Ministra ordena estudo e auditoria da IGAI ao SIRESP

Ministra ordena estudo e auditoria da IGAI ao SIRESP

image_pdfimage_print

A ministra da Administração Interna exigiu, ontem, um estudo independente ao funcionamento do SIRESP (Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal) e uma auditoria pela Inspeção-Geral da Administração Interna à Secretaria-Geral Administração Interna.

Em comunicado, com o título “MAI exige respostas rigorosas ao funcionamento do SIRESP”, é dito que Constança Urbano de Sousa determinou estes dois procedimentos às duas entidades após “informações de caráter técnico operacional coligidas” e tendo em conta que “foram reportados dificuldades na utilização” do SIRESP “no trágico incêndio de Pedrógão Grande”.

A ministra determinou a realização pelo Instituto de Telecomunicações (IT) a “elaboração de um estudo independente sobre o funcionamento do SIRESP em geral, e em situações de acidente grave ou catástrofe, em particular”.

Constança Urbano de Sousa ordenou também que a Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) faça uma auditoria ao cumprimento, por parte da Secretaria-Geral da Administração Interna, enquanto entidade gestora do SIRESP, das obrigações legal e contratualmente estabelecidas, designadamente ao nível da gestão, manutenção e fiscalização.

O estudo do Instituto de Telecomunicações deverá identificar, do ponto de vista técnico, “eventuais constrangimentos e propor possíveis medidas que possam garantir que o SIRESP responde às necessidades para o qual foi criado, tendo em consideração as melhores e mais recentes práticas internacionais nesta matéria”, refere o comunicado.

A auditoria por parte da IGAI deverá estar pronta no prazo de 30 dias.

Na sexta-feira, o primeiro-ministro ordenou à ministra da Administração Interna que providenciasse junto da Secretaria-Geral do seu ministério um “cabal esclarecimento” sobre as falhas ocorridas na rede SIRESP.

“Tendo em conta esta descrição, deve a ministra da Administração Interna providenciar junto da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna e da SIRESP, SA o cabal esclarecimento do sucedido”, refere o despacho, a que a agência Lusa teve acesso, com data de hoje, assinado pelo primeiro-ministro, António Costa.

Este despacho surge na sequência da resposta da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) ao primeiro-ministro, assumindo as falhas na rede SIRESP, entre sábado e terça-feira [de 18 a 20 de junho], no teatro de operações de combate ao incêndio de Pedrógão Grande, mas alegando que foram supridas por “comunicações de redundância”.

Os incêndios que deflagraram na região centro, há uma semana, provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos, e só foram dados como extintos no sábado.

Mais de dois mil operacionais estiveram envolvidos no combate às chamas, que consumiram 53 mil hectares de floresta.

com:lusa.pt

Previous Rádio Boa Nova associa-se a concerto solidário “Juntos por Todos”
Next Ricardo Pereira Alves é cabeça de lista à Assembleia Municipal de Arganil pelo PSD

Artigos Relacionados

Última Hora

Universidade de Aveiro credenciada para fazer sondagens eleitorais

O Centro de Informação de Marketing e Análise de Dados (UA-CIMAD) da Universidade de Aveiro foi credenciado para a realização e divulgação pública de sondagens políticas e eleitorais.

Nacional

Aguaceiros e trovoada nos próximos dias

A instabilidade atmosférica, com condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoada, em especial nas regiões do interior, regressa ao continente a partir de quinta-feira.

Programas

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 24 de março, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 22.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Região

Detidos na Guarda oito suspeitos de integrarem rede de tráfico de droga

Ao longo da última semana, a Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda em colaboração com outros elementos,…

Informação

Avião da TAP assinala 72.º aniversário com pintura retro (com vídeo)

A TAP voltou aos anos 70 para dar uma imagem retro a um dos seus aviões. O objetivo é assinalar o 72 anos da Transportadora Aérea Portuguesa.

Última Hora

Viseu: Homem morre em despiste de trator

Um homem morreu, ao início da tarde de hoje, na sequência do despiste de um trator agrícola em S. João de Lourosa, no concelho de Viseu.

Informação

Marcelo Rebelo de Sousa veio a Oliveira do Hospital notar “o quão extraordinário” é o concelho “a criar riqueza”

Momento alto da 25ª Festa do Queijo de Oliveira do Hospital foi a visita do presidente da República eleito. Depois de recebido no Salão Nobre do Município, repleto de gente,

Última Hora

Folk in Arganil realiza-se a 14 de julho

A Praça Simões Dias, em Arganil, proporciona no dia 14 de julho de 2019, uma noite animada por folclore internacional.

Região

Confraria promove 2º fim-de-semana do Bucho em Arganil

A Confraria do Bucho de Arganil irá promover o 2º fim-de-semana do Bucho nos próximos dias 2, 3 e 4 de Junho, o qual irá decorrer em parceria com os

Destaque

“Largo Encantado” anima quadra natalícia em Oliveira do Hospital (com vídeo)

Até dia 24 de dezembro, o “Largo Encantando” proporciona a “magia do Natal” às crianças e suas famílias na cidade de Oliveira do Hospital. A iniciativa é do município de

Informação

Confraria do Bucho de Arganil celebra o 10º capítulo

Sob a égide “Dez Anos de Confraria – Dez Capítulos de Tradição com Sabor a História”, a Confraria Gastronómica do Bucho de Arganil realiza, dia 8 de outubro, o X

Sociedade

Cáritas Diocesana de Coimbra ofereceu tratores a agricultores de Tábua

A Cáritas Diocesana de Coimbra entregou ontem, dia 13 de dezembro, cinco tratores a agricultores do concelho de Tábua, vítimas dos incêndios de 15 de outubro,…