Obras na escola continuam paradas. Câmara admite avançar com “rescisão litigiosa”
7 Março, 2019 1044 Views

Obras na escola continuam paradas. Câmara admite avançar com “rescisão litigiosa”

image_pdfimage_print

O presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje em reunião pública do executivo, que pondera avançar com a “rescisão litigiosa” …

… com a empresa CIP- Construções Irmãos Peres, por incumprimento na realização dos trabalhos na escola sede do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

A preocupação em torno da demora dos trabalhos na escola, que para além da remoção das placas de fibrocimento, contempla também a substituição de caixilharia, entre outros trabalhos, fez eco em reunião do executivo, com o vereador (PS) e diretor do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital a dar conta do seu desagrado nesta “novela que já está com muitos episódios e a criar grandes transtornos”. “Temos que fazer algo mais concreto e objetivo, porque está a haver uma certa negligência por parte da empresa que está a descurar os compromissos assumidos”, afirmou Carlos Carvalheira, verificando que o pavilhão que se encontra a descoberto está “extremamente degradado”, porque tem chovido com “grande abundância”. “Estamos muito preocupados”, referiu o responsável que, em anteriores declarações à Rádio Boa Nova, estava em crer que os trabalhos seriam retomados pela empresa no final do mês de fevereiro.


José Carlos Alexandrino, presidente do Município, foi mais longe ao considerar que estas obras são “um pesadelo”. “Fizemos tudo para que as coisas corressem bem . Mas o que me parece é que os técnicos da Câmara e os técnicos da empresa estão em lados opostos”, referiu o autarca, notando que a esta altura “já deveriam estar quatro pavilhões prontos e não estão”. No entender de José Carlos Alexandrino, a empresa está a protelar o andamento da obra, sendo que agora o impasse se prende com os parafusos a utilizar e que são na ordem dos 90 mil. Para o autarca, a situação é “insustentável”, pelo que já solicitou “parecer jurídico” tendo em vista “a rescisão litigiosa” com a empresa. “Ou há correção rápida antes de entrar o processo, ou então não voltarei atrás”, avisou o autarca, lembrando que estão em causa verbas do quadro comunitário.

Na ocasião, o vereador do PSD disse já saber que a obra estava com problemas. Para João Paulo Pombo Albuquerque, neste processo em que a Câmara Municipal se assumiu como dona da obra, o presidente do Município foi “apanhado a fazer bem”. Com conhecimentos na área da metalurgia, o eleito pelo PSD disponibilizou-se para ajudar na situação dos parafusos. Em jeito de brincadeira constatou que “se calhar faltou-nos um parafuso quando andámos com isto para a frente”.

Previous Região: Recusada indemnização a família do trabalhador que morreu a combater fogo
Next Seia promove ação de reflorestação na Mata do Desterro

Artigos Relacionados

Última Hora

A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova

Esta terça-feira, dia 30 de janeiro, entre as 13h10 e as 14h00, é emitido o 15.º e programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do

Região

CCDRC entregou chaves de habitações em Seia e garante que até ao final do ano “muitas habitações” estarão concluídas

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) admitiu hoje que até ao final do ano possam estar finalizadas as obras de “muitas habitações” que foram

Informação

Nogueirense afastado da Taça de Portugal

A Associação Desportiva Nogueirense perdeu na 1ª eliminatória da taça de Portugal e afastou-se da competição.

Informação

Homem apanhado a traficar droga em bairro da Figueira da Foz

A PSP deteve esta quarta-feira um homem, de 45 anos, na Figueira da Foz pela prática de tráfico de estupefacientes.

Última Hora

Autoridades procuram em Tábua jovem desaparecido

A GNR de Tábua, juntamente com os Bombeiros de Tábua e de Oliveirinha, procuram um jovem de 23 anos, desaparecido há três dias.

Sociedade

Falso alarme gerou pânico total na cidade de Oliveira do Hospital

Um falso alarme em torno da possibilidade de rebentamento da unidade industrial Sonae localizada na Catraia de S. Paio,…

Última Hora

PJ deteve homem suspeito de abusar de menina que estava à sua guarda

A Polícia Judiciária deteve ontem, no concelho da Meda, um homem suspeito de abusar sexualmente de uma menor …

Informação

Marchas Populares animaram noite de S. João em Seia

O ambiente festivo dos santos populares invadiu a cidade de Seia, no passado sábado, dia 23 de junho.

Informação

O oliveirense Rafael Delaunay Gomes obteve o 31º lugar no Campeonato da Europa de triatlo todo-o-terreno realizado este mês de agosto.

Depois de algum tempo parado devido a uma pequena cirurgia, Rafael em declarações à imprensa, refere, “ não estar na melhor performance, tendo ainda que melhorar muito”, explicando ainda que

Última Hora

Incêndio em habitação desalojou três pessoas em Loriga

Um casal e dois filhos menores ficaram desalojados ontem de manhã, na sequência de uma incêndio de habitação, que ocorreu em Loriga, no concelho de Seia.

Região

Mercado de Natal em Nelas resultou num “sucesso”

De 8 a 11 de dezembro, largas centenas de pessoas visitaram o mercado de Natal em Nelas, que animou o concelho com atividades festivas alusivas a esta quadra natalícia.

Região

GNR apreendeu 262 doses de droga em viagens de finalistas para Espanha

A Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu 262 doses de droga durante uma ação de fiscalização para prevenir comportamentos de risco dos jovens portugueses,…