostar nas espécies autóctones e folhosas”, de forma a “evitar um fenómeno que tem estado à vista de todos que é a regeneração espontânea e descontrolada do eucalipto”.

Maria João Antunes, do Instituto Jurídico da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (UC) e uma das mentoras da iniciativa, explicou que o debate pretendia “fomentar o diálogo entre o direito e a técnica florestal, de modo a contribuir para encontrar soluções jurídicas que, a vários propósitos, permitam uma melhor estruturação e gestão das áreas arborizadas”.

Na sua intervenção, adiantou que o Instituto Jurídico da Faculdade de Direito da UC “tem como propósito fomentar a interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade, promovendo a pesquisa aplicável e envolvendo a colaboração com centros e instituições de referência”.

“O que hoje nos congrega em Oliveira do Hospital cumpre este propósito na perfeição, pelo tema geral, pelos subtemas, pela cidade que o acolhe, pela mão do poder local, pela qualidade e diversidade dos moderadores e intervenientes”, afirmou.

Durante o período da manhã, os intervenientes estiveram focados no tema “Propriedade florestal: registos e cadastro, fracionamento do solo, direito sucessório e fiscalidade de prédios rústicos”. Durante a tarde, o debate seguiu uma outra temática: Planeamento e obrigações florestais: PMDFCIs, PDMs, PROFs, gestão de combustível, condicionamento à construção, arborização e rearborização.

Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Previous "A Escola e o Meio"na Rádio Boa Nova
Next Conheça o calendário desportivo do fim-de-semana

Artigos Relacionados

Educação

Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital promove Feira das Universidades e do Ensino Secundário

A sede do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital recebe amanhã, dia 12 de abril, das 10 às 13h30 horas, a Feira das Universidades e do Ensino Secundário.

Última Hora

Coral de Sant’Ana com percurso de “sucesso”

É já no próximo sábado, 2 de julho, que o Coral de Sant’Ana comemora o 36º aniversário. Fundado em 1980, o Coral tem associado um percurso de sucesso, procurando atrair

Destaque

Amianto mantém-se na escola de Oliveira do Hospital. Remoção “vai ser uma realidade” (Com Vídeo)

Na contagem decrescente para o início do novo ano letivo, mantém-se o problema do amianto na escola sede do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital. Carlos Carvalheira, diretor do

Informação

Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica na Guarda

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vitimas Específicas deteve um homem, de 68 anos, suspeito de violência doméstica, no concelho da Guarda.

Última Hora

Fim de semana com sol, chuva regressa na próxima semana

O fim de semana vai ser marcado pelo bom tempo com temperaturas máximas a chegar aos 26 graus Celsius, mas a chuva regressa na próxima semana, disse à agência Lusa

Região

Homem que abusou, violentou e quase matou vizinha em Oliveira do Hospital condenado a 15 anos de prisão

Tribunal de Coimbra deu como provado que um homem de 33 anos violou a vizinha, que sofre de deficiência, num contexto de roubo, tendo ainda tentado tirar-lhe a vida, sem

Informação

Incêndio em habitação desalojou três pessoas em Loriga

Um casal e dois filhos menores ficaram desalojados ontem de manhã, na sequência de uma incêndio de habitação, que ocorreu em Loriga, no concelho de Seia.

Informação

Queima das Fitas de Coimbra começa hoje com serenata

A Queima das Fitas de Coimbra começa hoje com a serenata monumental na Sé Velha, sem a realização da habitual garraiada.

Informação

Mais de 500 pessoas morreram nas estradas portuguesas em 2017

Mais de 500 pessoas morreram no ano passado nas estradas portuguesas, segundo dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), que indicam também um aumento dos acidentes rodoviários e dos

Informação

Aveiro: PJ deteve suspeito do crime de abuso sexual de crianças agravado

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve, no cumprimento de mandado emitido pelo Departamento de Instrução e Ação Penal de Aveiro,…

Região

Carro de rali caiu ao rio em Mortágua. Um dos ocupantes está desaparecido.

Um carro de rali com dois ocupantes despistou-se esta quarta-feira, em Mortágua, e caiu ao rio Criz. O alerta foi dado pouco depois das 15 horas.

Informação

Mundo: Senado aprovou impeachment e afasta Dilma da presidência do Brasil

O senado brasileiro deu ‘luz verde’ ao processo de destituição. Dilma Rousseff está suspensa de funções e já não é a presidente do Brasil. Depois de quase 20 horas, os