Incêndios: Pampilhosa da Serra apoia reconstrução de segundas habitações

Incêndios: Pampilhosa da Serra apoia reconstrução de segundas habitações

Um regulamento que viabiliza o apoio à reconstrução de segundas habitações de Pampilhosa da Serra, afetadas pelos incêndios de 2017, vai ser apresentado à Assembleia Municipal, na sexta-feira, após ter sido aprovado pelo executivo.

“Num esforço financeiro exclusivamente da sua responsabilidade”, a autarquia liderada pelo social-democrata José Brito “prevê socorrer-se de um mecanismo que está previsto” no Orçamento do Estado (OE).

Trata-se do Fundo de Apoio Municipal que, “entre outras áreas de intervenção, estipula o apoio à reconstrução de segundas habitações afetadas pelos incêndios”, refere o município da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, num comunicado hoje divulgado.

“As casas de segunda habitação continuam a ser o elo de ligação fundamental para que as pessoas continuem a visitar o território”, adianta, informando que a proposta de regulamento das candidaturas já foi aprovada pela Câmara e pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.

Na generalidade dos casos, “são habitações de gente que vem com muita frequência ao nosso concelho e, para que tenhamos sustentabilidade, são muito importantes para aqueles que aqui investem e mexem muito com a nossa economia”, afirma José Brito, citado na nota.

“Somos pioneiros no desenvolvimento desse processo. O que está definido no regulamento é que o município irá contribuir com 40%, a fundo perdido, para um limite máximo de investimento de 80 mil euros, às pessoas que queiram socorrer-se deste mecanismo”, segundo o autarca, que realça esta “alavancagem expressiva” por parte da autarquia, que não pode “pagar na totalidade” a recuperação das segundas habitações destruídas pelo fogo.

A Câmara da Pampilhosa da Serra salienta que, “se não existir este apoio, haverá uma tendência crescente para as pessoas não regressarem” ao concelho.

A proposta de regulamento das candidaturas contempla “as habitações com consumos registados de água ou luz, excluindo assim todas as habitações que já se encontravam devolutas ou desabitadas”.

Fonte: Lusa

Previous Colisão entre dois veículos na EN1 faz um ferido grave
Next AIP promove seminário sobre o projeto MOVE PME em Coimbra

Artigos Relacionados

Informação

Calendário desportivo de fim-de-semana

Num fim-de-semana marcado pela festividade da Páscoa, as equipas a competir no Campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra, Futebol Clube de Oliveira do Hospital e…

Última Hora

António campos: “Ou os políticos atuam rapidamente ou a repetição da tragédia está mais que garantida”

O histórico do PS António Campos alerta que a tragédia dos incêndios pode repetir-se.

Informação

Salvador Sobral sobe ao palco da Eurovisão em Kiev (Com Vídeo)

Salvador Sobral sobe hoje, 9 de maio, ao palco da primeira meia-final da Eurovisão, na cidade ucraniana de Kiev, onde vai defrontar mais 17 países para conseguir um lugar na

Programas

“Escola e o Meio” transmite último programa do ano letivo

Este sábado, dia 17 de junho, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 34.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Nacional

PS conseguiu melhor resultado de sempre nas autárquicas. O PSD o pior.

Ontem, o PS alcançou o melhor resultado de sempre em eleições autárquicas. Já o PSD ficou-se pelo pior resultado de sempre, sem que Pedro Passos Coelho …

Informação

Dois detidos na Guarda e no Sabugal por posse de várias armas

Esquadra de Investigação Criminal da PSP da Guarda deteve dois indivíduos por recetação e posse de armas proibidas.

Última Hora

Município de Seia teve prejuízos superiores a 10 milhões de euros

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de outubro no concelho de Seia, no distrito da Guarda, …

Nacional

ANPC, desativou o Plano Distrital de Emergência e Proteção Civil de Coimbra

ANPC, desativou o Plano Distrital de Emergência e Proteção Civil de Coimbra Segundo comunicado da ANPC e, “Atendendo à gradual retoma da normalidade no que concerne aos incêndios rurais e

Informação

Grupo IG vai investir em Tábua

O Grupo IG, de Oliveira do Hospital, prepara-se para avançar com investimento no vizinho concelho de Tábua A aposta deverá recair na abertura de uma superfície comercial na vila de

Educação

Férias Ativas 2017 já iniciaram em Oliveira do Hospital

As Férias Ativas nas Bibliotecas Públicas Municipais iniciaram esta semana com o primeiro grupo de participantes. Foi com a dinamização de atividades na área do Ambiente e da Floresta …

Última Hora

IEFP e Segurança Social apoiam empresas afetadas pelo fogo

O Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) avança com um incentivo financeiro extraordinário e temporário das empresas afetadas pelo fogo.

Região

Estradas da Serra da Estrela foram reabertas

Os acessos ao maciço central da Serra da Estrela que estavam encerrados desde quarta-feira reabriram hoje à tarde ao trânsito.