José Carlos Alexandrino “completamente desiludido” com falta de apoio aos agricultores

José Carlos Alexandrino “completamente desiludido” com falta de apoio aos agricultores

Em jeito de balanço daquilo que tem chegado aos lesados do grande incêndio de 15 de outubro, José Carlos Alexandrino sente-se “completamente desiludido” com o Governo que não apoia a 85 por cento os agricultores, tal como acontece com o setor empresarial.

Passado um ano da catástrofe, o presidente do Município de Oliveira do Hospital, que falava ontem na sessão evocativa em memória das vítimas dos incêndios, mostra-se satisfeito pelo apoio prestado às empresas. “Da parte empresarial acho que as coisas correram muito bem”, referiu.

No que diz respeito à reconstrução das casas atingidas pelo incêndio, o autarca alerta para o facto de ser um processo demorado, que o mesmo acontece quando uma simples pessoa quer construir uma casa de raiz. “Não vale a pena especularmos e dizermos que, de repente, podem aparecer as casas feitas”, disse, manifestando o seu desejo para que, no dia 30 de junho, “todas as pessoas tenham as suas habitações reconstruidas e voltem a viver nelas”.

Na sua intervenção, o presidente enalteceu ainda o trabalho desempenhado pela equipa técnica da Câmara Municipal que tem estado “de portas abertas”, no que respeita aos processos de indemnização aos queimados e familiares das vítimas mortais.

É no setor da agricultura que José Carlos Alexandrino não compreende a falta de apoio. Para o autarca, “o problema da agricultura foi um problema que foi mal resolvido e não foi justo porque os empresários agrícolas merecem muito mais”.

“Continuarei a lutar. Não me conformo que as pessoas que estavam registadas na agricultura não sejam tão empresários como os outros e, por isso, continuarem a lutar para que o Governo faça justiça e passe para 85 por cento os apoios porque não fazem mais do que a obrigação deles”, rematou.

Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Previous Município de Arganil entrega amanhã a chave de dez casas destruídas pelo incêndio
Next ASAE apreende 200 queijos e 18 mil rótulos por usurpação da Denominação Serra da Estrela

Artigos Relacionados

Informação

Sobe para 11 o número de vítimas de incêndio em Vila Nova de Rainha

Morreu, hoje, a 11.ª vítima do incêndio que deflagrou a 13 de janeiro na Associação Cultural, Recreativa e Humanitária de Vila Nova da Rainha, em Tondela.

Informação

Venceslau Fernandes conquistou a 26ª Volta a Portugal do Futuro

Venceslau Fernandes confirmou ontem, em Santarém, a vitória na 26ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros.

Informação

Associação das vítimas dos incêndios de 15 de outubro queixa-se de “discriminação” nos apoios a fundo perdido

A  Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal queixa-se de que os lesados pelos incêndios de 15 de outubro estão a ser alvo de “discriminação negativa” nos

Última Hora

PJ deteve casal suspeito de escravizar cidadão estrangeiro em Viseu

A PJ anunciou hoje a detenção, através da Diretoria do Centro,  de um homem e uma mulher pela presumível prática de um crime de tráfico de pessoas para fins de

Última Hora

Leiria: Homem entrega-se à GNR depois de matar a sua mulher

Um homem de 56 anos foi esta manhã detido pelo homicídio da mulher, em Leiria.

Informação

Universidade Senior de Nelas estreia web rádio

O dia 30 de junho vai ficar na história da Universidade Sénior de Nelas com o início de emissão da Web Rádio deste projecto educativo e social…

Informação

Juventude Popular de Oliveira do Hospital reforça presença na Comissão Política Nacional

A Juventude Popular (JP) de Oliveira do Hospital marcou presença no XXIII Congresso da Juventude Popular, nos dias 26 e 27 de maio. Na ocasião, a estrutura local assegurou a

Educação

Município de Oliveira do Hospital assinala Dia Internacional da Tolerância

No âmbito do Dia Internacional da Tolerância, Oliveira do Hospital acolhe a apresentação do livro “O Cassador de Muros” de Ana Filomena Amaral …

Última Hora

Vento e chuva colocam dez distritos do continente sob aviso amarelo

Dez distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes, vento e agitação marítima, segundo o Instituto Português do Mar e da

Programas

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 17 de novembro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 7.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Região

Região: GNR deteve dez pessoas na posse de mais de cinco mil doses de haxixe

Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Cantanhede detiveram, nos dias 12 e 13 de dezembro, dez pessoas por tráfico de droga e apreenderam 5066 doses de haxixe.

Informação

Candidatura da Rede das Aldeias de Montanha aprovada pelo Fundo Ambiental

A candidatura “Valorizar o Património Ambiental da Serra da Estrela e Promover a Transição para a Economia Circular nas Aldeias de Montanha” …