Joaquim Marques, presidente do Nogueirense, quer apurar a “verdade desportiva”
17 Maio, 2016 2100 Views

Joaquim Marques, presidente do Nogueirense, quer apurar a “verdade desportiva”

image_pdfimage_print

Joaquim Marques, presidente do Nogueirense disse, em declarações, à Rádio Boa Nova, que quer saber se “foram facultados lances” ao Pampilhosa por parte do Futebol Clube ….

… de Oliveira do Hospital (FCOH), para que aquela equipa ficasse em vantagem sobre a Associação Desportiva Nogueirense. A confirmar-se, refere: “não há verdade desportiva”.

Vive-se um ambiente de suspeição no futebol do concelho de Oliveira do Hospital.   Em causa está o jogo de domingo passado, no Estádio Municipal de Oliveira do Hospital, entre o FCOH e o Pampilhosa, que resultou num empate a um golo, e fez com que o Nogueirense tenha que disputar os playoff da despromoção. Em causa está, sobretudo, a suposta “passividade” dos jogadores do FCOH, que terão permitido o empate nos últimos minutos do jogo. Uma situação que o Nogueirense quer que seja averiguada pela Polícia Judiciária, sentindo a direção que o clube “foi prejudicado”.

Surgiu a denúncia após o mau estar evidenciado por “testemunhas” que marcaram presença no jogo no Municipal de Oliveira do Hospital, e que terão abordado a direção do Nogueirense para investigar. “Nomeadamente o presidente da Câmara Municipal não gostou daquilo que viu. Havia lá gente credível do futebol e do desporto que, com certeza, não gostou daquilo que viu”, refere Joaquim Marques.

Paulo Figueira, presidente do FCOH, rejeitou ontem em declarações à Rádio Boa Nova a “viciação de resultado”, notando que, pelas suas contas, o Nogueirense nem tem que disputar os playoff. Porém Joaquim Marques, tem a registar que o presidente do FCOH “fez mal as contas”, ou então é uma forma de “esconder aquilo que talvez foi pré programado”.

Num momento de desconfiança sobre aquilo que foi a atuação do FCOH face ao Nogueirense, Joaquim Marques não esquece que já o início do Campeonato ficou marcado pela retirada de três pontos “na secretaria” ao Nogueirense. “Coincidências a mais” entende o dirigente.

Com forte trabalho na área da formação, Joaquim Marques realça o empenho do Nogueirense na “inovação e formação de valores”, fazendo com que o clube não tenha que recorrer a jogadores estrangeiros e deslocados de área de Coimbra e outras áreas.

Diante deste caso de suspeição e que envolve o clube que lhe está mais próximo, o dirigente do Nogueirense questiona: “vale a pena continuar a trabalhar desta maneira?”

Previous João Brito quer um PSD "forte" e “a uma só voz” para vencer autárquicas de 2017
Next Oliveira do Hospital vive mais uma Semana Académica

Artigos Relacionados

Informação

Incêndio em Esposende leva a evacuação de duas escolas

O incêndio que lavra no concelho de Esposende, desde as 06h00 desta terça-feira, levou à evacuação de duas escolas locais.

Destaque

CDU responsabiliza PS por resultados insatisfatórios e de fabricar “votos a martelo”

A CDU reduziu a votação conseguida quer para a Câmara Municipal com Luís Almeida (263 votos) quer para a Assembleia Municipal (426 votos)…

Destaque

Greve de pessoal não docente fecha escolas de Lagares, Ponte das Três Entradas e sede do Agrupamento em Oliveira do Hospital

A greve dos trabalhadores não docentes obrigou, hoje, ao fecho das escolas de Lagares da Beira, Ponte das Três Entradas e sede do Agrupamento em Oliveira do Hospital.  Os alunos

Informação

Alexandrino promete presença de artista internacional na próxima EXPOH

Ontem, naquela que foi a segunda noite da EXPOH, José Carlos Alexandrino mostrou-se “muito feliz” pela forte adesão dos oliveirenses e gente da região, prometendo a presença de um artista

Informação

Oliveira do Hospital vai ser o primeiro município do interior a acabar com fossas sépticas

Foi hoje assinado em Oliveira do Hospital o contrato de empreitada da requalificação e ampliação da ETAR da cidade, num investimento de mais de 800 mil Euros

Última Hora

Governo atribui 6,35 milhões a projetos de regadio, um deles em Oliveira do Hospital

O governo vai atribuir 6,35 milhões de euros a 59 projetos de regadio que abrangem uma área superior a 1 800 hectares e 32 concelhos do norte e centro, verba

Educação

Aluno da Eptoliva venceu final do Concurso de Ideias de Negócio com projeto “Quicly Heal”

O projeto Quicly Heal, do aluno Bruno Paulino, da EPTOliva de Tábua, orientado pela professora Honorata Pereira, venceu ontem à tarde, a final da 4.ª edição do Concurso…

Informação

Idoso desaparecido em Quiaios foi encontrado numa zona de mato

O Comando Territorial de Coimbra, através do Destacamento Territorial de Montemor-o-Velho, encontrou ontem, dia 5 de junho, na localidade de Quiaios, um homem de 63 anos que estava desaparecido desde

Informação

Maratona Clube Vila Chã participou no Campeonato Nacional de Estrada

No passado dia 12 de janeiro, o Maratona Clube Vila Chã esteve presente no Campeonato Nacional de Estrada, em Lisboa, que se realizou no Estádio Nacional do Jamor.

Última Hora

PJ deteve seis pessoas em operação de combate ao tráfico em bairro de Coimbra

A Polícia Judiciária (PJ) deteve na manhã de hoje seis pessoas numa operação de combate ao tráfico de estupefacientes no Bairro do Ingote, em Coimbra.

Sociedade

Zona Histórica acolheu mais um “Há Festa…” de olhos postos na requalificação

No passado fim de semana cumpriu-se mais uma edição do “Há Festa na Zona Histórica”. Milhares de pessoas acorreram à 7ª edição do evento que…

Última Hora

José Carlos Alexandrino volta a ser candidato à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

O atual presidente de Câmara Municipal de Oliveira do Hospital é recandidato a um terceiro mandato para aquele órgão. A confirmação foi avançada pela própria Federação de Coimbra do PS.