MAAVIM denuncia irregularidades nos apoios a casas afetadas pelos incêndios na Assembleia da República

MAAVIM denuncia irregularidades nos apoios a casas afetadas pelos incêndios na Assembleia da República

image_pdfimage_print

O Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) denunciou ontem, junto da Comissão de Agricultura e Mar da Assembleia da República, situações de irregularidades na reconstrução de casas afetadas pelos fogos de outubro de 2017.

No documento entregue aos deputados, durante a audiência do MAAVIM na Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar, em Lisboa, o movimento denunciou situações de reconstrução de casas de “segunda e terceira” habitação que estão a ser apoiadas como se fossem de habitação permanente.

Para o movimento, tem de “ser assumida a responsabilidade de quem validou e contratou estes processos”.

Questionado pela Lusa no final da audiência, o porta-voz do movimento, Nuno Pereira, salientou que o MAAVIM tem conhecimento de dois casos que estão a ser apoiados como sendo de primeira habitação quando não o são, referindo que “poderá haver mais”.

Além disso, o movimento criticou a lentidão do processo de reconstrução, nomeadamente os pedidos para novas declarações a confirmarem que as vítimas moravam nas casas afetadas e a demora no arranque das obras em muitas das habitações destruídas pelos grandes incêndios de outubro de 2017.

O porta-voz do MAAVIM realçou que o preço para a subempreitada é “muito baixo” e os empreiteiros locais ou estão a rejeitar fazer as obras (integradas em grandes empreitadas que agregam dezenas de casas afetadas) ou acabam por executar com “materiais mais baratos”.

Segundo Nuno Pereira, ainda há casos de pessoas que não receberam o apoio da Segurança Social para pagar a renda, enquanto a casa de primeira habitação é reconstruída.

No documento entregue aos deputados da comissão, o movimento alerta ainda para o programa de apoio à reconstrução de segunda habitação, em que em alguns municípios ainda não arrancou, para imigrantes que não tiveram direito à reconstrução da sua habitação e para pequenos agricultores que não receberam qualquer tipo de apoio.

Já na área das florestas, o movimento alertou para a falta de apoios para a reflorestação bem como para a necessidade de controlo de pragas, como “a vespa asiática, ratos ou javalis”.

Previous Sinistralidade: nove detenções, 532 infrações e 90 acidentes no distrito de Coimbra
Next Seia distinguido com galardão “Município Amigo do Desporto”

Artigos Relacionados

Destaque

Rádio Boa Nova associa-se a grupo de rádios locais que boicotam ações de campanha eleitoral para as eleições europeias

A Cadeia de Informação Regional (CIR), que engloba 6 rádios locais dos distritos de Vila Real e Bragança (Rádio Ansiães [98,1 MHz Carrazeda de Ansiães],…

Politica

Vereador do PSD alerta para autocarro escolar em ‘fim de vida’

João Brito, vereador do PSD, alertou o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital para a utilização de um transporte escolar em alegada situação irregular, por ter ultrapassado o período

Última Hora

EXPOH ao rubro com Xutos e Pontapés no palco do Mandanelho (com vídeo)

A EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital registou ontem uma das melhores noites de sempre. Tal aconteceu com o concerto de Xutos & Pontapés …

Última Hora

Confraria do Bucho de Arganil edita livro sobre a História das Farturas

A Confraria do Bucho de Arganil vai promover, no dia 22 de outubro em Lisboa, o lançamento do livro com o título “Farturas: Doce de Lisboa – O Contributo da

Destaque

Entidade certificadora estima que a seca provoque redução de 50 % na produção de Queijo Serra da Estrela

O presidente da Estrelacoop – Cooperativa dos Produtores de Queijo Serra da Estrela, Júlio Ambrósio, disse que a seca deverá reduzir a produção de queijo em mais de 50% face

Informação

Colisão entre três viaturas provocou quatro feridos ligeiros em Oliveira do Hospital

Uma colisão entre três viaturas ligeiras provocou, ao final desta manhã, quatro feridos ligeiros, na Estrada Nacional 17, na conhecida Reta da Salinha, em Oliveira do Hospital.

Opinião

Vítor Neves olha para as pessoas em tempo de Páscoa em Ca$h Resto Z€ro

No habitual espaço de opinião “Ca$h Resto Z€ro”, Vítor Neves faz hoje “uma trégua na política e na economia”, para se centrar “nas pessoas”.

Programas

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 23 de março, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 20.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Região

“Cabeça, Aldeia Natal”, o Natal mais ecológico do país

Depois da experiência positiva dos anos anteriores, que levou milhares de pessoas à aldeia, os habitantes da Cabeça estão empenhados nos preparativos para acolher a sexta edição,…

Região

Detidos em Mangualde por tráfico de estupefacientes e furto

O Comando Territorial da GNR de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Mangualde, deteve ontem, dia 4 de julho, …

Região

Campeão do Mundo de Ralis regressa a Góis

A Equipa M-Sport, que representa oficialmente a Ford no Mundial de Ralis e na qual está integrado o actual Campeão do Mundo de Ralis, Sebastien Ogier, irá a testar o

Educação

Centro Qualifica do AEOH entrega diplomas a candidatos certificados

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH) e o seu Centro Qualifica vão levar a efeito, no próximo dia 28 de maio, pelas 17h00, uma Sessão de Entrega