Nogueirense volta a lutar pela manutenção (com vídeo)
30 Julho, 2018 1154 Views

Nogueirense volta a lutar pela manutenção (com vídeo)

A Associação Desportiva Nogueirense (ADN) prepara-se para o arranque da próxima época, com o objetivo de “fazer um milagre” e “conseguir a manutenção”.

Nuno Freixinho, presidente da direção do clube, em entrevista à Rádio Boa Nova, confessou que o Campeonato Nacional, onde o Nogueirense joga pelo “décimo ano consecutivo”, “é um campeonato muito competitivo”. “Vai ser um ano bastante difícil porque das 72 equipas, seguramente 60 são profissionais. Mais uma vez vamos tentar fazer um milagre que é tentarmos fazer com que consigamos a manutenção”, afirmou.

À Rádio Boa Nova, o presidente abordou ainda a questão do reajustamento que foi feito no Campeonato, que faz com que haja “deslocações” para mais longe. Apesar destas situações, que causam pequenos constrangimentos ao clube, Nuno Freixinho enaltece o papel dos “amigos e patrocinadores”. “A Associação Desportiva Nogueirense vive também do convívio entre as pessoas. A partir do momento em que deixe de ser uma instituição familiar, regional e local e passe a ser uma estrutura profissionalizada, seguramente não terá a envolvência da comunidade como suporte para apoiar a equipa”, reforçou, dando conta de que, esta época, o clube desloca-se aos distritos de Lisboa, Leiria, Castelo Branco e Santarém.

Quanto às despesas do Nogueirense, Nuno Freixinho refere que é preciso ter atenção e “não entrar em megalomanias”. No que respeita ao plantel, o presidente realça o trabalho conjunto da equipa. “Os jogadores também vêm ter connosco, porque sabem que nós somos uma boa rampa de lançamento para a carreira deles”, afirmou.

As camadas jovens têm sido a grande aposta do clube, que é o único que possui os cinco escalões na região. “Desde que esta direção tomou posse, essa foi a principal preocupação. Na última época, fomos a única equipa nos concelhos limítrofes que teve os cinco escalões de formação. Este ano vamos voltar a ter os escalões todos”, explicou Nuno Freixinho.

Para o presidente, a envolvência com o clube resulta em algumas consequências, nomeadamente no seio familiar. “Nós somos amadores e isso significa que temos de dispensar do nosso tempo livre para poder dedicar a este clube. Felizmente que o que nos vai mantendo é o nosso bairrismo e o amor à camisola, porque no dia em que se tentar profissionalizar a estrutura, as pessoas saem”, afirmou.

À Rádio Boa Nova, o presidente referiu que o maior gosto é “levar o nome do concelho e da região aos mais variados lugares”, contudo “viver no interior” impossibilita a profissionalização. “Nós vamos conseguindo algumas formas interessantes de corresponder às necessidades”, rematou.

O Nogueirense tem jogo de apresentação já no próximo domingo, 5 de agosto, frente à equipa sub-23 da Académica, no Estádio de Santo António, em Nogueira do Cravo. Para Nuno Freixinho, o objetivo da próxima época é a manutenção. “O que eu exijo é o 13º lugar. Tudo o que eles consigam acima disso é mérito que vai além da direção, é mérito exclusivo deles”, concluiu.

 Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Previous Septuagenário morreu em acidente com trator em Oliveira do Hospital
Next EXPOH com mais de 50 mil visitantes deve melhorar em 2019

Artigos Relacionados

Última Hora

FCOH com primeira derrota. AD Lagares ganhou ao União. ADN venceu na Sertã. Sampaense derrotou o Beira-Mar

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) foi jogar à Tocha, de onde saiu derrotado por 3-1.

Destaque

Rádio Boa Nova e Município de Oliveira do Hospital apostam em programas de Educação Ambiental

A Rádio Boa Nova, numa parceria com o Município de Oliveira do Hospital, deu hoje início a um conjunto de programas de educação ambiental…

Última Hora

Oliveira do Hospital formou Laço Azul Humano contra os maus tratos na infância

Cerca de 600 pessoas, a maioria crianças, deram hoje forma a um gigantesco Laço Azul Humano, numa iniciativa promovida pelo Município de Oliveira do Hospital no mês da prevenção dos

Última Hora

Ca$h Resto Z€ro: “As lideranças do interior têm de se convencer que não vivemos em tempos normais”

No habitual espaço de opinião da Rádio Boa Nova, “Ca$h Resto Z€ro”, Vítor Neves olha, uma vez mais, para o interior do país.

Última Hora

“Memórias do Fogo” chega ao CineEco-Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela

A websérie documental “15 memórias do fogo” depois de ser exibida na internet, na TVI e na TSF – Rádio Notícias,  apresenta-se agora em formato filme/documentário …

Programas

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 18 de março, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 23.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Região

Município de Arganil volta a isentar empresas do pagamento da derrama de IRC

A Câmara Municipal de Arganil volta a isentar as empresas instaladas no concelho do pagamento da derrama de Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas (IRC), mantendo o que tem

Região

Tábua: Homem de 80 anos morreu após ter sido atropelado

Um homem de 80 anos, residente em Percelada, morreu ontem após ter sido atropelado por um veículo ligeiro na EN230-6, naquela localidade da freguesia de Covas, Tábua.

Informação

Teatro Comunitário percorre “coração da Serra da Estrela”

Odisseia é o espetáculo de teatro comunitário que vai iniciar viagem em Seia, no dia 2 de Julho à noite, no Largo da Câmara Municipal e que…

Região

CTT reforçam atendimento para pagamento de indemnizações

Os CTT  reforçaM hoje e amanhã a capacidade de atendimento nos concelhos mais afetados pelos incêndios florestais …

Região

Temperatura desce no fim de semana e pode chover

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê descida da temperatura para este fim de semana, com vento que pode ser forte e possibilidade de precipitação.

Cultura

Meruge acolhe 16ª Feira do Porco e do Enchido

A Lage Grande e o Terreiro do Santo, em Meruge, freguesia de Oliveira do Hospital, acolhe este domingo, 11 de novembro, a 16ª Feira do Porco e do Enchido.