Incêndios: Tiago Cerveira estreia documentário sobre romaria de pastores da Serra da Estrela

Incêndios: Tiago Cerveira estreia documentário sobre romaria de pastores da Serra da Estrela

O realizador Tiago Cerveira, de Oliveira do Hospital, estreia a 14 de outubro o documentário “Pagar a promessa”, no qual aborda a tradição que um pastor da Serra da Estrela e a família teimam em manter, mesmo depois do fogo.

Um dia antes de se assinalar um ano dos grandes incêndios de 15 de outubro, que devastaram a região de pastoreio das ovelhas da Serra da Estrela e provocaram a morte de muitos animais, o realizador Tiago Cerveira estreia o documentário “Pagar a Promessa”, um filme que retrata uma tradição antiga dos pastores da região, que no Domingo de Pascoela (após o Domingo de Páscoa) levam as ovelhas até São Geraldo, no concelho de Tábua.

O filme procura registar a tradição que uma família da aldeia de Vendas de Gavinhos, em Oliveira do Hospital, faz questão de manter, levando o seu melhor gado, enfeitado com borlas (uma espécie de pompons com cores aguerridas) e loiça (chocalhos e campainhas) até São Geraldo, num percurso de 20 quilómetros para pagar a promessa ao santo que dá nome ao lugar, disse à agência Lusa Tiago Cerveira.

A família que o realizador retrata mantém a tradição “há seguramente quarenta anos”, pagando não apenas a promessa ao santo, mas ao avô, também pastor, que já muito doente tinha pedido ao filho para ir com as ovelhas até São Geraldo, “nem que fosse a última coisa que fizesse”.

Na família Alves, apenas Sebastião se dedica a tempo inteiro à pastorícia, mas, aquando da romaria, toda a família acaba por se juntar e parte dela faz os 20 quilómetros até São Geraldo, explicou Tiago Cerveira, referindo que esta romaria acontece um pouco por toda a região da Serra da Estrela, envolvendo outras localidades e capelas.

Para o documentário, o jovem realizador retratou a preparação (que começa na madrugada do dia anterior) e a romaria, procurando registar uma tradição que vai caindo em desuso.

“O Sebastião tem 40 anos, mas não sabe se a próxima geração se mantém. Não acredita nisso”, sublinhou Tiago Cerveira, realizador que foi um dos criadores da série documental “15 Memórias do Fogo”.

Apesar de o documentário não falar diretamente sobre os fogos de outubro, o incêndio acaba por estar presente, com a negritude da paisagem a contrastar com as borlas de cores aguerridas das ovelhas.

“Há aqui um contraste entre o negro do cenário do 15 de outubro e as cores aguerridas da festa do gado, que simboliza a vida, a abundância. Aquela imagem é marcante, no meio de um cenário negro, há um rebanho a desfilar, com o som dos chocalhos, com cor e com pastores cheios de orgulho”, frisou.

O próprio Sebastião Alves, o pastor a tempo inteiro da família que é retratada no documentário, “perdeu dezenas de cabeças e o ovil” no fogo, diz.

“Mas, apesar de ter sido lesado, foi à mesma à festa de São Geraldo”, frisou Tiago Cerveira, notando que este ano houve muito menos pastores a subir até à pequena aldeia de Tábua, devido ao fogo.

O incêndio, diz, “levou muitos animais e também vontade de rumar. Alguns perderam a alegria, outros perderam a totalidade do rebanho ou uma grande quantidade de ovelhas”, conta.

O documentário estreia-se a 14 de outubro, no Convívio de Pastores da Serra da Estrela, em São Geraldo, um evento que também foi realizado o ano passado, dessa feita no próprio dia do fogo, quando muitos perderam grande parte do seu sustento.

Depois da estreia, o realizador pretende levar o filme a festivais de cinema, para além de querer fazer uma apresentação da película em Tábua e em Oliveira do Hospital.

Previous Conselho Intermunicipal da CIM RC reclama medidas para controlo da Vespa Velutina
Next Antevisão: Sintrense vs FCOH. ADN vs Mação

Artigos Relacionados

Sociedade

Rodrigues Gonçalves lança livro sobre os 150 anos da Filarmónica de Avô

O Avoense A. Rodrigues Gonçalves apresenta amanhã, 13 de agosto, a obra escrita alusiva à história a Filarmónica de Avô que se encontra a celebrar o 150º aniversário.

Última Hora

Explosão de botija de gás provocou um morto em Moimenta da Beira

Uma pessoa morreu, hoje, no concelho de Moimenta da Beira, no distrito de Viseu, na sequência da explosão de uma botija de gás.

Região

Município de Arganil avança com reabilitação e beneficiação da ETAR da Relvinha

A Câmara Municipal de Arganil e a empresa Ambiágua, Gestão e Equipamentos de Águas, S.A., assinaram, no passado dia 3 de maio, um contrato de empreitada de reabilitação e beneficiação

Região

Mais de 30 concelhos de nove distritos em risco máximo de incêndio

Mais de 30 concelhos de nove distritos de Portugal continental estão hoje em risco ‘máximo’ de incêndio, de acordo com informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Informação

“Pedalar para Plantar” com percurso pelas zonas mais atingidas pelos incêndios de 2017

O Município de Góis está a promover a iniciativa “Pedalar para Plantar” que consiste num percurso pelas zonas mais atingidas pelos incêndios de 2017, entre os dias 10 e 17

Vídeos

“O caminho do FCOH passa por sermos muito mais profissionais do que fomos até agora” (com vídeo)

A direção do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) tem em marcha uma forte campanha que, em pouco mais de um mês, já resultou na adesão de 200 novos