Leiria: Detido presumível autor de incêndio

Leiria: Detido presumível autor de incêndio

image_pdfimage_print

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, no desenvolvimento de imediatas investigações esclareceu, identificou e deteve o presumível autor do incêndio,…

…que ocorreu na madrugada do dia 3 de outubro, no interior de um pinhal, mais conhecido pelo “Casal dos Ossos” na Marinha Grande.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR refere que o detido, de 46 anos de idade, sem ocupação laboral e no decurso de uma desavença familiar, provocou um incêndio – com recurso a um isqueiro – que consumiu a habitação, de uma familiar direta da sua companheira.

O incêndio colocou ainda em risco outras habitações e outros edifícios ali implantados assim como toda a mancha florestal envolvente, só não atingindo outras proporções face à pronta e eficaz intervenção dos bombeiros.

Presentes às autoridades judiciárias foram-lhe aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos com a ex-companheira e familiares desta, proibição de frequentar ou permanecer no local onde ocorreram os factos e apresentações semanais em posto policial.

Previous Mangualde: Apreendidos 11 furões albinos
Next Mário Patrão em bom plano no Rali de Marrocos

Artigos Relacionados

Politica

Executivo municipal reuniu com autarcas na EXPOH 2016

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, promoveu uma reunião com as Juntas de Freguesia do concelho…

Informação

Nogueirense queixa-se de jogadores contratados que foram para outros clubes ao Conselho de Disciplina da FPF

A saída de dois jogadores contratados pela Associação Desportiva Nogueirense para outros clubes levou a direção do clube de Nogueira do Cravo a fazer participação junto do Conselho Disciplina de

Última Hora

Assembleia Municipal aprovou voto de pesar pelos 12 mortos no incêndio de outubro

Deputados e presidentes de junta de freguesia foram unânimes, na hora de aprovar um voto de pesar pelas 12 vítimas mortais no incêndio de outubro, no concelho de Oliveira do

Informação

ACT realizou sessão de informação em Oliveira do Hospital

O Município de Oliveira do Hospital acolheu uma sessão de informação  da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) relacionada com…

Informação

Serafim Marques comparado a Jesus na “partilha e na ajuda”

S. Paio de Gramaços despediu-se esta tarde do benemérito e comendador Serafim Marques. Autarcas, dirigentes de instituições e associações juntaram-se à população no último adeus ao filho da terra que

Informação

Fogo da Pampilhosa da Serra consumiu mais de 6.500 hectares de florestas

O incêndio florestal que começou na sexta-feira à noite na Pampilhosa da Serra e alastrou para o concelho de Arganil, no distrito de Coimbra, consumiu mais de 6.500 hectares, …

Região

Centro de estudos de Coimbra pede informações a testemunhas dos incêndios de outubro

O Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais da Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial, da Universidade de Coimbra, apelou a quem tenha vivenciado os incêndios de outubro de 2017

Destaque

“The Black Mamba” animou a sexta noite da EXPOH

O grupo “The Black Mamba” subiu ontem ao palco principal do parque do Mandanelho naquela que foi a sexta noite da EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital.

Informação

Homem que abusou, violentou e quase matou vizinha em Oliveira do Hospital condenado a 15 anos de prisão

Tribunal de Coimbra deu como provado que um homem de 33 anos violou a vizinha, que sofre de deficiência, num contexto de roubo, tendo ainda tentado tirar-lhe a vida, sem

Informação

ASAE apreende cerca de 1 300 brinquedos e instaura 27 processos em Operação Brincar

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), atenta ao início da quadra natalícia, realizou, nas primeiras semanas de novembro, uma operação de fiscalização, a nível nacional,…

Informação

Rally de Portugal regressa a Arganil 18 anos depois

O Município de  Arganil volta a receber o Rally de Portugal pela primeira vez desde 2001. O anúncio oficial foi feito esta segunda-feira, 28 de janeiro, durante a sessão de

Informação

Pedro Dias assume homicídio de GNR, mas porque levou “murros e pontapés”

Pedro Dias garantiu, esta manhã, que estava com medo e desnorteado na altura em que ocorreram os crimes em Aguiar da Beira.