Obras na escola continuam paradas. Câmara admite avançar com “rescisão litigiosa”

Obras na escola continuam paradas. Câmara admite avançar com “rescisão litigiosa”

O presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje em reunião pública do executivo, que pondera avançar com a “rescisão litigiosa” …

… com a empresa CIP- Construções Irmãos Peres, por incumprimento na realização dos trabalhos na escola sede do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

A preocupação em torno da demora dos trabalhos na escola, que para além da remoção das placas de fibrocimento, contempla também a substituição de caixilharia, entre outros trabalhos, fez eco em reunião do executivo, com o vereador (PS) e diretor do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital a dar conta do seu desagrado nesta “novela que já está com muitos episódios e a criar grandes transtornos”. “Temos que fazer algo mais concreto e objetivo, porque está a haver uma certa negligência por parte da empresa que está a descurar os compromissos assumidos”, afirmou Carlos Carvalheira, verificando que o pavilhão que se encontra a descoberto está “extremamente degradado”, porque tem chovido com “grande abundância”. “Estamos muito preocupados”, referiu o responsável que, em anteriores declarações à Rádio Boa Nova, estava em crer que os trabalhos seriam retomados pela empresa no final do mês de fevereiro.


José Carlos Alexandrino, presidente do Município, foi mais longe ao considerar que estas obras são “um pesadelo”. “Fizemos tudo para que as coisas corressem bem . Mas o que me parece é que os técnicos da Câmara e os técnicos da empresa estão em lados opostos”, referiu o autarca, notando que a esta altura “já deveriam estar quatro pavilhões prontos e não estão”. No entender de José Carlos Alexandrino, a empresa está a protelar o andamento da obra, sendo que agora o impasse se prende com os parafusos a utilizar e que são na ordem dos 90 mil. Para o autarca, a situação é “insustentável”, pelo que já solicitou “parecer jurídico” tendo em vista “a rescisão litigiosa” com a empresa. “Ou há correção rápida antes de entrar o processo, ou então não voltarei atrás”, avisou o autarca, lembrando que estão em causa verbas do quadro comunitário.

Na ocasião, o vereador do PSD disse já saber que a obra estava com problemas. Para João Paulo Pombo Albuquerque, neste processo em que a Câmara Municipal se assumiu como dona da obra, o presidente do Município foi “apanhado a fazer bem”. Com conhecimentos na área da metalurgia, o eleito pelo PSD disponibilizou-se para ajudar na situação dos parafusos. Em jeito de brincadeira constatou que “se calhar faltou-nos um parafuso quando andámos com isto para a frente”.

Previous Região: Recusada indemnização a família do trabalhador que morreu a combater fogo
Next Seia promove ação de reflorestação na Mata do Desterro

Artigos Relacionados

Sociedade

95 bombeiros combatem fogo no parque da Interecycling em Tondela

Noventa e cinco bombeiros apoiados por 37 veículos combatiam às 13h 00 de hoje um incêndio que deflagrou às 11h50 no parque da Interecycling, empresa de reciclagem de resíduos de

Última Hora

Secretário de Estado das Florestas anuncia criação de unidades especiais de combate aos incêndios e comando único para sapadores

Miguel Freitas, secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, anunciou ontem em Oliveira do Hospital…

Região

Cinco pessoas constituídas arguidas por maus tratos a idosos

A GNR de Aveiro constituiu arguidos três homens e duas mulheres, com idades entre os 40 e 85 anos, pela prática do crime de maus-tratos a cinco idosos.

Região

Secção Regional da Ordem dos Médicos quer mais especialistas para as maternidades de Coimbra

O presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), Carlos Cortes, solicitou mais médicos especialistas em ginecologia e obstetrícia para as maternidades de Coimbra, por considerar que

Última Hora

ARS do Centro pede à população para evitar urgências na vaga de frio

A Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) apelou hoje à população para evitar as urgências, “sempre que possível”, e recorrer ao centro de saúde…

Última Hora

“É importante a discussão dos problemas do interior”

A BLC3 – Campus de Tecnologia e Inovação, localizado em Lagares da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, vai ser hoje palco do programa “Prós e Contras” da RTP1.

Cultura

“Sob Pressão” venceu concurso “Soltem Talentos” em Oliveira do Hospital

A banda “Sob Pressão” venceu a 6.ª edição do concurso “Soltem Talentos” realizada na noite de 25 de julho na EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital.

Desporto

Conheça o calendário desportivo deste fim-de-semana

Este domingo, 10 de março, pelas 15h00, disputa-se a 25ª jornada da Série C do Campeonato Nacional.

Última Hora

Deputados do PS eleitos por Coimbra votam a favor de recomendação para conclusão imediata do IC6

Os deputados Pedro Coimbra, Elza Pais e João Gouveia, do Partido Socialista, eleitos pelo círculo eleitoral de Coimbra, votaram hoje favoravelmente …

Destaque

Associação valoriza 41 aldeias de montanha de nove municípios

São Gião e Alvôco de Várzeas, no concelho de Oliveira do Hospital, integram o conjunto das 41 aldeias de montanha, de nove municípios, que compõem a…

Última Hora

Presidente da República visitou Fundação Lapa do Lobo

No âmbito da condecoração a título póstumo, realizada em Cabanas de Viriato, a Aristides de Sousa Mendes …

Última Hora

Seia: Condenado a 19 anos de prisão por matar mulher

Rui Andrade, o homem acusado de matar a mulher num acidente rodoviário em Seia e de simular um acidente para encobrir o mesmo, foi esta segunda-feira condenado pelo tribunal da