Obras na escola continuam paradas. Câmara admite avançar com “rescisão litigiosa”

Obras na escola continuam paradas. Câmara admite avançar com “rescisão litigiosa”

image_pdfimage_print

O presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje em reunião pública do executivo, que pondera avançar com a “rescisão litigiosa” …

… com a empresa CIP- Construções Irmãos Peres, por incumprimento na realização dos trabalhos na escola sede do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

A preocupação em torno da demora dos trabalhos na escola, que para além da remoção das placas de fibrocimento, contempla também a substituição de caixilharia, entre outros trabalhos, fez eco em reunião do executivo, com o vereador (PS) e diretor do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital a dar conta do seu desagrado nesta “novela que já está com muitos episódios e a criar grandes transtornos”. “Temos que fazer algo mais concreto e objetivo, porque está a haver uma certa negligência por parte da empresa que está a descurar os compromissos assumidos”, afirmou Carlos Carvalheira, verificando que o pavilhão que se encontra a descoberto está “extremamente degradado”, porque tem chovido com “grande abundância”. “Estamos muito preocupados”, referiu o responsável que, em anteriores declarações à Rádio Boa Nova, estava em crer que os trabalhos seriam retomados pela empresa no final do mês de fevereiro.


José Carlos Alexandrino, presidente do Município, foi mais longe ao considerar que estas obras são “um pesadelo”. “Fizemos tudo para que as coisas corressem bem . Mas o que me parece é que os técnicos da Câmara e os técnicos da empresa estão em lados opostos”, referiu o autarca, notando que a esta altura “já deveriam estar quatro pavilhões prontos e não estão”. No entender de José Carlos Alexandrino, a empresa está a protelar o andamento da obra, sendo que agora o impasse se prende com os parafusos a utilizar e que são na ordem dos 90 mil. Para o autarca, a situação é “insustentável”, pelo que já solicitou “parecer jurídico” tendo em vista “a rescisão litigiosa” com a empresa. “Ou há correção rápida antes de entrar o processo, ou então não voltarei atrás”, avisou o autarca, lembrando que estão em causa verbas do quadro comunitário.

Na ocasião, o vereador do PSD disse já saber que a obra estava com problemas. Para João Paulo Pombo Albuquerque, neste processo em que a Câmara Municipal se assumiu como dona da obra, o presidente do Município foi “apanhado a fazer bem”. Com conhecimentos na área da metalurgia, o eleito pelo PSD disponibilizou-se para ajudar na situação dos parafusos. Em jeito de brincadeira constatou que “se calhar faltou-nos um parafuso quando andámos com isto para a frente”.

Previous Região: Recusada indemnização a família do trabalhador que morreu a combater fogo
Next Seia promove ação de reflorestação na Mata do Desterro

Artigos Relacionados

Região

Mão da Rainha Santa Isabel vai estar exposta durante 13 dias em Coimbra  

As festas religiosas de Coimbra, que decorrem de 01 a 13 de julho, assinalam os 500 anos da beatificação da padroeira da cidade com a exposição da mão da Rainha

Informação

Região: Colisão entre carro e camião mata jovem de 20 anos

Um choque frontal, no IC2, entre um pesado e um carro fez, na noite passada, uma vítima mortal, na localidade de Matos de Ranha, em Pombal.

Informação

Luís Falcão de Brito partilha homenagem com todos “os oliveirenses que passaram por esta grande tragédia”

O oliveirense Luís Falcão de Brito foi homenageado, pelo Rotary Club de Oliveira do Hospital, como profissional do ano. Honrado com a distinção o técnico agro florestal, com 50 anos,

Última Hora

Carlos Veiga, presidente da ESTGOH, em entrevista na Rádio Boa Nova

O presidente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital, Carlos Veiga, é o convidado da entrevista Rádio Boa Nova, que acontece hoje em direto, depois das

Informação

O frio veio para ficar. Previsões apontam para baixas temperaturas ao longo dos próximos dez dias

O ano arrancou com temperaturas a fazer jus ao inverno. No que à meteorologia diz respeito, o cenário dos primeiros dias de 2019 vai manter-se: apesar do sol radioso, pode

Região

Mau tempo causa problemas no abastecimento de água em Góis

A chuva ocorrida no início da semana provocou problemas no abastecimento de água à população da vila de Góis. O abastecimento está a ser assegurado por viaturas dos bombeiros, a

Última Hora

18 detenções, 482 infrações e 81 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, 31 de julho a 6 de agosto, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e

Informação

Associação Desportiva de Santo António do Alva prepara 2ª volta do campeonato

A equipa da Secção Desportiva da Associação Progressiva de Santo António do Alva venceu por 4-3, no dia 2 de fevereiro, no Pavilhão Municipal de Oliveira do Hospital, …

Última Hora

Piódão entre as aldeias portuguesas vencedoras das Sete Maravilhas

As aldeias de Dornes, Sistelo, Fajã dos Cubres, Piódão, Castelo Rodrigo, Monsaraz e Rio de Onor foram as vencedoras do concurso Sete Maravilhas de Portugal.

Desporto

Resultados desportivos de fim-de-semana

A Associação Desportiva Nogueirense empatou a 27ª jornada da Série C do Campeonato Nacional em casa, no passado sábado, frente ao Sertanense por duas bolas.

Última Hora

IAPMEI promove Dia do Atendimento Descentralizado em Oliveira do Hospital

O IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação realiza, no dia 8 de julho, pelas 14h15, no salão nobre da Câmara de Oliveira do Hospital , o Dia…

Informação

“Há pessoas que são muito marcantes e difíceis de substituir”

Francisco Correia das Neves, ilustre oliveirense, vai a sepultar ao final da tarde de hoje (17h30) para o cemitério velho de Oliveira do Hospital, em jazigo de família.