Incêndios: Campanha solidária abrange 400 habitações ardidas

Incêndios: Campanha solidária abrange 400 habitações ardidas

image_pdfimage_print

As famílias de 400 habitações destruídas pelos incêndios de outubro de 2017 vão ser apoiados por uma campanha solidária a desenvolver pelo Movimento Lírio Azul porque “ter um lar é diferente de ter uma casa”.

Um “protocolo de cooperação solidária” para “apoiar as famílias, cujas casas arderam na totalidade nos incêndios de 15 de outubro de 2017” e que é “preciso aconchegar” com um lar, foi formalizado na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), em Coimbra.

Segundo comunicado enviado à Rádio Boa Nova, o Movimento Lírio Azul (MLA), “entidade promotora e gestora desta campanha solidária” – ‘Uma casa. Um Lar’ – assume “o compromisso de angariar bens materiais novos, para as casas em processo de reconstrução e indicadas pela CCDRC”, refere o Lírio Azul.

A campanha, que “faz a ponte entre quem tem e quem precisa”, abrangerá “400 habitações, num total de 713 pessoas, cujas casas arderam na totalidade”, disse a presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa.

“Ter um lar é diferente de ter uma casa, mais do que uma casa é preciso aconchegar essas famílias com um lar”, sustentou a responsável, na sessão de assinatura do protocolo entre o movimento e a CCDRC.

“Esta parceria está assente na confiança”, defendeu, por seu lado, na mesma ocasião, a fundadora e presidente do MLA, Odete Costa.

Serão destinatárias desta campanha as famílias apoiadas no âmbito do Programa de Apoio à Reconstrução de Habitação Permanente, e cujas casas foram objeto de obras de reconstrução total, a cargo da CCDRC, adianta o Movimento.

Na campanha, “será dada preferência aos bens que contribuem para o conforto das famílias como o têxtil lar e outros que se entendam necessários para acarinhar as populações em sofrimento”, concluiu o MLA.

Movimento cívico, fundado em 2014, no concelho da Póvoa de Varzim, o MLA tem como objetivo “ajudar na construção de um mundo mais justo e inclusivo”.

As áreas de maior intervenção do Lírio Azul são os temas da igualdade de género/equidade, o empreendedorismo e a liderança, a discriminação nas mais diversas formas, e a luta contra a pobreza e a exclusão social.

Previous Árvore de Natal feita pela comunidade "pretende dar vida à freguesia" de Seixo da Beira
Next Aprovados 110 projetos e investimento de 345 milhões em zonas afetadas pelos incêndios

Artigos Relacionados

Última Hora

Chuva forte motiva aviso amarelo em 13 distritos

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera elevou, esta quarta-feira, de nove para 13 os distritos de Portugal continental sob “Aviso Amarelo” devido à previsão de chuva, pontualmente forte

Última Hora

Festival Municipal da Canção proporcionou noite de talentos em Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital dinamizou no passado sábado, 3 de junho, a segunda edição do Festival Municipal da Canção subordinado ao tema “Canções em Português”.

Região

Região: Homem morreu em despiste de viatura ligeira

Um homem com cerca de 50 anos morreu, ontem, após o despiste da viatura ligeira que conduzia numa localidade do concelho de Vouzela.

Região

Rui Silva é o candidato pelo PS à Câmara de Arganil

Já é conhecido o candidato do PS à Câmara Municipal de Arganil, atualmente liderada pelo social democrata Ricardo Pereira Alves. A aposta da concelhia arganilense recaiu …

Educação

Oliveira do Hospital distinguiu Carlos Martins e Dulce Pássaro com Medalha de Ouro

O oliveirense internacional de futebol, Carlos Martins, e a ex ministra do Ambiente, Dulce Pássaro, foram homenageados, no dia 7 de outubro, com a Medalha de Ouro Municipal.

Destaque

Incêndio em Oliveira do Hospital (Quintas de S. Pedro), está praticamente resolvido.

Foi graças à pronta intervenção dos bombeiros e de 3 meios aéreos (helicópteros), que o fogo que deflagrou junto às Quinta de S. Pedro em Oliveira do Hospital no início desta

Última Hora

Mundo: Terror está de volta à França. Novo ataque provocou 84 mortes e mais de 100 feridos

Um camião provocou pelo menos 84 mortes, quinta-feira à noite, ao investir sobre a multidão que se juntara para assistir, em Nice, ao fogo-de-artifício do Dia da Bastilha.

Informação

Despiste em perseguição policial provoca quatro feridos

Na madrugada desta quarta-feira, quatro pessoas ficaram feridas num despiste automóvel em Carvalhais, freguesia da Branca, no concelho de Albergaria-a-Velha.

Informação

Greve dos motoristas de matérias perigosas provoca corrida aos postos de combustíveis

Desde o início da tarde que se assiste a uma corrida aos postos de combustíveis no concelho de Oliveira do Hospital, à semelhança do que se verifica por todo o

Última Hora

Festas do Concelho animam centro da cidade de Seia

O Município de Seia realiza,, entre 12 e 15 de agosto, as Festas do Concelho, no centro histórico da sede do concelho,…

Sociedade

Drogas e armas apreendidas em bairro de Coimbra

Uma operação conjunta da PSP e da PJ, no bairro do Ingote, em Coimbra, culminou esta terça-feira com vários detidos e a apreensão de armas e doses elevadas de droga.

Informação

Guarda: Encontrado cadáver carbonizado no interior de carro que ardeu

Foi encontrado, esta manhã, um cadáver carbonizado no interior de um carro que ardeu em Pousadinhas, na Guarda.