Monchique: Incêndio está dominado. Proteção Civil mantém dispositivo no terreno

Monchique: Incêndio está dominado. Proteção Civil mantém dispositivo no terreno

image_pdfimage_print

A Segunda Comandante Operacional Nacional e porta-voz da Proteção Civil, Patrícia Gaspar informou, na conferência de imprensa da manhã desta sexta-feira, …

… que o incêndio de Monchique está dominado, mas que vão manter todo o dispositivo no terreno para evitar reacendimentos.

“Ao fim de mais uma noite de trabalho podemos finalmente dizer que temos o incêndio de Monchique dominado”, foi assim que Patrícia Gaspar começou o briefing operacional da manhã desta sexta-feira sobre o incêndio que lavrava há uma semana no concelho de Monchique.

Contudo, apesar da Proteção Civil ter dado o fogo como dominado, a porta-voz admite que vão manter todo o dispositivo no terreno para evitar reacendimentos.

“Apesar de termos o incêndio dominado não é o momento de cruzar os braços, temos um vasto perímetro, uma vasta área afetada e temos que manter toda a energia e toda a dedicação para que nas próximas horas e, talvez, nos próximos dias possamos manter a consolidação de todo este perímetro, podendo responder às reativações que, naturalmente, ainda vão surgir para que não se ponha em causa todo o trabalho feito até agora”, explicou.

Quanto ao dia de hoje, a Segunda Comandante Operacional Nacional recorda que as condições meteorológicas podem favorecer o risco de incêndio. As zonas mais preocupantes para a Proteção Civil continuam a ser todo o perímetro desde São Marcos da Serra até São Bartolomeu de Messines, no concelho de Silves, a área onde ainda se mantém a maior quantidade de meios. Ainda segundo a responsável, a partir 10h30 vai haver nova ação intensiva com um avião de reconhecimento para detetar eventuais pontos quentes onde seja preciso focar a atenção dos bombeiros.

A Proteção Civil atualizou ainda o número de feridos para 41, um deles em estado grave. Do total das vítimas, 22 são bombeiros.  Quanto a danos materiais, Patrícia Gaspar admite que arderam 50 habitações e que há 49 deslocados que deverão, na sua maioria, regressar a casa ainda durante o dia de hoje.

O incêndio de Monchique já destruiu cerca de 27 mil hectares, segundo os dados mais recentes disponibilizados pelo Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais (EFFIS), tornando-o no maior este ano em Portugal.

Previous Lourosa volta a ser palco de mais uma edição da Feira Moçárabe
Next 80ª Volta: Enrique Sanz venceu 7ª etapa em Viana do Castelo

Artigos Relacionados

Informação

Calendário desportivo de fim de semana

Este domingo, dia 17, joga-se a jornada 26 do Campeonato de Portugal, série C, com o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) a jogar no Municipal oliveirense…

Última Hora

‘Gabriel’ chega hoje com chuva, neve e vento forte

Portugal continental está a ser afetado esta terça-feira pela passagem da depressão ‘Gabriel’, centrada na Bretanha, França, prevendo-se períodos de chuva, queda de neve e vento forte,…

Informação

Município de Oliveira do Hospital assinala o Dia Internacional dos Museus

O Município de Oliveira do Hospital associa-se às comemorações do Dia Internacional dos Museus/ Noite nos Museus que se comemora, anualmente, a 18 de maio.

Região

Oliveira do Hospital celebra Dia Mundial da Água e anuncia construção de novas Estações de Tratamento de Águas Residuais.

O Município de Oliveira do Hospital comemora o Dia Mundial da Água, que se celebra a 22 de março, com a abertura de uma exposição intitulada “O Valor da Água”,

Região

Municípios da CIM Região de Coimbra preocupados com a Lei de Defesa das Florestas

O Conselho Intermunicipal aprovou, por unanimidade, na reunião realizada no Município da Pampilhosa da Serra, uma tomada de posição sobre a Lei da Defesa da Floresta…

Nacional

Neve no Norte e agitação marítima na costa põem país sob aviso amarelo

A maioria dos distritos do norte de Portugal está com aviso amarelo (o terceiro de uma escala de quatro) por causa da neve, …

Última Hora

Incêndio destruiu casa desabitada em Gavinhos de Baixo

Um incêndio ocorrido ontem à noite, cerca das 22h00, destruiu uma casa desabitada em Gavinhos de Baixo, no concelho de Oliveira do Hospital.

Região

PJ deteve incendiário florestal em Penacova

A Polícia Judiciária deteve um homem solteiro e madeireiro, com 48 anos, pela presumível prática de um crime de incêndio florestal em terreno povoado …

Informação

Operação Natal Tranquilo: 190 acidentes no domingo com cinco vítimas mortais

A operação “Natal Tranquilo” registou no terceiro dia, domingo, 190 acidentes na estrada, que resultaram em cinco mortos e três feridos graves, elevando para 12 as vítimas mortais desde o

Opinião

O Monte do Colcurinho e a falta de um outdoor na cidade em “Ca$h Resto Z€ro”

Os vídeos que se tornaram virais produzidos por uma das maiores produtoras de drones do mundo e por uma dos maiores produtores de skates serviram de mote ao espaço de

Sociedade

Encontrado idoso desaparecido na Guarda

Um idoso de 89 anos de idade desaparecido desde segunda-feira na Guarda foi ontem localizado pela GNR num campo agrícola de difícil acesso.

Informação

Agricultores protestam hoje em Coimbra

Agricultores e produtores florestais afetados pelos incêndios de 2017 protestam esta manhã, em Coimbra, para reclamarem mais apoios do Governo após os avultados prejuízos decorrentes daqueles fogos.