Homem morre esfaqueado em Oliveira do Hospital

Um homem, de 47 anos, morreu esta madrugada, esfaqueado por um outro individuo da mesma idade. O crime aconteceu na Lajeosa, no concelho de Oliveira do Hospital.

Em declarações à Rádio Boa Nova, Nuno Moura, bombeiro da Corporação de Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital, adiantou que o homicídio ocorreu com recurso a uma arma branca e o alerta foi dado cerca das 2h20.

À chegada ao local, na Quinta da Malhadoura, os bombeiros e a GNR do posto de Oliveira do Hospital depararam-se com a porta da habitação fechada, contudo eram visíveis marcas de sangue no chão.

Segundo o responsável, o corpo da vítima estava numa das divisões da casa. Ao local deslocou-se a ambulância de Suporte Imediato de Vida de Seia, com dois elementos. O corpo foi transferido para a ambulância, onde os bombeiros procederam às manobras de reanimação cerca de uma hora, mas “sem sucesso”.

Posteriormente chegou a Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra que declarou o óbito no local e o corpo foi transferido para uma ambulância de transporte de cadáveres para o Instituto de Medicina Legal de Coimbra.

O agressor, também residente na Lajeosa, entregou-se às autoridades assim que chegaram.

A vítima e o agressor eram pastores e, segundo a população, já se tinham envolvido em vários conflitos.

À Rádio Boa Nova, o Capitão Silva, do Destacamento Territorial da GNR da Lousã, confirmou o homicídio e adiantou que o caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária.

Segundo o que a Rádio Boa Nova apurou, o agressor tem um histórico de envolvimentos em rixas e, no interior da habitação onde ocorreu o crime, estava a companheira da vítima, que não terá dado conta do sucedido devido ao seu estado de embriaguez.